Notícias

Volei

Opinião: Sem números, quem se destacou em 2017 na Superliga Feminina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Sem números, a opinião de um espectador da Superliga

Resultado de imagem para praia x osasco

Muito simples falar sobre quem se destacou em 2017 por números, mas mais complicado é falar sem esses números, fatos não explícitos sobre o torneio. A concordar que não é uma Superliga comum, a começar pelo líder.

Poucos se esperava que o Dentil/Praia Clube faria uma campanha tão perfeita. O time não tem aquele destaque individual que sobrepõe tudo, mas um conjunto muito forte que venceu todos os outros times. Nenhum ponto perdido e mesmo que pra algumas pessoas não seja surpresa, pra mim é, e é uma surpresa boa.

Super positivo pra mim que não só o Sesc/RJ e o Nestlé/Osasco sejam favoritos ao título. A chegada de outros times para bater de frente contra os casuais favoritos deixa o torneio mais equilibrado e muito mais animado. Além disso, me decepcionaram o Hinode/Barueri e Minas Tênis Clube que com equipes recheadas de jogadoras conhecidas e importantes para o cenário mundial, as atuações de ambas equipes poderia ser bem melhor.

Hinode/Barueri tem um problema crônico na recepção, o que destrói todo o jogo da equipe paulista. No lado do Minas a falta de eficiência nesse quesito também existiu, assim como a repetitiva vontade de só jogar bola na Rosamaria. Rosamaria joga muito, mas o jogo da equipe mineira está muito dependendo dela. Macris poderia ter sido muito mais brilhante do que foi.

De surpresas por surpresas a equipe do Fluminense vem surpreendendo bastante, com uma consistência não imaginada. Além disso, mais uma ótima temporada da Thaisinha uma das melhores no quesito ataque até agora no campeonato. Eu realmente esperava que o Fluminense estaria lá em baixo com Valinhos e Sesi, mas não foi o que aconteceu e é mais um tempero para o campeonato.

Destaques individuais da Superliga até aqui

Ah sim!  por jogadoras que eu gostei na primeira fase do campeonato eu destaco a Drussyla e a Fabiana. Drussyla tem sido muito mais acionada nessa temporada. Principalmente pela lesão de ambas “Gabis”, ela se tornou peça importante e correspondeu bem no time do Bernadinho.

Fabiana já famigerada por bons bloqueios, continua jogando num nível muito bom no Praia. Muito regular tem sido importante para o bom momento do time mineiro.

Ofensivamente destaco Tandara e Fernanda Garay, que tem sido importantes para suas equipes. Tandara mais, por conta de uma piora do time do Nestlé/Osasco,o sucesso da jogadora é importantíssimo para um bom resultado da equipe paulista,é a maior pontuadora do campeonato. Fernanda Garay pode não ter números tão incríveis como o da Tandara, mas pode ser explicado pelo baixo número de sets disputados pelo Praia, tendo menos sets e uma baixa dependência de talentos individuais.

Garay tem atacado cada vez melhor, a jogadora da seleção tem doutrinado da melhor maneira ajudando o Praia Clube a ser o líder absoluto.

Nota positiva para Kasiely, a nova pupila de Bernadinho impressionou a todos esse ano. Principalmente pela partida contra Nestlé/Osasco, a jogadora tem um grande potencial na recepção e poderá no futuro alcançar a seleção, só precisa continuar crescendo nesse ritmo.

Giovana Gasparini do Fluminense e Amanda do Dentil/Praia Clube também são jogadoras que merecem destaque e atenção.

 

Meu time de melhores jogadoras do Campeonato:

Roberta, Tandara, Garay, Drussyla, Fabiana, Juciely (Walewska), Fabí (Líbero)

Claro que serei criticado o esporte nunca é visto da mesma maneira por todos, então só podemos curtir mais uma Superliga Feminina e torcer para quem você desejar.

Facebook

Matheus Silva (141 Posts)

Estudante de administração, torcedor do Bahia, do Fluminense de Feira, Kansas City Chiefs, Arsenal e Colônia. Escritor em formação, 18 anos.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta