Notícias

Futebol Internacional

Independiente visita a Nacional no primeiro jogo oficial entre as equipes

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

(Imagem: ole.com.ar)

No Paraguai e sem equipe definida, Independiente enfrenta o Nacional pelo jogo de ida das quartas da Copa Sul-Americana 2017

Na noite desta quarta-feira(25), o Independiente e o Nacional do Paraguai duelam no estádio Defensores del Chaco, em Assunção – Paraguai, às 20:15 hs, horário de Brasília, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana no que será o primeiro enfrentamento oficial entre as equipes.

Histórico na competição

Os “Diablos Rojos” chegam a esta instância após duelo equilibradíssimo com o Atl. Tucumán.

O jogo de ida, em Tucumán, foi vencido por 1 a 0 pelos donos da casa e na volta, no Libertadores de América, o “Rey de Copas” mostrou toda sua mística copeira ao vencer por 2 a 0, gols de Leandro Fernandez e Benitez, com um jogador a menos (Tagliafico expulso no início do segundo tempo) e um pênalti errado para cada lado, num desses jogos que ficarão para a história.

O Nacional acedeu a está etapa após eliminar, contundentemente, o Estudiantes de La Plata com duas vitorias por 1 a 0 com gols de Luis Caballero, no jogo de ida em Assunção, e de Miguel Jacquet na volta, em La Plata – Buenos Aires.

O clube paraguaio tinha eliminado previamente times de tradição como Cruzeiro (vencendo nos pênaltis, após resultados de 2 a 1 para cada lado) e Olímpia do Paraguai (por gol de visitante). Pelo Clausura 2017, a “Academia” vem de um empate em casa com o Rúbio Ñu. O time visitante saiu vencendo com gol Correa e Ariel Nuñez, que veio do banco, empatou para o local.

Independiente

Ariel Holan não definiu a equipe para a partida. Com Tagliafico suspenso por expulsão e Benitez ainda não recuperado 100% de uma sobrecarga no musculo posterior da coxa, o treinador testou várias mudanças durante os últimos dias.

Na defesa deve aparecer Fernando Amorebieta e no lugar do atacante, Sanchez Miño. Com isto o treinador tem a opção de jogar num 3-4-3, adiantando Fabricio Bustos e com Sanchez MIño na ala esquerda no meio de campo, ou manter o esquema 4-2-3-1 que tem usado nos últimos jogos, deslocando Gastón Silva para a lateral esquerda e Sanchez Miño na ponta pelo mesmo lado do campo.

No meio de campo Nery Dominguez deve retornar à equipe e acompanhar Diego Rodriguez. Outro lugar onde deve haver mudanças é no ataque. Nos amistosos contra o Estuandiante de Caseros feitos no fim de semana, Albertengo ocupou o lugar de Leandro Fernandez e tudo indica que será da partida.

Para o Rey de Copas o duelo tem o intuito de afastar os problemas extracampo com o que o time sofreu durante a semana.

Na quinta-feira passada, o treinador Ariel Holan foi abordado na saída do treino por integrantes da torcida organizada do clube, liderados por Pablo “Bebote” Alvarez que teria invadido o carro do treinador e solicitado U$S 50.000,00 para, supostamente, financiar a viagem dos torcedores ao Paraguai. Acompanhados pelos seus assistentes, Holan conduziu o carro até um restaurante seguido pelos membros da organizada onde recebeu ameaças.

O treinador prestou queixa, mas publicamente declarou:

“Não tenho nada que calar e falar, meu problema são as coisas esportivas. Este jogo é o mais importante. Só falo de futebol, do resto cuidam meus advogados” E afirmou: “Não vou renunciar, que extorquirem o que quiserem”.

Nacional-PAR

Pelo lado dos donos da casa a equipe que irá a campo será bastante similar à que visitou o Estudiantes de La Plata.

As mudanças se dão no meio de campo: Jonathan Santana, poupado no final de semana, retorna à equipe titular. Edgardo Orzuza, já recuperado da lesão que o tinha afastado dos gramados, ainda é dúvida. Como centroavante Luís Caballero retoma seu lugar deslocando o jovem Adam Bareiro ao banco de reservas.

Ídolo em comum

Nacional e Independiente compartilham a idolatria por uma lenda do gol: Arsenio Érico.

Prévio ao jogo, as equipes farão uma homenagem ao artilheiro que com apenas 15 anos estreou no futebol professional vestindo a camisa do Nacional, lá pelo início dos anos 30.

Numa serie amistosos na Argentina durante 1931, chamou a atenção de vários clubes, entre eles o Independiente.

No 6 de maio de 1934, estreia com a camisa Roja contra o contra o Boca, mas só viria a marcar seus primeiros dois gols na semana seguinte contra o Chacarita Jrs. Nos anos ’37, ’38 e ’39, marca 47, 43 e 40 gols respectivamente em 34 jogos, levando os Diablos Rojos ao título nos anos 1938 e 1939 no que seria um dos melhores times da história do futebol argentino, com um memorável ataque compartido com Vicente de la Mata, Antonio Sastre e José Zorrilla.

 

Arsenio Érico, o “Saltarín Rojo”, ídolo no Nacional e no Independiente. (Imagem: conmebol.com)

 

Retornou ao Nacional no início dos anos 40 para realizar um sonho: levar seu querido clube ao título nacional. Após está conquista volta ao Independiente em 1943, já sem o brilho de outras épocas, mas anotando gols que o converteram no maior artilheiro da história do futebol argentino com 293 tentos em 332 jogos.

Anos após sua aposentadoria dirigiu o Nacional, clube cujo estádio leva seu nome. Já o Independiente batizou uma de suas arquibancadas com o nome do artilheiro paraguaio conhecido como “Saltarín Rojo”.

 

Ficha técnica: Nacional (Paraguai) x Independiente

Data: 25/10/2017.

Horário: 20:05 h, horário de Brasília

Local: Estádio Defensores del Chaco, Assunção, Paraguai.

Arbitragem: Leodán González (URU).

 

Nacional: Santiago Rojas; Carlos Bonet, Herminio Miranda, Miguel Jacquet, Rodrigo Rojo; Juan Argüello, Miguel Paniagua, Edgardo Orzusa o José Ariel Núñez, Jonathan Santana; Juan Manuel Salgueiro y Luis Caballero. Técnico: Roberto Torres.

Independiente: Martín Campaña; Fabricio Bustos, Alan Franco, Fernando Amorebieta, Gastón Silva, Juan Sánchez Miño; Diego Rodríguez Berrini, Nery Domínguez; Maximiliano Meza, Ezequiel Barco; Lucas Albertengo. Técnico: Ariel Holan.

Luiggi Parisi (7 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta