Notícias

Futebol Internacional

Independiente visita o Dep. Lara em seu retorno à Libertadores

Sem título

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Deportivo Lara, inicia sua segunda participação na Copa Libertadores. Independiente, maior campeão da competição, viaja a Venezuela visando os 3 pontos.

 

Time do Independiente reunido durante final da Recopa. (Imagem: www.delacunaalinfierno.com.ar)

 

Na tarde-noite desta quinta-feira 1 de março, o Independiente visita o Deportivo Lara pela primeira rodada do grupo G da Copa Conmebol Libertadores. A bola rolará às 19:15 h de Brasília e local, no estádio Metropolitano de Cabudare, na cidade de Lara na Venezuela, no que será o primeiro enfrentamento entre as equipes.

 

INDEPENDIENTE

O Rey de Copas e maior campeão da competição com 7 conquistas retorna a sua taça preferida após 7 anos (em 2011 foi eliminado na primeira fase num grupo que tinha a LDU de Equador, Godoy Cruz da Argentina e Peñarol do Uruguai, que viria a ser finalista).  Os “Diablos Rojos” chegam ao jogo após vencer o Banfield, no LIbertadores de América por 1 a 0 com gol de Martín Benitez, o mesmo que falhou o pênalti decisivo na final da Recopa contra o Grêmio. Na Superliga Argentina a equipe ocupa a 4º colocação com 29 pontos, há 14 do líder Boca Juniors, mas com um jogo a menos. Apesar da vitória com time misto no sábado, o clube chega com sede de revanche após ver a Recopa escapar no último pênalti da série com Grêmio.

Ariel Holan possui duas dúvidas para a estreia: na volancia, Domingo ou “Torito” Rodriguez, e como centro avante, o recém contratado Silvio Romero ou Leandro Fernandez. Emanuel Gigliotti, expulso por cotovelada em Kanemann no jogo de ida da Recopa Sul-americana com a ajuda de VAR, foi suspenso por duas rodadas e não será da partida. Fernando Amorebieta expulso no jogo de volta da Recopa também após analise da jogada feita via VAR, cumprirá suspensão e não vai à campo. Outro que se perde a disputa é Gastón Silva que sofre uma sobrecarga na panturrilha; seu lugar será ocupado por Nicolas Figal que vem de duas boas apresentações.

O treinador conversou com a mídia após o treino realizado no estádio Metropolitano e destacou a postura que o time tem de ter: “Não tem jogo simples, tem que disputá-lo com muita responsabilidade e começar com o pé direito. Eles são organizados e verticais do meio pra frente”.  Sob seus comandados o treinador elogiou: “Este time é capaz de qualquer coisa e isto me ilusiona, representa à história do Independiente”.

Ariel Holan conversa com jornalistas. (Imagem: ole.com.ar)

Em referência ao torneio que inicia e que tanto representa para o Rojo, Holan expressou: “Independiente não é só o Rei de Copas, senão que também o rei das façanhas. Não é apenas o que ganhou, senão como o fez. Para mim esta competência não é um torneio mais.”

O clube de Avellaneda foi proibido pela Conmebol de realizar o cumprimento típico no qual os jogadores se dirigem ao centro do campo, o capitão faz 3 passos a frente e cumprimentam os quatro cantos do estádio. Surgido nos anos 70 e retomado desde a chegada de Ariel Holan, a saudação foi banida alegando que “atrapalhava o protocolo de recebimento dos clubes no estádio”. Sobre este assunto o treinador Rojo advertiu: “Acredito que em algum momento pode- se fazer, só há que fazê-lo coincidir com o regulamento. Seria uma barbaridade proibi-lo”

 

DEPORTIVO LARA

Os donos da casa terão a segunda participação na Copa Libertadores. A equipe radicada no estado de Lara disputará novamente a principal competição do continente, tendo jogado a outra oportunidade em 2013 (mesmo ano que a última participação do seu rival) e ficado pelo caminho ainda na fase de grupo que tinha Olímpia do Paraguai, Newell’s Old Boys de Rosário – Argentina e a Universidade do Chile.

O Deportivo Lara atuou no final de semana em casa com titulares em campo, más foi derrotado pelo Deportivo La Guaira pela mínima diferença, tento marcado por Giovanny Romero e assim deu fim à invencibilidade do ano, permanecendo com 6 pontos e na 10º posição do campeonato venezuelano.

O treinador Leo Fernandez deverá mandar à campo uma equipe muito similar a utilizada no final de semana pelo campeonato local. As mudanças devem ficar por conta da saída de Anderson Cardozo e entrada de Ricardo Andreutti; já na defesa o lateral David Mendoza retoma a posição de Ignacio Anzola. O experiente jogador paraguaio comentou sobre a inexperiência de vários jogadores no quesito disputa internacional: “Comentamos com dois ou três companheiros o que é jogar na Copa. Imagino que nesta quarta na concentração falaremos sobre o que significa jogar nela e mais ante um grande rival com tanta história como o Independiente; por isso estaremos conversando e tentando compartilhar a experiência que tenho.”

Treino do Deportivo Lara. (Imagem:www.deportivolara.com)

Desapontado com a derrota do último confronto apesar do maior volume de jogo comentou: “Se aproxima um jogo muito exigente, estamos muito bem, não conseguimos vencer o fim de semana, mas sabemos que a Copa Libertadores da outra motivação e estamos focados no jogo contra o Independiente. Faremos de tudo para deixar uma boa imagem”.

Independiente
Clique na imagem para acessar o site

 Leia mais sobre o Futebol Argentino

 

Ficha técnica: Deportivo Lara (Venezuela) x Independiente (Argentina)

Data: 01/03/2018.

Horário: 19:15 h, horário de Brasília e de Lara, Venezuela.

TV: SporTV 3.

Local: Estádio Metropolitano de Cabudare, Lara, Venezuela.

Arbitragem: Diego Haro (PER).

Deportivo Lara: Carlos Salazar; Daniel Carrillo, Henri Pernia, Giacomo Di Giorgi, David Mendoza; Ely Valderrey, Carlos Sierra, Ricardo Andreutti, José Miguel Reyes; Jesús González y Juan Falcón.Técnico: Leonardo Fernandez.

Independiente: Martín Campaña; Fabricio Bustos, Alan Franco, Nicolas Figal, Juan Sánchez Miño; Diego Rodríguez Berrini ou Nicolas Domingo, Fernando Gaibor; Maximiliano Meza, Martin Benítez, Jonathan Menéndez; Leandro Fernandez ou Silvio Romero. Técnico: Ariel Holan.

Luiggi Parisi (13 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta