Notícias

+ Esportes

Jogo da Rodada: Fluminense 1 x 2 São Paulo – 31ª Rodada

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Análises da vitória do São Paulo sobre o Fluminense por 2 x 1 tirando o tricolor das laranjeiras do G6 e afastando o tricolor paulista do Z4

Na noite desta segunda-feira (17), o Fluminense recebeu o São Paulo no Édson Passos na cidade de Mesquita – RJ em jogo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. A partida terminou em Fluminense 1 x 2 São Paulo, Wellington para o mandante, Thiago Mendes e Rodrigo Caio para os visitantes.

O Fluminense jogou pra frente, pressionou mais, mas quem fez o resultado foram os visitantes. Com mais objetividade e oportunismo, o São Paulo conquistou os três pontos e se afastou da zona do rebaixamento.

No primeiro tempo o Fluminense se mostrou confiante, foi pra cima, mas toda a pressão foi em vão, visto que não obteve nenhuma chance com perigo. O gol saiu com uma enorme ajuda do adversário que entregou a bola no meio-campo e deu o contra-ataque onde Wellington disparou e foi derrubado dentro da área. No pênalti cobrado por ele mesmo, o placar foi aberto. Foi um primeiro tempo de erros, já que as duas melhores chances de gols dos times saíram apenas no erro do adversário na saída de bola.

O segundo tempo mostrou que o São Paulo tá fazendo de tudo para evitar ao máximo o rebaixamento. Pressionando muito, chegou ao empate com Thiago Mendes após atrapalhada da defesa do Fluminense. Passando-se 10 minutos, o São Paulo conquistou o resultado tão esperado, Rodrigo Caio fez de cabeça virando o jogo e depois o time apenas controlou a posse e conquistou a vitória.

  • Fluminense

– Se mostrou confiante para ir pra cima do adversário

– Falta objetividade e oportunismo, faz as jogadas, sobe ao ataque, pressiona a defesa e nada

– Segunda partida consecutiva onde a defesa falha muito e não traz segurança para o time

DESTAQUES:

Wellington – Vem sendo o jogador mais regular do Fluminense desde que estreou no Brasileiro. Mais uma boa atuação, com direito a mais dribles desconcertantes e uma arrancada da intermediária defensiva do Tricolor que resultou em pênalti. Ele mesmo bateu e fez. Se salvou em nova derrota do time graças à sua raça, vontade e habilidade.

Pierre – Fazia uma boa partida mas como sempre, foi tirado durante a partida e após isso o São Paulo conquistou a virada. Não dá para entender o porque da saída de um jogador que vem se mostrando regular e importante dentro do elenco.

DEIXOU A DESEJAR:

Gum – Não trouxe qualquer segurança ao time, foi quem causou a bola na trave de Cueva no primeiro tempo, causou o gol de Thiago Mendes. Digamos que a fase do zagueiro passa longe de ser boa.

Gustavo Scarpa – Faltou criatividade, segurança nos passes, vontade dentro de campo. Longe de ter feito uma boa partida, precisa melhorar e ser mais corajoso dentro de campo da maneira que era.

  • São Paulo

– Demonstrou estar fazendo de tudo para fugir do rebaixamento

– Foi para cima, pressionou e conquistou o resultado

– A defesa errou no primeiro tempo causando o gol, mas de resto foi segura, confiante e jogou bem

DESTAQUES:

Thiago Mendes – Criou, finalizou, falhou no primeiro tempo mas recuperou. Uma atuação ótima, bons passes, com objetividade, foi oportunista e soube mostrar seu bom futebol.

Rodrigo Caio – Começou mal mas se recuperou durante a partida. Ajudou a equipe quando precisou na defesa e marcou o gol da vitória. Foi o Rodrigo Caio que muitos esperam, um ótimo zagueiro.

David Neres – Estreou muuuuuuuito bem. Entrou com o placar a favor do Fluminense e mudou o jogo. Foi fundamental para a virada acertando ótimos cruzamentos, criando boas jogadas e levando o time para frente em busca da vitória.

DEIXOU A DESEJAR:

Buffarini – O lateral deixou a desejar no aspecto vontade, parecia estar morto dentro de campo, não aparecia, foi uma atuação longe de ser boa.

Chavez – Aparecer para o jogo é essencial para um atacante, Chavez fez tudo menos isso, não lembro de ter escutado o nome dele no jogo.

(Fonte: Globo Esporte)

Análises de Daniel Charles Schmitt:

“A virada e a vitória mais improvável do ano! Nem o mais otimista torcedor São Paulino acreditava que a equipe poderia reagir no segundo tempo depois de mais um primeiro tempo com um desempenho preocupante. Porém como no futebol tudo é possível, foi isso que aconteceu em dois lances, o São Paulo teve a competência e a capacidade de empatar e virar a partida.”

“Contexto do jogo: Taticamente e tecnicamente foi um jogo bem abaixo do que realmente se esperava para uma partida com tamanha grandeza e importância. Nem tudo que ganha é bom e nem tudo que perde é ruim! Apesar da derrota e de estar passando por uma queda de rendimento nas últimas partidas, o Fluminense por alguns momentos conseguiu executar sua estratégia de jogo, o 4-3-3 em profundidade atacando de forma compacta e defendendo de forma compacta. Já do outro lado, o São Paulo no 4-2-3-1 mais uma vez se mostrou ser um time desorganizado, previsível e monótono, porém desta vez ao menos, a equipe foi eficiente nas poucas chances que teve, vindo a conquistar os 3 pontos importantíssimos e fundamentais na sua luta contra o rebaixamento.”

“Analises e comentários finais: Além de ganhar uma sobre vida no cargo, Ricardo Gomes terá um pouco mais de tranquilidade para trabalhar até a próxima partida. Já do outro lado, apesar da derrota e da queda de produção, o Fluminense tem totais condições de se recuperar e de continuar brigando por uma vaga no G6 da competição.”

Marco Aurelio (96 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta