Notícias

Futebol Internacional

Opinião: Pela terceira vez em sua carreira, Buffon fica no quase

Buffon

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Derrota frusta Buffon, que perde mais uma chance de vencer a Champions League

Após o apito final entre Juventus e Real Madrid, o goleiro italiano Gianluigi Buffon saiu de cabeça erguida, mas sentiu na pele como é ficar no quase mais uma vez. A equipe italiana saiu derrotada por 4 x 1, e Gigi acabou levando mais gols em uma só partida do que havia sofrido em toda a competição.

O azar de Buffon em nunca ter ganho a Champions League, ou o azar da Champions League em nunca ter sido erguida por um dos maiores da história, é mais uma das injustiças no futebol, que é muito dinâmico e nem sempre tem espaço para todo mundo no topo.

Perto de dizer adeus aos gramados, o sonho do goleiro era ganhar esse título, já que é o único que ainda falta em sua brilhante carreira, mas infelizmente não foi dessa vez que tivemos esse prazer.

Gigi, um dos maiores goleiros da história – talvez o maior -, não acredita que terá a chance de erguer a “Orelhuda”. Hoje, com 39 anos, o italiano jogará a próxima edição da competição, mas será muito difícil estar novamente na final da Liga dos Campeões e o seu foco principal será a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, que será onde ele encerrará a sua carreira.

Se no próximo ano Buffon não vencer a Liga, ele se juntará a um seleto grupo de craques italianos que nunca venceram a competição de clubes mais importante do mundo, são eles: Roberto Baggio, Fabio Cannavaro e o recém aposentado Francesco Totti.

Quando essa lenda der adeus aos gramados com certeza fará muita falta, à Juventus e para todos os verdadeiros amantes do bom futebol, e é válido ressaltar que um dos maiores goleiros de todos os tempos será lembrado por tudo que proporcionou ao futebol.

Clique na imagem para acessar o site
Emerson Nobre (37 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta