Notícias

Sem categoria

Jogo da Rodada: Atlético MG 2 x 2 Flamengo – 33ª rodada

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Análises do jogo da rodada entre Atlético MG x Flamengo na disputa direta pelo segundo lugar

Na tarde desse sábado (29), o Atlético MG recebeu o Flamengo no Mineirão em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão 2016, a partida foi às 16h3o e terminou em 2 x 2, Robinho e Lucas Pratto para o Galo, Paolo Guerrero e Diego para os visitantes.

Em um jogão no Mineirão, os dois times demonstraram a vontade de chegar/manter a segunda colocação para disputar o título com o líder Palmeiras, como era de se esperar. Com o resultado o Flamengo se manteve na segunda colocação com 62 pontos, já o Galo caiu para a quarta posição com 60.

No primeiro tempo o Flamengo chegou com tudo e logo aos três minutos de jogo trouxe perigo ao gol de Victor. O jogo foi seguindo com uma certa vantagem em qualidade do Flamengo que aos 32′ abriu o placar com Diego. O Flamengo manteve o mesmo ritmo mas não conseguiu marcar o segundo ainda no primeiro tempo, assim como o Galo que conseguiu se defender bem e tentou algumas jogadas de efeito no campo de ataque junto de boas tentativas de gol.

O segundo tempo começou morno mas com o tempo o Atlético Mineiro foi tomando conta e aos 36 minutos o artilheiro Robinho empatou o jogo. O Galo seguiu indo pra cima e aos 41 minutos o atacante Lucas Pratto se aproveitou do belo passe de Robinho para mandar para o fundo das redes e colocar o Atlético na frente no placar. Não demorou muito para o Flamengo reagir e aos 44 minutos, Paolo Guerrero empatou o jogo, terminou nisso, Atlético MG 2 x 2 Flamengo.

DESTAQUES:

Flamengo:

  • Paolo Guerrero jogou muita bola, apareceu bem para o jogo e lutou durante todos os 90 minutos. Participou dos dois gols sendo o segundo marcado por ele.
  • Diego teve uma atuação padrão pra si, jogou muita bola e foi fundamental para o Flamengo. Abriu o placar e criou boas jogadas, além de ter distribuido bem a bola.

Atlético MG:

  • Luan entrou bem e deu um fôlego enorme para a equipe, sua entrada foi fundamental para a reação.
  • Lucas Pratto é outro que saiu do banco para mudar o jogo, apareceu muito no jogo e marcou o segundo gol do Galo.
  • Robinho marcou de pênalti e deu a assistência para o segundo gol, o artilheiro do Galo também foi fundamental para o time, jogou muito!
Como vem acontecendo em todos os jogos, houve a homenagem ao eterno capita Carlos Alberto Torres. (Foto: Globo Esporte)

Analise tática de Daniel Charles Schmitt:

“Um verdadeiro espetáculo! Quem foi ao Mineirão ontem sem duvida alguma não se arrependeu e certamente irá demorar para esquecer esta partida. O jogo que teve em seu contexto geral, o Flamengo superior no primeiro tempo, e o Galo dominando a segunda etapa.

Primeiro tempo: Flamengo impecável! Não seria nenhum exagero afirmar que esse tenha sido o melhor primeiro tempo de toda temporada do time da Gávea. Além de ter tido 60% de posse de bola e finalizar 12 vezes, contra apenas quatro do Atlético. Taticamente o Flamengo fez uma partida quase perfeita, vindo a apresentar um grande nível de atuação durante os 45 minutos jogando de forma.

• Inteligente vindo a apresentar um futebol bem vistoso.

Segundo tempo: Atlético MG intenso e ofensivo! Se no primeiro tempo o galo ficou preso a excelente marcação rubro-negra, no segundo tempo Marcelo Oliveira inteligentemente fez duas substituições que mudaram o comportamento da equipe, e por detalhes não mudou a história da partida. A primeira e a alteração chave foi à entrada de Luan na vaga Cazares, com esta mudança o Galo passou a ter em seu meio campo uma maior qualidade de toque de bola, consequentemente passou a produzir mais e criar inúmeras chances de gol. Além disso, Marcelo Oliveira Colocou Lucas Pratto que nos poucos minutos em campo, marcou o segundo gol que poderia ter sido o gol da virada e da vitória do galo. Porém nos minutos finais, faltou inteligência e capacidade ao galo para segurar o resultado.

Sistemas táticos:

– Atlético MG: o Galo veio a campo no 4-2-3-1, porém com Otero e Cazares por dentro na armação de jogadas. Muitas vezes dentro da partida o 4-2-3-1 era transformado para um 4-2-2 e no segundo tempo com alteração jogou num 4-3-3.

– Flamengo: Pelo lado rubro-negro nenhuma surpresa, Zé Ricardo, mais uma vez, optou pelo seu tradicional 4-2-3-1 com a proposta de jogo de atacar sempre em amplitude e profundidade utilizando tabelas pelos lados do campo.

Destaques individuais!

Atlético MG: Victor, que mais uma vez, mostrou porque é o goleiro de nível de seleção brasileira. Foi protagonista na primeira etapa vindo a fazer no mínimo três defesas importantes, evitando uma maior vantagem para equipe carioca antes do intervalo.

Flamengo: Paolo Guerrero, sem dúvida alguma, foi o melhor jogador rubro-negro na partida, além de dar assistência no primeiro gol e marcar o gol de empate. Taticamente mais uma vez foi importantíssimo no esquema de jogo de Zé Ricardo mostrando uma grande vitalidade. Vindo a prender os zagueiros do galo, criando, com inteligência, espaços no campo fez mais uma vez uma grande partida.

Marco Aurelio (98 Posts)

Nascido dia 15/02/2000 em Blumenau. Sou repórter e comentarista da Rádio Web Esportiva e fotógrafo freelancer. Torcedor fanático do Figueirense e do Liverpool, mas com simpatia por vários outros clubes.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta