Notícias

Sem categoria

Opinião: O mau gosto do time do Bahia

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Depois de mais um resultado negativo o Bahia vem acumulando erros, no campo e na diretoria

Bahia
(Foto: Estadão Conteúdo)

Bahia é um clube grande, com dois títulos nacionais, supremacia no estado e atualmente na região, o Bahia parece perder o gosto da vitória, chegou se ao ponto de comemorar empate contra o último colocado do campeonato.

É crise, é churrasco, é conversa com organizada, (organizada cujo líderes são suspeitos do assassinato de um torcedor do Vitória no domingo), futebolisticamente falando o Bahia está uma bagunça.

Tanto por atitude passiva de sua diretoria no mercado, acumulando erros, e mais erros. O erro da vez talvez tenha sido deixar um interino como técnico em um time que já tinha deficiência tática.

Individualmente o Bahia não é ruim, jogadores como Allione, Zé Rafael e Régis deve retornar aos “grandes centros”, assim julgado por jornalista brasileiros no ano que vem.

Mas os jogadores que mais tem aparecido são Jean, Renê Jr e Mendoza, logo os mais criticados de inicio. Poupem o Cartola que traz medidas mentirosas sobre a atuações sobre alguns jogadores como Zé Rafael, que mesmo tendo marcado o gol nessa segunda feira não joga bem desde a partida contra o Grêmio no primeiro turno, bem 16 partidas se passaram e o meia prende a bola de mais.

Poupem um esquema tático insano do Bahia, que não conseguiu trazer perigo em momento algum ao Atlético Goianiense, na primeira etapa da partida que ocorreu nessa segunda. Jogadores que parece que não fizeram nada nesses último dias a não ser “Comer um churrax e tomar uma”, como foi postado na primeira semana de trabalho de Preto como treinador.

Viva um time que segurou Jorginho por tanto tempo, e que perdeu a oportunidade de trazer técnicos como Eduardo Baptista e Vagner Mancini (Treinador do rival), e que segurou Preto Casagrande porquê “Não tinha bons nomes disponíveis no mercado”.

O que simplifica todo o Bahia no campeonato parece ter sido aquele cruzamento de Eduardo aos 46 do segundo tempo, “Será se foi um cruzamento ou foi um chute ?”, só deu pra ver que foi ridículo.

Agora o time entra numa sequência complicada, joga contra Cruzeiro, Coritiba, Corinthians e Palmeiras, provavelmente passará dessa sequência na zona de rebaixamento, tanto pela crescente dos seus times rivais, como pelas más atuações de sua própria equipe.

Até onde a teimosia desse time irá levar, porque a torcida do Bahia só vê um caminho, e não é dos mais agradáveis.

Allione, Hernane e Edigar Junio estiveram disponíveis para a partida de ontem, o resultado diz que não funcionou voltarem.

O gol do Atlético mostrou um erro absurdo da defesa do Bahia, e uma passividade enorme de jogadores como Eduardo.

Pasmem, o torcedor do Bahia não aguenta mais sofrer.

Vinicius após a partida comentou sobre o resultado ruim, o basicão:

“A gente está se cobrando bastante, porque a gente faz alguns jogos bons em casa e, fora de casa, a gente às vezes deixa a desejar. Bahia é time grande. Independentemente de jogar em Salvador ou fora, a gente tem que impor nosso ritmo. Aqui tem jogadores experientes, jogadores rodados, juntamente com a juventude, buscando seu espaço no cenário nacional. Então a gente tem que fazer bons jogos neste segundo turno, jogos consistentes, para a gente buscar uma maior pontuação

Ah não podemos tirar méritos o gol foi lindo, bela jogada trabalhada, poderiam fazer isso mais vezes né ?

Veja também:

http://esportesmais.com.br/atletico-go-bahia-repercussao/

Matheus Silva (223 Posts)

Estudante de administração, torcedor do Bahia, do Fluminense de Feira, Kansas City Chiefs, Arsenal e Colônia. Escritor em formação, 18 anos.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta