Notícias

Sem categoria

Matheus Cavichioli esquece sondagens da Série A e revela projeto de acesso do Juventude

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O goleiro Matheus Cavichioli chegou há menos de um mês ao Juventude. O atleta foi contratado pelo time de Caxias do Sul após ser eleito o craque, melhor jogador e goleiro do Campeonato Gaúcho, competição conquistada defendendo as cores do Novo Hamburgo.

Na época, Cavichioli recebeu também sondagens de diversas outras equipes, inclusive algumas da Série A do Campeonato Brasileiro. No entanto, o goleiro honrou o pré-contrato que havia assinado com o Juventude. Os primeiros jogos da equipe na Série B do Brasileirão mostram que a escolha foi mais do que acertada. O jogador tem feito excelentes atuações com a camisa Alviverde e ajudado no bom início de competição do Ju.

“Tive um período muito rápido para me adaptar e entrar em condição de jogo, já que participo desde a primeira rodada. Inclusive, na primeira partida eu não sabia nem o nome de todos os nossos atletas. Sabia dos 11 titulares somente. Nas trocas durante a partida eu tive que perguntar para o Ruan e para o Domingues qual era o nome do pessoal que estava entrando. Mas agora estou bem ambientado, conheço todo mundo. Morei em Caxias também há alguns anos e estou me sentindo em casa”, contou, feliz, Cavichioli, que chegou e assumiu a titularidade do gol imediatamente. Até aqui, foram três jogos e apenas dois gols sofridos.

As sondagens estão no passado na cabeça do jogador. Matheus Cavichioli está extremamente focado no Juventude e quer ajudar a equipe a brigar pelo acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. “Fico muito feliz que isso esteja acontecendo, mas minha casa e meu momento é aqui. Se isso está acontecendo é porque fiz coisas boas no passado. É muito gratificante saber que além de estar em uma grande equipe, existem outras também grandes sondando o meu trabalho. Porém, não interfere em nada no meu desempenho e no dia a dia de treinos. Graças a Deus, a cabeça continua muito boa e estou sempre trabalhando esse lado emocional para que nada atrapalhe esse momento que vivo no Juventude”, disse.

A boa campanha não tira o foco do goleiro. O jogador acredita que o Juventude pode brigar pelo acesso, mas não se deixa levar pelo bom momento do time. Segundo Matheus, o trabalho deve ser encarado dia a dia e jogo a jogo. “Acredito que o clube tem uma projeção de brigar pelo acesso. Todos os clubes têm e nós também. Nossa próxima partida é contra o Internacional e essa é a minha projeção. Não quero atropelar nada e nem pensar lá na frente. Prefiro viver o momento que estamos agora sem pensar o que pode acontecer lá na frente”, analisou.

O Juventude visitará o Internacional neste sábado, dia três de junho, às 19h, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O time da Serra Gaúcha ocupa a segunda posição com sete pontos ganhos em três jogos, já o Inter é o décimo colocado com quatro pontos somados.

Wesley Contiero (767 Posts)

Estudante de jornalismo, 23 anos, natural de Lins, Interior de São Paulo.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta