Notícias

Sem categoria

Nacional leva o caneco da Copa Antel nos pênaltis

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Palmeiras e Nacional não saem do zero e decisão vai para os penais. Gabriel Jesus erra no final e Nacional comemora

Nacional e Palmeiras fizeram a decisão da Copa Antel neste sábado, às 23h15. Porém os dois times empataram levando a decisão para os pênaltis.

O Nacional viu Gabriel Jesus errar e é o campeão da Copa Antel 2016!

PRIMEIRO TEMPO

O jogo iniciou calmo, centrado no meio de campo do estádio Centenário. A primeira chance boa do jogo foi do Nacional, que até então estava melhor na partida. Aos 10′, Carvalho fez uma bela jogada pela esquerda, ele correu até o fundo e cruzou para Ramirez, que bateu cruzado, à esquerda de Fernando Prass.

O primeiro chute do Palmeiras saiu dois minutos depois da chance do Nacional. Moisés iniciou a jogada tocando para Dudu que estava na ponta esquerda, o meia devolveu para o novo reforço do Verdão chutar de fora da área. Porém, a bola foi muito longe do gol de Luis Mejía, goleiro do Nacional.

Aos 15′, foi a vez do xerifão da zaga alvi-verde, Edu Dracena afastar o perigo, após Oliveira ser lançado pela esquerda e tentar cruzar para a área.

A primeira chance do Nacional que fez o torcedor Palmeirense respirar fundo, foi aos 21′, quando Romero recebeu de Carballo e, de fora da área, arriscou o chute. A bola passou pertinho da trave direita de Fernando Prass que, em seguida, reclamou com a defesa por deixar muito espaço para Santiago Romero

Um minuto depois, o Nacional teve outra chance. Desta vez com Nico López que cobrou escanteio, porém a zaga Paulista afastou o perigo, só que a bola foi parar em seus pés novamente. Ele limpou o lateral-direito, Lucas e chutou em cima do gol de Prass.

Aos 25 minutos de jogo, o Palmeiras finalmente fez alguma coisa no jogo. Em cobrança de falta ensaiada perto da boca da área, Robinho triscou na bola, Zé Roberto tocou pra frente e Moisés chutou rasteiro, à esquerda do gol de Mejía que demorou para pular, por ter muita gente em sua frente. A bola raspou a trave, e se entra era um golaço.

A chance do primeiro tempo esteve nos pés de Dudu, aos 39′. Após Polenta errar lançamento, Robinho lançou bonita mente Dudu, que perdeu o tempo da bola e quando estava na frente do goleiro com dois colados nele, errou. A bola sobrou com Alecsandro que chutou à direita do gol.

Acabou a primeira etapa e Moisés falou rapidamente com a imprensa.

“Feliz pela oportunidade, a gente trabalha pra isso. Ele (Marcelo Oliveira) falou que daria oportunidades para todo mundo e que tinhamos que aproveitar isso. Não gostei do meu primeiro tempo, errei passes e como tenho que sair com a bola, não posso errar passes.

Link permanente da imagem incorporada

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou com reclamação: Robinho reclamou demais com o árbitro, até ganhar cartão amarelo. Isso aos 7′.

Após entrar, Gabriel Jesus já pois fogo no jogo: Aos 20′, Robinho lançou ele que de cabeça encobriu Mejía, porém a bola não entrou. Erik tentou escorar para o gol mas sem sucesso.

O jogo passou mas não teve nenhuma chance de perigo. Só que aos 37′, Zé Roberto falhou na linha de impedimento, e permitiu que Oliveira cruzasse para Sebá Fernández que havia entrado, bater, desengonçado, de primeira por cima do gol.

A partida acabou e a decisão foi para os penais.

Com erros e acertos, a decisão foi para os pés de Fernando Prass, não para as mãos. O goleiro chutou forte no meio do gol.

Nas alternadas, Leandro Bacia fez.

És que o jovem, Gabriel Jesus assume a responsa de bater o pênalti. O garoto bateu bem, mas o goleiro do Nacional fez a defesa e deu o título da Copa Antel ao seu time.

Antes das cobranças o lateral-direito, Lucas analisou o jogo e falou o que significa para a Libertadores.

“É uma prévia de tudo que a gente vai viver, claro que é diferente. Estamos preparados e eles também. Até lá vamos melhorar bastante.”

 

 

Gustavo Ignácio (113 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta