Notícias

Futebol Internacional

Negócios que fortalecem a J-League

J-League

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Fortalecimento da J-League com a chegada de campeões mundiais

A Liga Japonesa ou J-League é conhecida como a liga mais forte da Ásia, não de hoje, mas vários jogadores importantes já passaram por terras nipônicas. A forte economia e desenvolvimento fazem do Japão um lugar ótimo para se ganhar dinheiro e ter exposição com o futebol.

A Liga Japonesa já teve vários jogadores conhecidos, teve Zico treinando sua seleção e vários artilheiros brasileiros. O Brasil chegou a ter 7 artilheiros seguidos na J-League nesse século.

Craques brasileiros dominaram a década de 2000 no Japão

Resultado de imagem para emerson sheik urawa
Reprodução: Getty Images

Emerson Sheik jogou pelo Urawa Reds em de 2001 a 2005.  O atual atacante do Corinthians foi artilheiro no ano de 2004 pelo clube japonês e é nome bastante importante da história do clube.  No país ele também jogou no Consadole Sapporo.  Sheik foi eleito por 3 vezes o Melhor segundo-atacante do Campeonato Japonês (2002, 2003, 2004), e Futebolista do Ano no Japão (2003).

Washington, o coração valente, jogou a Liga Japonesa por duas temporadas.  A primeira temporada do jogador foi pelo Tokyo Verdy em 05/06, disputou 40 partidas e  fez 27 gols, na temporada seguinte pelo Urawa Reds com 75 partidas e 55 gols. Venceu duas Supercopas Japonesa uma em cada clube. Além de ter conseguido um título da J-League e outro da Liga dos Campeões da Ásia.

Magno Alves também tem passagem pelo Gamba Osaka onde disputou 53 partidas e 45 gols.  Mais recentemente outro jogador Leandro Montera foi artilheiro da J-League pelo Vissel Kobe com 19 gols em 34 partidas.

Além deles foram artilheiros na J-League: Will (2001) Consolade Sapporo, Ueslei (2003) Nagoya Grampus, Marquinhos (2008) Kashima Antlers, Juninho (2007) Kawasaki Frontale, Araujo (2005) Gamba Osaka.

Podolski

Resultado de imagem para podolski vissel kobe
Reprodução: Vissel Kobe

Lukas Podolski foi campeão mundial em 2014 com a Seleção Alemã, porém viveu um declínio técnico nas últimas temporadas após sair do Arsenal. Com passagens pela Internazionale e pelo Galatasaray, o jogador chegou em 2017 para ser a estrela do Campeonato Japonês pelo Vissel Kobe. Podolski jogou 30 jogos,  tem 10 gols e 6 assistências.

Podolski no entanto está jogando mais recuado no clube japonês, fugindo das suas características naturais que o fizeram ser o camisa 10 da Alemanha. No Vissel ele terá a companhia de Iniesta.

Iniesta e Fernando Torres

Resultado de imagem para Iniesta e Fernando Torres
Reuters

Iniesta e Fernando Torres são as novas estrelas da Liga Japonesa Futebol. Os campeões mundiais de 2010 pela Espanha encararão o desafio da J-League. Perto do fim de carreira Iniesta procurou novos ares. O Vissel Kobe já tinha um jogador experiente e um ótimo Wellington Tanque, artilheiro da equipe em 2017.

Iniesta deverá estrear pelo Vissel no próximo final de semana pela J-League e se mostra esperançoso por boas atuações.

Iniesta sobre a mudança para o Vissel Kobe:

“Foi uma viagem longa, mas eu estava ansioso para vir ao Japão. Estou animado para jogar com meus companheiros de equipe Vissel”

“Eu quero jogar o mais rápido possível. Eu vou estar nas melhores condições para o domingo, e espero mostrar aos fãs uma ótima partida.”

Fernando Torres já havia conversado com Iniesta sobre a mudança:

“Estavamos jogando um contra o outro no penúltimo dia da temporada! Falei com Iniesta quando a possibilidade surgiu para ele”, disse Torres ao site Goal. “Ele me contou a idéia que tinha. Então tudo correu como ele esperava e se tornou oficial.

“Tivemos vidas paralelas: estreamos juntos na Espanha Sub-15, alcançamos os maiores sucessos com a equipe nacional como jogadores principais e agora terminamos o mesmo ano em nossos clubes para ir para a mesma liga.

“Pelo que eu vi dos jogos do Sagan Tosu que foram enviados para mim, é um tipo muito divertido de futebol. Vou me divertir, vou ter espaço, vou ter tempo para estar na bola, opções para atacar e defender.Eu estava procurando por aquele futebol divertido, indo e voltando, com muito ritmo.Vamos ver se estou pronto e se estou pronto para o desafio, mas é claro o que estou realmente procurando.

Podolski em Tweet:

Grande vitória, parabéns ‼️, ‼ Obrigado ️ para o apoio poderoso dos adeptos ️, e estou ‼ 🇯🇵 ansioso para jogar com você em breve em Kobe, Iniesta. 💪🏻👊🏻

Esportes Mais

Facebook

Twitter

 

Roma
Clique na imagem para acessar o site
Matheus Silva (403 Posts)

Matheus Silva, natural de Feira de Santana, 19 anos, estudante de administração.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta