Notícias

Futebol Internacional

Napoli sai da seca e de virada bate o Chievo no San Paolo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Napoli bate Chievo e sobe para primeiro lugar no Campeonato Italiano

Neste sábado (05), o Napoli recebeu o Chievo no San Paolo e conseguiu vencer após cinco partidas, com certa dificuldade. Nicola Rigoni abriu o placar logo no primeiro minuto, Gonzalo Higuain – sempre ele – empatou para o Napoli, cinco minutos depois. Ainda na primeira etapa, Vlad Chiriches virou a partida e no segundo tempo, José Callejón fechou o caixão do time do norte.

Com a vitória o Napoli empatou em pontos (61) com a líder Juventus, que entra em campo amanhã em Bergamo contra a Atalanta às 11h, horário de Brasília. Já o Chievo, pode ser ultrapassado por Empoli e Torino que enfrentam Lazio (casa) e Genoa (fora), respectivamente.

 

O JOGO:

Assim como em Firenze o jogo começou a mil e com o Napoli atrás do placar, com menos de um minuto, Chiriches tentou driblar Rigoni, o meia do Chievo roubou a bola do zagueiro, avançou e acertou um belo chute, no ângulo, sem chances para Pepe Reina, abrindo o placar para os visitantes no San Paolo.

O empate veio cinco minutos depois, jogada pela esquerda, Ghoulam cruzou e Higuain, muito bem posicionado, finalizou de perna direita, sem chances para Bizzarri, empatando a partida para a explosão da torcida presente no estádio. Foi o 26º gol do atacante argentino na Serie A 15/16, artilheiro isolado da competição.

A partir daí, o Napoli dominou a maioria das ações na partida, o Chievo chegou a estar com nove jogadores, mais o goleiro, no campo de defesa. Ghoulam com boas chegadas no ataque, aos 15’ ele cruzou para Higuain, que bateu de esquerda e mandou pra fora. O Chievo só apareceu novamente aos 22’ Pellissier, em posição irregular, tocou na saída de Reina e a bola caprichosamente acertou o pé da trave.

Ghoulam, um dos melhores em campo, apareceu mais duas vezes no ataque na primeira etapa, em cruzamento, que foi desviado e Callejón tocou fraco de cabeça e o goleiro defendeu facilmente e novamente acionou o espanhol que foi bloqueado na finalização pela defesa do time visitante.

Aos 38’ a virada e a redenção de Vlad Chiriches, escanteio curto cobrado por Jorginho, ele tabelou com Insigne e cruzou na área, o romeno apareceu por trás da zaga do Chievo e testou para o gol, Bizzarri até tocou na bola, porém não conseguiu evitar o segundo gol partenopeo.

Antes do final da primeira etapa o Napoli chegou mais duas vezes. Baita lançamento de Hamsik para Insigne, o baixinho dominou bonito, ajeitou e bateu pro gol, mas mandou pra fora, cara a cara com o goleiro e Ghoulam – sim, novamente ele – arriscou de longe, após sobra de escanteio e obrou Bizzarri a fazer belíssima defesa.

Napoli's Romanian defender Vlad Chiriches (C) celebrates with teammates after scoring a goal during the Italian Serie A football match between SSC Napoli and AC Chievo Verona on March 4, 2016 at the San Paolo stadium in Naples. / AFP / CARLO HERMANN (Photo credit should read CARLO HERMANN/AFP/Getty Images)
Chiriches sendo abraço pelos companheiros na comemoração do gol da virada (FOTO: Getty)

O Chievo começou melhor a segunda etapa, logo no início, após cruzamento na área, Pellissier desviou e Castro quase alcançou a bola na segunda trave. Após isso, só deu Napoli, aos 63’ Higuain, chutou “com raiva” e acertou o travessão de Bizzarri, o goleiro argentino ainda tocou na bola e evitou o que seria o terceiro gol do Napoli.

Sarri fez a primeira mudança aos 66’ Allan – que com problemas físicos começou a partida no banco – entrou no lugar de David Lopez, que fez boa partida e quatro minutos depois, o brasileiro deu um belo passe para Callejon, que só escorou para o fundo de perna esquerda, fazendo o terceiro gol do Napoli.

Após o gol os Gialloblu não deram mais nenhum trabalho para o Napoli, que dominou até o fim e teve mais duas oportunidades, com Mertens, que entrou no lugar de Insigne, que fintou a marcação e bateu para a defesa do goleiro e Higuain, que recebeu do belga e bateu cruzado, a bola passou à direita do gol.

O Napoli volta a campo no próximo domingo, vai até a Sicília enfrentar o Palermo no Renzo Barbera, às 16h45, horário de Brasília e o Chievo também no domingo, recebe o Milan no Marc’Antonio Bentegodi, às 08h30.

 

Ficha técnica: Napoli 3-1 Chievo:

Data: 05/03/2016

Local: Estádio San Paolo, Napoli, Itália

Público/Renda: 33.239/€ 567.258,99

Árbitro: Marco Di Bello (de Brindisi)

Cartões amarelos: Castro (C), Cesar (C), Meggiorini (C)

Gols: 1′ Rigoni (C), 6′ Higuain (N), 38′ Chiriches (N), 70′ Callejon  (N)

NAPOLI:  Reina; Hysaj, Chiriches, Koulibaly, Ghoulam; David Lopez (66′ Allan), Jorginho, Hamsik (86′ Chalobah); Callejon, Higuain e Insigne (71′ Mertens). Téc.:.Maurizio Sarri

CHIEVO: Bizzarri; Cacciatore, Bainelli, Cesar, Frey; Castro, Radovanovic, Rigoni (67′ Hetemaj); Birsa (64′ Meggiorini); M’Poku, Pellissier (56′ Floro Flores). Téc.: Rolando Maran

O

suporte (2040 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta