Notícias

Sem categoria

Independiente e Libertad iniciam duelo em busca da final da Sulamericana

HkxoPkblf_860x575__1

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Independiente busca voltar a final da Sulamericana após 7 anos. Libertad chega com a ilusão de chegar a primeira final internacional de sua história.

Em mais um embate inédito no cenário sul-americano, o Independiente e o Libertad do Paraguai se enfrentam nesta terça-feira 21 de novembro, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção – Paraguai, às 22:15 hs, horário de Brasília, e 21:15 hs, horário local, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sulamericana.

Os “Diablos Rojos” acederam à esta instancia após um contundente 6-1 no global contra o Nacional do Paraguai. Na visita a Assunção no jogo de ida, os visitantes venceram por 4-1 gols de Meza, Leandro Fernandez em duas oportunidades e Albertengo; Luis Caballero tinha descontado para o Nacional.

 

Com a amplia vantagem, o Independiente entrou no jogo de volta no Libertadores de América com várias modificações e voltou a vencer, por 2 a 0, com tentos de Gigliotti e J. M. Martinez.

 

Os “Gumarelos” chegam a semifinal após eliminarem, em duelo bem equilibrado, o outro time de Avellaneda, o Racing Club. No jogo de ida, jogando de local, o Libertad venceu pela mínima diferença com gol de Santiago Salcedo.

Na volta, no estádio municipal Juan Domingo Perón, o conjunto paraguaio segurou a pressão dos locais e após empate sem gols saiu classificado da Argentina.

 

INDEPENDIENTE

O “Rey de Copas” que atualmente ocupa a oitava posição na Superliga Argentina, com 15 pontos, a 9 do líder Boca Jr, vem de vencer o clássico contra o River Plate por 1 a 0 na noite do último sábado, no Libertadores de América. Com apenas 3 titulares em campo (Campaña, Franco e Tagliafico) os donos da casa contaram com a infantil expulsão do goleiro millonário, Germán Lux, aos vinte minutos do primeiro tempo e, num jogo sem muitas emoções, definiram o pleito aos 82 minutos de jogo quando num contra-ataque puxado por Sanchez Miño, que correu o campo inteiro, cruzou para atrás para a chegada de Nicólas Domingo, que aplicando a lei do ex, colocou a bola no contrapé do goleiro Bologna para decretar a vitória.

Ariel Holan não divulgou a escalação, mas na coletiva que brindou hoje ao chegar ao Paraguai, expôs que “Fabricío Bustos evolui satisfatoriamente, mas que só definirá sua escalação segundo o que o médico diga”. A alternativa de J. Gutierrez, caso busto não seja da partida, ajudaria na principal ameaça do time paraguaio: a bola aérea. Está jogada, faria com que se produza outra mudança: Gigliotti na vaga de Albertengo. Após os amistosos com a seleção uruguaia, Gastón Silva, deve retornar à titularidade na zaga. Seu compatriota, Diego Rodriguez deverá formar a dupla de volantes com Domingo, autor do gol da vitória contra o River. Sanchez Miño, de destacada atuação no clássico, pode surpreender na vaga de Leandro Fernandez, acompanhando a Meza e Barco na armação.

O treinador Rojo declarou hoje que: “Primeiramente temos que evitar os cruzamentos e também os lançamentos frontais. Os meias do Libertad se organizam e chegam para essas jogadas”, acrescentando “Estou convencido de que para atacar bem tem que defender bem”

Sobre possíveis mudanças no esquema e no time disse: “Independente da escalação, o grande problema que a temos que ir resolvendo é que as mudanças não prejudiquem a equipe. O importante que são, numa sequência de jogos, as lesões. Não apenas pelo físico, se não pelo emocional e pelo psicológico. Nos tocou River, Libertad, Racing, Libertad. Temos que tratar de não perder a linha de jogo, o que não é tão fácil de lograr”

 

LIBERTAD

 O “Guma” escalou à sexta posição do Torneo Clausura 2017, após a terceira vitória consecutiva obtida na última quinta-feira contra o Sol de América. Jogando de visitante e sem nenhum titular venceu por 2 a 1. Jorge Recalde abriu o placar aos 32 da primeira etapa. De pênalti, Zeballos empatou para o time de casa, mas já nos acréscimos Wilson Lopez converteu o gol da vitória para os visitantes. Com os 3 pontos o Libertad chegou a 25 unidades; Cerro Porteño lidera com 39.

Na noite desta segunda-feira após o treino que contou com a presença de torcedores carregados de bandeiras e fogos de artifícios Fernando Jubero, treinador do Repollo, declarou: “A equipe está muito bem e salvo Adalberto Román, lesionado, os demais estão à disposição do jogo”; descartando a hipótese de uma possível ausência do goleador Tacuara Cardozo que vinha sofrendo com dores nas costas e quase definindo como titular a mesma equipe que conseguiu a classificação em Avellaneda.

Sobre os rivais, Jubero analisou: “Sabemos que vamos enfrentar um rival muito difícil, de muita tradição copeira. Independiente é um time muito competitivo, de muita dinâmica, que trabalha muito bem a criação do jogo e coloca jogadores nas costas da defesa” e finalizou dizendo: “Vamos com a máxima ilusão sabendo que, a melhor maneira ou o que nos aproxima de vencer os jogos é jogando bem e vamos sair ao campo com essa intenção”

 

 

 Ficha Técnica – Libertad (Paraguai) x Independiente:

Data: 21/11/2017.

Horário: 22:15 h, horário de Brasília; 21:15 h horário de Assunção.

Local: Estádio Defensores del Chaco, Assunção, Paraguai.

Arbitragem: Víctor Carrillo (PER).

Libertad: Rodrigo Muñoz; Luis Cardozo, Antolín Alcaraz, Paulo Da Silva, Salustiano Candia; Antonio Bareiro, Sergio Aquino, Ángel Lucena, Jesús Medina; Santiago Salcedo y Oscar Cardozo. Técnico: Fernando Jubero.

Independiente: Martín Campaña; Fabricio Bustos, Alan Franco, Gastón Silva, Nicolás Tagliafico; Nicolás Domingo, Diego Rodríguez Berrini; Maximiliano Meza, Leandro Fernandez, Ezequiel Barco y Emmanuel Gigliotti. Técnico: Ariel Holan.

 

Luiggi Parisi (13 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta