Esportes Mais

Relembre os maiores “Meteoros” do futebol brasileiro

Meteoros

Pequenos clubes que emergem entre os grandes? Relembre os últimos “Meteoros” do Brasil

Nos últimos anos, alguns clubes considerados pequenos e menos famosos conseguiram a meta de superar sua expectativas e chegaram de uma forma meteórica sair de baixo e com méritos vencer os grandes e até lutar por grandes títulos e posições em campeonatos nacionais e até internacionais, por isso são chamados meteoros.

Ipatinga

Começando pelo mineiro, Ipatinga Futebol Clube, que em apenas 7 anos de fundação, no ano de 2005 o pequeno Ipatinga aparecia de forma muito surpreendente com futebol rápido e vencendo seus rivais como o Galo e o Cruzeiro, sagrou-se campeão mineiro. Em 2006 por pouco não conseguiu o Bi Campeonato inédito perdendo para o cruzeiro na final, no mesmo ano o clube chegava as semifinais da copa  do Brasil perdendo para o campeão Flamengo.

O sucesso não parou e em 2008 o clube chegaria a sua primeira participação na série A do futebol Brasileiro, onde com bastante instabilidade o clube acabou rebaixado. A partir daí muitos altos e baixos marcariam os seguintes anos promissores do clube que rodou entre as segunda e terceira divisões, onde atualmente não se encontra mais.

São Caetano

Em seguida, o esquecido Azulão, o AD São Caetano, clube paulista que talvez entre os pequenos foi aquele que mais longe chegou.

No início da década de 2000 o São Caetano faria história no cenário nacional e internacional, o clube era apenas um azarão no campeonato terminou por duas vezes seguidas na vice-liderança do brasileirão em 2000 e 2001. Em 2002 outro vice campeonato marcaria a história do Azulão, dessa vez seria na Libertadores da América nos pênaltis.

No ano de 2004 o clube se consagra campeão paulista, e se consolidava com mais força na elite do futebol brasileiro, revelando bons jogadores e vencendo equipes maiores. Porém em 2006 o clube amargaria seu rebaixamento, depois de mais de 5 anos na elite, o clube caiu para a segunda divisão e nela permaneceria até 2013.

Em 2012 por pouco o clube não voltou a elite, terminando a série B na 5ª posição. Hoje o clube se resume em participações na A2 do paulistão e sequer tem vaga na série D.

Grêmio Barueri/ Prudente

Outro clube paulista na sequência, o Barueri ou Grêmio Prudente time do qual todos se lembram, um clube promissor que em 2008 conseguiu o título da A2 do paulista. E em sua primeira aparição conseguiu o acesso à série A com muita velocidade e bons jogadores. No ano seguinte o clube amedrontou os grandes na elite, onde terminou no meio de tabela.

Porém 2010 não foi um bom ano, rebaixado no estadual e no brasileirão em último lugar. O time teve uma péssima administração e mudou de sede, para Presidente Prudente, visando alcançar novos torcedores, foi por água abaixo e o clube se via cada vez mais nas mãos de empresários, resultando na perda de espaço no cenário nacional, foi acumulando rebaixamentos e atualmente desde 2014 não consegue sequer uma vaga na série D.

Brasiliense

Um pouco mais antigo, o Brasiliense, clube do Distrito Federal,da cidade satélite de Taguatinga é um dos mais famosos meteoros. O Jacaré conseguiu em apenas 2 anos de fundação, no ano de 2002 chegar a final da Copa do Brasil. É o defensor da maior sequência de títulos estaduais  do centro-oeste brasileiro, entre 2004 até 2009.

Em 2005 com Marcelinho Carioca, o clube conseguiu sua única aparição na elite, ano em que foi rebaixado. Nos anos seguintes acumulou boas campanhas na série B sempre na luta pelo acesso, até que em 2010 o clube foi rebaixado para a série C, e depois disso se viu descer ladeira abaixo.

Santo André

Santo André, mais um dos meteoros, um promissor clube paulista que esbarrou em más administrações. O clube que foi campeão da Copa do Brasil em 2004, vencendo o Flamengo no Maracanã. Nos anos seguintes o clube sempre brigou pelo acesso à Série A, e enfim no ano de 2008 o clube conquistou o acesso com um futebol de encher os olhos, com bons jogadores.

Em 2009 o clube na elite, fez uma campanha ruim e acabou rebaixado, porém uma volta por cima em 2010 o Santo André chegou à final do Paulistão perdendo para o Santos de Neymar e Ganso. Mas nos seguintes anos, os excessos de rebaixamentos no estadual e brasileiro, fez o clube se distanciar da elite, e atualmente o clube jogou a A2 do Paulistão, onde conseguiu o acesso à elite paulista.

Duque de Caxias

Único carioca da lista, o Duque de Caxias, que chegaria em 2008 na primeira divisão do campeonato carioca, é o último dos meteoros. Nos anos seguintes, o clube chamaria a atenção no estadual, fazendo frente aos favoritos, sempre com boas campanhas.

Em 2009 chegaria pela primeira vez na série B do futebol brasileiro, lutando pelo acesso do início ao fim, por pouco não conseguiu, rebaixado em 2011 com umas das piores campanhas, o clube jamais voltou onde se esperava e atualmente sequer joga a primeira divisão do estadual.

Neves

Clique na imagem para acessar o site

Publique um Comentário

comentários

Você deve estar logado para postar um comentário Login