Notícias

Sem categoria

Nate Diaz diz que sabia que era mais completo que Conor McGregor

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nate Diaz venceu Conor McGregor por finalização no segundo round do UFC 196

No último sábado (05) ocorreu o UFC 196, onde Nate Diaz venceu Conor McGregor pelo meio-médios, na luta principal do evento.

Em entrevista coletiva neste domingo (06), Diaz comentou sobre a sua vitória, onde segundo ele, não teve influencia pelo seu tamanho ou peso e sim por ele ser superior ao adversário.

“Eu sabia que eu era superior no boxe, que eu era um artista marcial mais completo, com um melhor jiu-jítsu. Disse desde o começo: nós temos os melhores companheiros de treino do mundo em todos os aspectos. Boxe, kickboxing, jiu-jítsu e MMA, então nada me surpreendeu. A minha vitória não teve nada a ver com peso ou energia. Fui melhor na luta em pé, tive um boxe superior e isso fez a diferença. Vim para essa luta como um moleque gordo que acabou de sair da praia em Cabo. Venho fazendo sparring com caras que são top 10 no boxe a minha vida toda, e todos eles são mais pesados que eu. Conor bate forte, mas não é nada que eu não tenha sentido antes. Eu treino até com pesos-pesados. Se alguém quiser me nocautear, é bom ser muito forte, porque eu estou acostumado a socos fortes”, disse Nate Diaz.

Nate Diaz
Nate Diaz; UFC 196 (Foto: Jason Silva)

Mesmo se dizendo superior, Diaz confessou que precisou de um tempo na luta para engrenar, e com isso recebeu diversos golpes de Conor.

“Tive um começo lento, e não fiz nenhum sparring. Eu sabia que entraria lento, me aqueceria e iria improvisar conforme a luta fosse indo. Mas, como não tive sparring,  acho que poderia ter socado mais forte. Estou orgulhoso do que consegui, mas teria sofrido menos danos se tivesse tido mais tempo. Se eu tivesse tido o camp completo de preparação, teria me saído ainda melhor. Meus companheiros me ajudaram muito. Estou há nove anos no UFC, e essa foi minha 25ª luta. Acho que a minha hora chegou”, declarou.

Questionado sobre o futuro, Diaz deixou nas mãos da organização.

“Estou no topo agora, então é o UFC quem decide quem será o próximo. Vamos ver o que acontece “, finalizou.

Wesley Contiero (721 Posts)

Estudante de jornalismo, 23 anos, natural de Lins, Interior de São Paulo.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta