Notícias

Sem categoria

Marcado por graves lesões, Cissé anuncia a sua aposentadoria

Cissé

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Marcado por graves lesões, Djibril Cissé anuncia a sua aposentadoria

Um dos jogadores mais promissores da incrível geração francesa das décadas de 1990 e 2000, o atacante Djibril Cissé, aos 35 anos, anuncia a sua aposentadoria após dois anos sem clube.

Cissé começou sua carreira no Auxerre, em 1998, e desde o início chamou a atenção de grandes equipes europeias. Conquistando a Copa da França pela equipe, em 2003, o jogador ainda anotou um dos gols na grande final. Ao todo, o atacante disputou 166 jogos pelo Auxerre  e marcou 90 gols.

O grande destaque de Cissé veio após a convocação para a Copa do Mundo de 2002, e também a conquista da Copa das Confederações de 2003. O jogador se valorizou muito após integrar o elenco, e ajudou a Seleção anotando um gol.

Em 2004, o atacante foi contratado pelo Liverpool com status de um grande jogador. Sua chegada oa Anfield foi cercada de expectativas, mas com apenas 19 partidas, Cissé fraturou a tíbia e a fíbula em uma disputa de bola com Jay McEveley, do Blackburn, em outubro de 2004. O jogador voltou antes do esperado e em abril de 2005 entrou em campo pelas quartas de finais da Champions League, e ainda marcou dois gols na competição, que os Reds acabariam sendo consagrados como campeões.

Pelo Liverpool, além da Champions League, Cissé conquistou a Supercopa Europeia de 2005 e a FA Cup de 2006, inclusive marcando um dos gols na final. Foram 82 jogos e 24 gols marcados com a camisa vermelha.

Após a Copa do Mundo de 2006, o atacante acabou sendo emprestado ao Olympique de Marseille. Porém, aí entrou o destino que causou a maior tristeza do francês. Pouquíssimos dias antes da estreia da França contra a Suíça na Copa do Mundo de 2006, Cissé fraturou novamente a tíbia e a fíbula da perna direita, em um amistoso contra a China, e foi cortado da seleção. Não há como prever o que teria acontecido se Cissé tivesse jogado a Copa, mas ele vivia uma boa fase em sua carreira e teria grandes chances de ser titular, já que era o camisa 9 da seleção.

Lesão de Cissé há pouco tempo da estréia

A sua recuperação veio na equipe do Olympique de Marseille, voltando antes do esperado, o francês retornou à campo em outubro, poucos meses após a grave lesão, e já marcou o seu primeiro gol pela equipe em dezembro. Foi um grande recomeço, e Cissé ainda conseguiu anotar 15 gols em 25 jogos, fazendo a equipe francesa comprar o seu passe do Liverpool.

O atacante ficou no Olympique até 2009 e como jogador em definitivo marcou mais 22 vezes em 53 partidas, mas não conquistou nenhum título.

Após o período no Olympique, Cissé não conseguiu mais emplacar no futebol e passou por diversas equipes como: Sunderland, Panathinaikos (onde venceu uma copa da Grécia e um Campeonato Grego em 2009/10), Lazio, Queens Park Rangers, Al Gharafa, Kuban Krasnodar, Bastia até chegar ao JS Saint- Pierroise, que foi a sua última equipe e disputou apenas uma partida.

O final da sua carreira doi triste e desde 2015 Cissé estava sem contrato, pois  foi preso ao estar envolvido na polêmica com o ex-companheiro Mathieu Valbuena, ameaçando colocar na internet fotos intimas de Mathieu com a namorada.

Ao todo Cissé disputou 579 partidas como profissional marcando 248 gols. Pela seleção francesa foram 41 jogos com 9 gols.

suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta