Notícias

Futebol Internacional

Independiente vence e Holan afirma: “Saio enormemente satisfeito”

Independente

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após três derrotas seguidas, Independiente vence o Velez no Argentino

Foto: La Nacion/Fernando Massobrio

Independiente e Velez duelaram no último domingo (01), sob forte chuva no Libertadores de América, pela Superliga Argentina. O gol da vitória por 1 a 0 dos donos de casa foi convertido por Maximiliano Meza, após cruzamento de Barco.

A diferença mínima no placar não representa as ações do jogo onde o Rey de Copas, que teve duas bolas na trave e várias situações de gol desperdiçadas. Pelo lado do Velez, que vinha de uma goleada sofrida para o Boca, o destaque foi o goleiro Aguerre, que não permitiu que o jogo acabasse com o placar mais volumoso. O resultado deixa o Independiente e o Fortin com dez pontos na 14º e 15º posição respectivamente.

O jogo começou com as equipes se estudando e um ritmo interessante. O Independiente atacava pelas laterais com Jonas Gutierrez, o melhor em campo, e Tagliafico, que tabelava e chegavam ao ataque acompanhados da movimentação de Meza, Barco e Benitez que não tinham lugares fixos e confundiam a defesa Fortinera. O Velez apostava ao contra-ataque e bolas longas para Bergessio e Maximiliano Romero, que com o transcorrer dos minutos foram controladas pela defesa Roja.

A mais clara do primeiro tempo veio pelo lado direito do ataque Rojo, com uma jogada de linha de fundo do Barco que cruzou na segunda trave para a aparição de Tagliafico que cabeceou no travessão, no rebote Fernandez disputou com Emiliano Amor quase sobre a linha e a bola ficou para o goleiro Aguerre.

O segundo tempo iniciou com o time da casa com mais ímpeto. A primeira chance veio com o zagueiro uruguaio Gastón Silva, que fazia sua estreia, e cobrou um escanteio que se fechou e deu da trave mais distante da meta velezana quase fazendo um gol olímpico. Minutos depois em novo escanteio surge o gol da vitória. Barco cruzou e Meza, que voltava ao campo do atendimento médico após fortíssima entrada de Desabato, surgiu na marca do pênalti sozinho para mandar a bola para a rede.

O panorama do jogo não mudou com a mudança do placar, los Diablo Rojos estavam mais perto do segundo que o Fortin do empate, o qual tentou com jogadas isoladas e cruzamentos sem direção. Aos 40’ do segundo tempo o Velez ficou com dez jogadores em campo, quando Grillo foi expulso após se desentender com Amorebieta (substituiu Gaston Silva na zaga Roja) e agredi-lo, recebendo o segundo amarelo.

Com o fim do jogo a torcida aplaudiu os jogadores locais pois viu em campo uma equipe comprometida em voltar a vencer que criou várias oportunidades (apesar de continuar sofrendo a ineficiência dos homens de frente) e, principalmente, mostrou uma solidez defensiva que tinha perdida nos últimos jogos. Pelo lado dos visitantes, Omar de Felippe terá trabalho para tentar ajeitar a defesa que não encontra solidez e terá a ausência de Grillo (expulso), além de buscar alternativas para o ataque bastante previsível.

Após o jogo, Ariel Holan declarou: “No futebol, as vitórias o as derrotas são o que vão marcando o humor do que a gente vai fazendo no dia a dia, mas nós tentamos nos abstrair do resultado e analisar o conteúdo do que a equipe faz. Os jogadores fizeram um esforço muito grande desde que começou o campeonato, teve momentos de muito bom futebol, superou os rivais e tem que ter um pouco de paciência para os resultados começarem a chegar”, finalizou.

Clique na imagem para acessar o site
Luiggi Parisi (13 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta