Notícias

Futebol Internacional

Independiente x River – clássico de opostos

Independiente

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em Avellaneda, Diablos Rojos e Millonarios fazem clássico vivendo momentos diferentes em suas respectivas histórias

Neste sábado teremos um clássico interessante do futebol argentino. De um lado o River Plate, que vem de uma boa fase, ainda que sem ganhar títulos, pelo trabalho que faz o técnico Marcelo Gallardo, renovando o time sem perder de vista o bom futebol, sempre potencializando o time de Nuñez. Do outro lado, o Independiente, comandando tecnicamente por Ariel Holan, em busca de títulos que alcem o clube a um patamar mais elevando, correspondente com sua gloriosa história.

Por outro lado, se o River, recentemente eliminado de modo traumático da Libertadores pelo Lanús busca ganhar posições no Campeonato Argentino, não tem em foco nenhum outro torneio, e deve apostar as fichas desse final de ano no torneio local, até para com quem pode contar para a próxima Libertadores. O Independiente está completamente focado e priorizando a Copa Sul-Americana, da qual é semi finalista (o primeiro jogo já será no meio da próxima semana).

Holan e Gallardo veem o jogo de modo muito distinto. Enquanto o primeiro irá usar uma equipe alternativa, poupando os jogadores mais letais de seu grupo para o jogo de ida da semi-final continental, Gallardo deve ir com sua força máxima, visto que não há nenhum outro torneio a ser priorizado em detrimento do nacional. Ainda que o Boca esteja com uma vantagem larga para qualquer outro clube –vantagem tal que basicamente retira qualquer esperança dos demais em ganharem o campeonato – seria um desastre se ao final do torneio o Boca não fosse campeão, dada tamanha a vantagem que o clube de “La Boca” abriu nas primeiras rodadas do torneio argentino.

Enquanto Holan deve dar minutos para jogadores pouco aproveitados como Albertengo, Martinez e Sanchez Miño, no lado de Nuñez, o “Muñeco” Gallardo, técnico do River, deve usar sua força máxima, onde a única ausência de peso será a de Enzo Perez, que esteve com a seleção Argentina na Rússia até a última terça feira (quando a seleção nacional perdeu por 4 gols a 2 contra a Nigéria).

Outros dois pontos a serem destacados são: 1) os dois clubes honram suas tradições de estilo de jogo, buscando um futebol vistoso, aquele que não somente vence, mas convence e encanta, tanto Independiente quanto River Plate são equipes que jogam ofensivamente, buscam o resultado; e 2) embora, historicamente, o River tenha uma vantagem nos confrontos direto contra o Rojo até confortável, o Independiente, desde que voltou da série B, jogando em seu estádio, tem conseguido fazer valer sua condição de mandante e vence o River no Libertadores de América.

Ficha Técnica– Independiente x River Plate

Data: 14/11/2017
Horário: 22:30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Libertadores de América, Avellaneda.

Independiente: Martín Campaña; Jonás Gutiérrez, Alan Franco, Fernando Amorebieta, Nicolás Tagliafico (ou Togni); Nicolás Domingo, Walter Erviti; Lucas Albertengo, Juan Manuel Martínez (ou Leandro Fernandez), Juan Sánchez Miño; Martín Benítez.

River Plate: Lux; Montiel, Maidana, Pinola, Casco; Ponzio, Rojas; Auzqui, De La Cruz, Pity Martinez; Scocco.

Leia mais sobre o futebol argentino

Independiente
Clique na imagem para acessar o site
Vinicius Falcao (5 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta