Notícias

Futebol Internacional

Nacional vence Banfield e técnico comemora: “Esta equipe contagia”

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nacional jogará contra Santos, Estudiantes de la Plata da Argentina e Real Garcilaso do Peru no grupo 6 da Libertadores

Foi sofrido. O goleiro precisou fazer duas defesas monumentais. Teve polêmica, com um possível pênalti para o Banfield que não foi marcado. Não foi vistoso, mas mais uma vez foi eficiente. Jogando no Gran Parque Central, Nacional venceu o Banfield por 1 a 0 e avançou para a fase de grupos da Libertadores. Matias Zunino, já no último minuto da partida, garantiu a classificação dos tricolores.

Após a partida, o técnico Alexander Medina comemorou a vaga, e declarou:

“Esta equipe contagia. Às vezes acertamos, às vezes cometemos erros, mas nunca paramos de lutar. Fico feliz pela disposição de todos”.

O ex jogador, pela primeira vez na carreira na posição de treinador, destacou que a equipe conseguiu aquilo que tinha sido estabelecido como primeira grande meta da temporada: “Estou satisfeito porque conquistamos o objetivo. Tínhamos falado com os dirigentes e com os jogadores que era fundamental entrar para a fase de grupos”, disse Medina.

SURPRESA NA ESCALAÇÃO DO NACIONAL, DIEGO POLENTA TEM ATUAÇÃO SEGURA

O capitão Diego Polenta estreou ontem na Libertadores 2018, após cumprir três jogos de suspensão por conta de uma expulsão nas oitavas de final da edição 2017. Durante toda a semana, especulou-se com a possibilidade do zagueiro ficar apenas como opção no banco de reservas, mas Medina o escalou improvisado na lateral-esquerda.

Questionado sobre o fato, o técnico exaltou a postura de Polenta e a importância que tem para a equipe, dizendo:

“Já tinha a decisão tomada há dias. Jogando nessa posição ele oferece uma boa saída de bola e a dose de personalidade que este tipo de jogos exige. Perdemos um pouco no quesito ofensivo, mas ele fechou perfeitamente o seu setor”.

CONDE FAZ DEFESAS IMPORTANTES E GARANTE VAGA DO NACIONAL

O jogo foi travado, sem grandes chances de gol para nenhuma das duas equipes, mas nas duas vezes em que o Banfield chegou na área do Nacional, apareceu de forma brilhante o goleiro Esteban Conde. No primeiro tempo foi numa falta. No segundo, duas defesas seguidas, a segunda a queima-roupa, garantiram o zero no gol tricolor e a vaga para a próxima fase.

AUTOR DO GOL, ZUNINO TEM ATUAÇÃO DESTACADA PELO TREINADOR

Matias Zunino chegou ao Nacional em julho de 2017, após uma tumultuada saída do Defensor Sporting. Demorou para conquistar seu lugar na equipe titular, mas já no ano passado era importante na equipe de Martin Lasarte. Neste ano, já com Medina no comando, Zunino virou titular indiscutido no meio-campo e foi destaque nos dois jogos contra o Banfield. O treinador exaltou a atuação do jogador:

“Estou muito feliz por ele, está jogando num nível muito alto. Não só pelo que corre, mas também pelo que marca e joga. E ele coroou isso com o gol desta noite”

JOGADA POLÊMICA NÃO INVALIDA SUPERIORIDADE, DIZ MEDINA

No decorrer do segundo tempo, Nicolás Bertolo caiu bem na entrada da área após trombada com Santiago Romero. A equipe do Banfield reclamou muito da não marcação do pênalti, mas Medina não considera essa jogada tão decisiva: “Fomos superiores nos 180 minutos. Lá em Buenos Aires o árbitro não deu uma falta e na mesma jogada tomamos o empate. Era para termos ganhado poe 2 a 1 lá na Argentina. Isto é futebol”, cutucou o treinador.

Veja reação dos jogadores argentinos após a partida

FICHA TÉCNICA: NACIONAL 1:0 BANFIELD

Estádio: Gran Parque Central.

Árbitros: Sandro Meira Ricci, Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse (Brasil).

Gol: 90′ Matías Zunino (N).

Cartões Vermelhos: 87′ Adrián Sporle (B); 90′ Renato Civelli (B)

Cartões Amarelos: 27′ Renato Civelli (B); 36′ Adrián Sporle (B); 44′ Nicolás Bertolo (B); 54′ Diego Arismendi (N); 70′ Jorge Fucile (N); 72′ Diego Polenta (N).

NACIONAL: Esteban Conde; Jorge Fucile, Guzmán Corujo, Diego Arismendi, Diego Polenta; Santiago Romero, Christian Oliva, Matías Zunino, Carlos De Pena, Tabaré Viudez (71′ Sebastián Rodríguez); Sebastián Fernández (80′ Gonzalo Bergessio). cnico: Alexander Medina. Reservas: Luis Mejía, Rodrigo Erramuspe, Alfonso Espino, Luis Aguiar, Gonzalo Bueno.

BANFIELD: Mauricio Arboleda; Jorge Rodríguez, Renato Civelli, Danilo Ortiz, Adrián Sporle; Eric Remedi (74′ Mauricio Sperduti) , Enzo Kalinski, Pablo Mouche, Nicolás Bertolo, Jesús Dátolo (90′ Julián Carranza); Darío Cvitanich. cnico: Julio César Falcioni. Reservas: Facundo Altamarino, Alexis Maldonado, Gonzalo Bettini, Nicolás Linares, Juan Alvarez, Julián Carranza.

Veja o resumo da partida

Imagem: Facebook Oficial Club Nacional de Football

 

nico.bianchi.sica (52 Posts)

Professor de História pós graduado em Jornalismo Esportivo. Uruguaio, torcedor fanático da "Celeste" e do Nacional.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta