Notícias

Sem categoria

Jogos olímpicos Rio 2016: Boxe, Judô e Taekwondo

lutas

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Boxe

Registros apontam que o boxe existe desde o ano 3.000 a.C. e foi idealizado no Egito, mas foi na Grécia Antiga, durante o século 7 a.C que a modalidade começou a ser tratada como esporte. Apesar de longa e rica, a história do boxe oscilou diversas vezes, já que em determinado momento a modalidade chegou a morrer.

No auge do Império Romano a modalidade atravessou alterações controversas, já que passou a ser praticada e protagonizada pelos gladiadores. Luvas recheadas de metal eram utilizadas nos combates que geralmente, terminavam com a morte de um dos lutadores. Após o fim do império a modalidade foi esquecida por um longo tempo, até ressurgir no século XVII, no Reino Unido. Mais especificamente 1867, na Inglaterra, o boxe ganhou algumas regras – como o uso de luvas e números de assaltos – e aproximou-se do que é hoje.

Sendo assim, seguindo a cronologia, em 1880 competições amadoras começaram a ser organizadas e consequentemente, o boxe se popularizou. Visando tornar os combates mais competitivos, foi implantado o sistema de categorias que variavam de acordo com o peso do lutador.

Em 1904, em St. Louis nos Estados Unidos, o boxe começou a ser disputado nos jogos olímpicos e desde então esteve presente em todas as edições, exceto em 1912, em Estocolmo. Na ocasião, o esporte foi banido devido a uma lei sueca que não permitia a pratica da modalidade em seu território. Houve mudanças importantes na modalidade ao longo do tempo, como a obrigatoriedade do uso do capacete, a adesão do sistema eletrônico de pontuação e a uniformidade de pontuação das lutas. Na última edição dos jogos olímpicos, em Londres 2012, houve também introdução do boxe feminino em três categorias.

Boxe/Judô/Taekwondo
Foto: Eddy Lemaistre/Getty Images

Nos jogos olímpicos de 2012, realizados em Londres, foram disputados treze eventos, sendo dez masculinos e três femininos, determinados por categorias de peso. Vale ressaltar que pela primeira foram incluídas categorias do boxe feminino em olimpíadas. Se tratando de conquistas, em Londres, a Grã-Bretanha ficou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas, seguido de Ucrânia  e Cuba. Já o Brasil, terminou os jogos olímpicos na 11ª posição no quadro geral de medalhas. .

Para os jogos olímpicos de 2016, a serem realizados no Brasil, a Federação Internacional de Boxe (FIB) determinou alterações em algumas regras, como o uso obrigatório do capacete e camiseta. Além disso, lutadores profissionais poderão participar das olimpíadas do Rio de Janeiro, uma vez que a FIB criou um sistema que permite a participação dos mesmos.

Vitória
Clique na imagem para acessar o site

Os principais destaques e esperanças brasileiras para os jogos olímpicos do Rio de Janeiro, são os irmãos Esquiva Falcão e Yamaguchi Falcão, que conquistaram medalhas de prata e bronze – respectivamente – em Londres. A princípio, os atletas estavam impossibilitados de competirem “em casa”, já que deixaram o boxe amador e se profissionalizaram após o desempenho nos jogos olímpicos de 2012.

Tudo mudou após Ching-Kuo Wu, presidente da FIB, apontar que há chances dos boxeadores profissionais se classificarem já para a edição do Brasil. Outros nomes de brasileiros que podem surpreender nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro são Adriana Araújo, Érica Matos, Everton Lopes, Julião Neto, Myke Carvalho, Robenilson de Jesus, Robson Conceição e Roseli Feitosa.

Judô

O judô é uma arte marcial criada no Japão, em 1882, pelo educador físico Jigoro Kano. Kano tinha como principal objetivo criar técnicas de defesa pessoal e desenvolver o físico, espírito e mente dos atletas. Ao idealizar o judô, o mestre Jigoro Kano criou também um código moral, que visavam o crescimento intelectual dos praticantes, alem do fortalecimento de valores fundamentais como caráter. Tal código baseia-se em oito princípios básicos: amizade, autocontrole, cortesia, coragem, honestidade, honra, modéstia e respeito.

Sendo assim, o judô teve grande aceitação no Japão e posteriormente, espalhou-se pelo mundo e se popularizou, pois uniu técnicas de outras artes marciais japonesas e orientais, como o jiu-jitsu. A modalidade chegou ao Brasil no ano de 1922, durante o período da imigração japonesa.

O Judô passou a fazer parte dos jogos olímpicos oficialmente em 1964, na edição de Tóquio, no Japão. O esporte só não esteve presente nas olimpíadas de 1968, na Cidade do México, mas desde então a modalidade foi disputada ate os dias atuais. Já o judô feminino, só foi considerado esporte olímpico e incluído nos jogos em 1992, na edição Barcelona.

Boxe/Judô/Taekwondo
Foto: Richard Heathcote/Getty Images

Nos jogos olímpicos de Londres, em 2012, o judô foi disputado em sete categorias masculinas e femininas, que variavam de acordo com o peso. Na ocasião, a Rússia se sobressaiu e figurou o topo do quadro geral de medalhas, seguida por França, Coreia do Sul e Japão.

Apesar do 6º lugar no ranking geral, a participação brasileira foi ótima nas olimpíadas de Londres 2012. Quatro medalhas foram conquistadas, sendo uma de ouro com a judoca Sarah Menezes e três de bronze com os atletas Rafael Silva, Felipe Kitadai e Mayra Aguiar. Historicamente, o judô é o esporte que mais rendeu medalhas em olimpíadas para o Brasil. Foram 19 pódios até Londres 2012, sendo três medalhas de outro, duas de prata e 13 de bronze.

Nos jogos olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, o Brasil será representado por 14 atletas na modalidade. A equipe feminina contará com Erika Miranda, Rafaela Silva, Mariana Silva, Maria Portela, Mayra Aguiar e Maria Suelen Altheman, além da judoca destaque Sarah Menezes, campeã olímpica em Londres 2012. Já a equipe masculina será representada por Charles Chibana, Alex Pombo, Victor Penalber, Tiago Camilo e Rafael Buzacarini, além dos destaques Felipe Kitadai e Rafael Silva, que conquistaram medalha de bronze na última edição dos jogos olímpicos.

Taekondo

Taekwondo ou Tae kwon do é uma arte marcial criada na Coreia do Sul, em 1955, pelo general Choi Hong Hi. Em coreano a palavra Taekwondo significa “caminho dos pés e das mãos através da mente”. Assim como quase todas as artes marciais, apesar de ser uma luta possui uma filosofia, que consiste na valorização da perseverança, integridade, auto-controle, cortesia, respeito e lealdade.

Oficialmente, o Taekwondo estreou nos jogos olímpicos no ano 2000, em Sydney. Antes disso, a modalidade esteve presente como esporte de demonstração nas olimpíadas de Seul e Barcelona, em 1988 e 1992, respectivamente. Em 2012, nas Olimpíadas de Londres, foram realizadas lutas em 4 categorias no masculino e feminino: peso-mosca , peso leve, peso médio e peso pesado. No quadro geral de medalhas, a Espanha lidera o ranking, seguida por China e Coreia do Sul.

Boxe/Judô/Taekwondo
Foto: Chanatip Sonkham/Kristina Kim/Getty Images

Alguns atletas representarão o Brasil nos jogos olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Vale ressaltar que todos os que se classificaram, estarão participando pela primeira vez das olimpíadas. Representando o time masculino, Maicon Siqueira, de São Paulo, garantiu vaga na categoria acima de 80 kg, além de Venilton Teixeira, do Amapá, que conquistou vaga para a categoria até 58 kg. Já no feminino, Iris Sing tinha vaga garantida nos jogos olímpicos por ser a melhor lutadora brasileira, além de Júlia Vasconcelos que é titular da seleção brasileira e garantiu vaga na categoria até 57 kg.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta