Esportes Mais

Dependendo de si, Chapecoense encara o Lanús na Argentina

Foto: REUTERS/Edison Vara

Equipe catarinense joga sua vida na Libertadores da América enquanto Lanús precisa de um empate para seguir à próxima fase

Na noite desta quarta-feira (17), a Chapecoense tem a dura missão de enfrentar o Lanús, às 21h45, no Estádio Néstor Díaz Pérez, mais conhecido como “La Fortaleza”, na Argentina, para o complemento da 5ª rodada do grupo 7 da Copa Libertadores Bridgestone 2017.

Pela última rodada da competição continental, o Lanús empatou frente ao Zulia, na Venezuela, pelo placar de 1×1. Com o resultado, os “granadas” assumiram a liderança do grupo, juntamente com o Nacional do Uruguai, com 7 pontos. Já a Chape foi superada pelo Nacional, por 3×0, atuando no Uruguai. Com esse placar, a equipe terminou a rodada na terceira posição do grupo, com 4 pontos conquistados.

Após o empate entre Nacional e Zulia, em jogo válido pela quinta rodada do certame, a equipe argentina passou a ocupar a segunda colocação na tabela, enquanto o Verdão caiu para a lanterna.

Garantir a vaga

Esse é o pensamento do Lanús. Atuando em seus domínios, a equipe depende de apenas um simples empate frente à Chapecoense para seguir na competição. Para conquistar esse objetivo, os argentinos esperam contar com o apoio de mais de 40 mil torcedores para empurrar sua equipe. Nessa Libertadores, o Lanús já foi superado no “La Fortaleza”, na estreia, frente ao Nacional (URU), e para evitar novo tropeço, que pode deixar o time em situação complicada no grupo, o técnico Jorge Almirón deve colocar em campo o que tem de melhor em seu elenco.

Lanús espera casa cheia nessa quarta (Foto: Divulgação/Lanús)

Pressionado após ter perdido o clássico frente ao Banfield, pela última rodada do Campeonato Argentino, o comandante da equipe ainda nutre dúvidas em algumas posições da equipe. Na defesa, a dúvida está entre Velázquez e Aguirre, no meio de campo, Pasquini ou Rojas devem começar o jogo, e na frente, Toledo ou Acosta iniciam entre os onze. A certeza é de jogo duro para a Chape na Argentina, independentemente da escalação do combinado adversário.

Última cartada

Para a Chapecoense, o jogo é mais uma decisão. Após ter vencido o Campeonato Catarinense e perdido a final da Recopa Sul-Americana, o Verdão decide sua vida na Libertadores. Para classificar à próxima fase da competição, a Chape precisa vencer o Lanús e na última rodada, vencer o Zulia, na Arena Condá. Isso por que a diferença de saldo de gols é muito grande em relação aos dois primeiros colocados do grupo, e qualquer empate em pontos com Nacional ou Lanús, deixa a equipe catarinense na terceira colocação do grupo.

Nessa quarta-feira, o técnico Vágner Mancini promove alterações na equipe em relação aos onze que iniciaram a partida frente ao Corinthians, no último sábado. Na zaga, Douglas Grolli entra na posição de Victor Ramos, que não está inscrito na Libertadores. Já no meio de campo, Andrei Girotto, expulso no jogo da Recopa frente ao Atlético Nacional, dá lugar a Moisés Ribeiro.

Chape no estádio La Fortaleza (Foto: Fernando Mattos/Chapecoense)

O goleiro Jandrei, grande surpresa do último sábado, segue na equipe titular, e deve ter o seu grande teste no jogo desse dia 17. A Chape busca uma missão “quase impossível” de classificar-se no grupo que conta com dois campeões continentais, mas o empate entre Nacional e Zulia, nessa terça-feira, pode ser um “combustível” a mais para o ímpeto dos jogadores alviverdes.

Prognóstico

Não precisamos ter a memória longa. Todo torcedor da Chape recorda que esperávamos o pior na estreia do Brasileirão. Com o time vindo de atuações de medianas para ruins e encarando o poderoso Corinthians em Itaquera, o prognóstico era o de tragédia anunciada.

Para nossa (boa) surpresa, a Chape se portou como time grande. Atacou, marcou o Timão sob pressão, saiu atrás do placar e teve forças para buscar o empate, e mais, merecia até a vitória. Esse deve ser o espírito para atuar na Argentina nessa quarta-feira. Se o time atuar de forma guerreira, com inteligência e disposição nos 90 minutos, existem chances de triunfo, sim.

O Lanús é o grande favorito ao confronto, tanto pela Libertadores que faz, quanto pelo grande futebol que vimos na Arena Condá, quando os argentinos venceram a Chape por 3×1. Mas como diz o ditado, cada jogo é uma história, e esperamos que, dessa vez, com final feliz para o Verdão.

Ficha Técnica: Lanús x Chapecoense

Data: 17/05/2017

Hora: 21h45, horário de Brasília

Local: Estádio Néstor Díaz Pérez – Lanús (ARG)

Árbitro: Wilson Lamouroux (COL)

Lanús: Andrada; Braghieri, Gómez, Herrera e Velázquez; Aguirre, Marcone e Rojas; Silva, Sand e Acosta. Técnico: Jorge Almirón.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Grolli, Luiz Otávio e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Luiz Antônio e João Pedro; Rossi, Arthur Caíke e Wellington Paulista. Técnico: Vágner Mancini.

Clique na imagem para acessar o site

 

 

 

 

Publique um Comentário

comentários

Você deve estar logado para postar um comentário Login