Notícias

Sem categoria

Jogadores vascaínos exaltam torcida na vitória sobre o Fluminense

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Elenco do Vasco ressalta apoio da torcida após virada emocionante em São Januário

Não faltou emoção no primeiro clássico carioca no Brasileirão deste ano. A vitória por 3×2 do Vasco sobre o Fluminense, em São Januário, teve altas doses de tensão. Mesmo tomando a virada em lances polêmicos, o Gigante da Colina foi atrás do resultado e saiu com os três pontos, com gol de Nenê, aos 47 do segundo tempo.

O resultado coloca o Vasco em terceiro lugar, com seis pontos ganhos. O bom momento é creditado, principalmente, à torcida. Pelo menos, é o que diz o treinador Milton Mendes, que exaltou o apoio dos vascaínos durante os 90 minutos: “Se o torcedor apoiar do jeito que está… Viram como os jogadores foram buscar forças? Porque eles apoiaram sempre. Quando levamos o 2 a 1, eles ficaram apreensivos, mas depois levantou a força, torcida veio junto, Manga inflamou novamente. É um casamento perfeito! Queremos que o torcedor venha a campo, porque sempre vamos dar tudo”, afirmou o técnico.

Quem também elogiou a torcida vascaína foi o meia Nenê. Barrado, o -agora- camisa 20 entrou no segundo tempo e decidiu o clássico para o Vasco. Mesmo saindo do banco, Nenê não perdeu a moral com o torcedor e elogiou o carinho, após marcar o gol decisivo: “Não tem preço esse carinho que eles têm por mim. Não tem felicidade maior do que entrar nesse jogo difícil e garantir a vitória. Estou muito feliz. Continuei firme, fazendo meu trabalho… Agradeci a Deus após o gol”, disse o meia.

Ônibus do clube quebra e jogadores chegaram ao estádio de táxi

Os momentos de tensão não foram só dentro de campo. Antes do jogo, o ônibus que levava o elenco do Vasco para São Januário quebrou na Avenida Ayrton Senna, na altura da Gardênia Azul, na Zona Oeste do Rio, por volta das 14h. Sem ter o que fazer, os atletas e a comissão técnica tiveram que pegar táxis para chegar ao estádio. O Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (GEPE-RJ), que escoltava os jogadores, ajudou os atletas a entrar nos veículos. A equipe chegou à São Januário faltando uma hora para o início do jogo.

O técnico Milton Mendes também comentou o desespero do elenco durante o ocorrido: “Passou tanta coisa na cabeça… Coisas que acontecem. Ser humano erra, máquinas erram. Foi um dia especial, porque saímos ganhando, depois as coisas viraram. É a história do jogo. O que antecedeu são pormenores. Entramos muito bem no jogo, equipe esteve bem”.

Pedro Chagas (134 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta