Notícias

Futebol Internacional

Huracan bate o Banfield em noite de homenagem aos heróis de 1973

Huracan

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Equipe de Parque Patrícios bate o Banfield por 3 a 0 em noite de festa em razão da comemoração do 45º aniversário da conquista do Campeonato Metropolitano de 1973

As quatro primeiras rodadas foram desafiadoras para a equipe do Huracán, em razão da mesma ter enfrentado em casa na primeira rodada o River Plate, ficando no empate sem gols dentro de sua cancha, depois na segunda rodada fez uma viagem de 400 km a Mar Del Plata para enfrentar o Aldosivi, onde perdeu por 2 a 1 de virada, em seguida enfrentou o atual campeão argentino Boca Juniors, empatando mais uma vez sem gols em casa e em seguida na quinta rodada viajou 1200 km para San Juan, onde enfrentou o San Martin de San Juan, vencendo por 2 a 1.

A noite foi de festa, pois a equipe do Huracán comemorou 45 anos da conquista do Campeonato Metropolitano de 1973, que serviu de base para formação de elenco das seleções da Argentina nas copas de 1974 e 1978 onde se sagrou campeã nacional contando com ex-ídolos do clube como o técnico Cesar Luis Menotti e Miguel Angel Brindisi.

El plantel campeón del Metropolitano 73: Menotti a la cabeza, René, Brindisi, Babington, Fatiga, Basile, Larrosa... ¡Equipazo! (Prensa Huracán).
Lendário time campeão metropolitano de 1973 tendo jogadores de extrema importância para o Futebol Argentino nas copas de 1974 e 1978

O jogo

Comemorações a parte, a partida começou intensa para as duas equipes , Darío Cvitanich cobrou uma falta no travessão aos 16 minutos.

O placar foi aberto por Lucas Gamba, após cruzamento de Cristian Chimino. O marcador poderia ser aumentado por Andrés Chaves, que teve a oportunidade de cobrar uma penalidade marcada após o jogador do Banfield, Jorge Rodríguez, colocar a mão na bola. Porém, o goleiro Arboleda defendeu.

Durante o intervalo foram feitas as respectivas homenagens aos jogadores campões metropolitanos de 1973. Participaram do evento os jogadores Miguel Ángel Brindisi, Daniel Buglione, Edgardo “Pachanga” Cantú, Jorge “Lobo” Carrascosa, Francisco Del Valle, Alberto Fanesi, Jésica y Diego, representando seu pai, René Orlando Houseman, Adolfo Keurikián, Omar Larrosa, Francisco Lavoratto, Carlos Leone, Miguel Ángel Leyes, Rubén Ríos, Héctor “Pichín” Roganti, Alfonso Roma, Francisco “Fatiga” Russo, José Scalise, Julio Tello e o treinador da época César Luis Menotti.

Parte do elenco que participou da conquista do campeonato metropolitano de 1973

No segundo tempo, aos 25 minutos em jogada pela esquerda, Carlos Araújo cruzou a bola para Carlos Auzqui, que acertou um chute no canto esquerdo, sem defesa para o goleiro Arboleda, ampliando o placar para 2 a 0.

Aos 47 minutos, o colombiano Andrés Roa recebeu belo passe em distância de Iván Rossi, aplicou um lindo drible de corpo no goleiro e fechou o jogo em 3 a 0.

Roma
Clique na imagem para acessar o site

Ficha Técnica da Partida

Huracán: Marcos Díaz; Cristian Chimino, Saúl Salcedo, Omar Aldererte, Carlos Araujo; Carlos Auzqui (Walter Pérez), Iván Rossi, Israel Damonte, Andrés Roa; Lucas Gamba (Mauro Bogado) e Andrés Chávez (Juan Fernando Garro). Técnico: Gustavo Alfaro

Banfield: Mauricio Arboleda; Rodrigo Arciero, Renato Civelli, Jorge Rodríguez, Adrián Sporle; Emanuel Cecchini (Nicolás Silva), Enzo Kalinski, Luciano Gómez (Juan Pablo Álvarez), Nicolás Linares, Jesús Dátolo (Marcelo Torres) y Darío Cvitanich. Técnico: Júlio Falcioni

Cartões Amarelos: Omar Alderete, Iván Rossi e Christian Chimino (Huracán); Nicolás Linares e Jorge Rodriguez (Banfield)

Árbitro: Pablo Echavarría

Estádio: Tomás Adolfo Ducó

 

 

 

cassrocha@hotmail.com (20 Posts)

CARLOS ANDRÉ ROCHA - Paulistano da gema, Engenheiro Metalurgista de Formação, Professor de Matemática e Física, Torcedor do São Paulo desde criancinha e torcedor do Club Atlético Huracán desde 2009,"Grande no se hace, grande se nace"!


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta