Notícias

Futebol Internacional

Hamburgo: Como foi 2016 e o que esperar para 2017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Saiba tudo o que ocorreu e o que pode ocontecer com o incaível na atual temporada

Não é de hoje que o Hamburgo sofre para permanecer na elite do futebol alemão. A cada temporada que se passa, a primeira queda do clube parece se aproximar ainda mais, mas o time sempre consegue escapar, seja fugindo nas últimas rodadas ou passando pelos temidos play-offs.

Parece que o investimento feito em jogadores como Halilovic, Kostic e Douglas Santos não mudou muito a situação do clube, que continua no mesmo roteiro de algumas temporadas atrás, naquela zona que leva para os play-offs, a décima sexta posição, com apenas 13 pontos conquistados em 16 partidas (3 vitórias, 4 empates e 9 derrotas). Por várias rodadas, a equipe deteve o pior ataque e a pior defesa da competição. Derrota atrás de derrota, chegavam a afundar de vez na lanterna, e todos se atreviam a dizer: agora não tem jeito, o Hamburgo será rebaixado.

Nada disso, a equipe reagiu depois da décima rodada (quando tomou 5 a 2 do Borussia Dortmund em casa, com show de Aubameyang, marcando 4 gols na ocasião), e subiu consideravelmente na tabela. Primeiro, veio uma sequência de dois empates: um 2 a 2 contra o invicto Hoffenheim (fora de casa), e outro empate também em 2 a 2, desta vez conquistado em casa, diante do Werder Bremen. Depois dos dois pontos conquistados, a equipe engatou uma série de duas vitórias seguidas. A primeira foi conquistada contra o Darmstadt, fora de casa, por 2 a 0, e a última diante de sua torcida, onde bateu o Augsburg por 1 a 0. A sequência de quatro jogos invicto foi quebrada em um confronto diante do Mainz 05 na Coface Arena, onde perdeu por 3 a 1, de virada. Após aquela rodada, a última partida da equipe no ano foi em sua casa, frente ao Schalke 04. Naquela ocasião, os incaíveis bateram os azuis reais pelo placar de 2 a 1, com direito a dois gols do atacante norte-americano Bobby Wood.

A equipe tem vários destaques individuais, uma delas é o jovem atacante austríaco, Michael Gregoritsch, que detém a segunda melhor nota média do elenco, junto com o meio-campista Lewis Holtby (ambos com 6.81). A artilharia da equipe é dividida entre Bobby Wood e Nicolai Müller, ambos com 4 gols, enquanto Holtby lidera o ranking de assistências do plantel, somando 3 no total. Na parte defensiva, o mais regular é o brasileiro Douglas Santos, com uma média de impressionantes 4 desarmes e 2.7 interceptações por jogo. Além deles, outros jogadores também merecem elogios, como Kostic, Halilovic, Aaron Hunt, Sakai e o experiente goleiro Rene Adler.

O Hamburgo foi prejudicado pela janela, com duas perdas no setor da zaga, negociou o zagueiro brasileiro Cléber com o Santos, e acabou dispensando Spahic. Para tentar suprir o lugar dos dois, o clube já anunciou o zagueiro Mergim Mavraj, um dos destaques do Colônia, e tenta a contratação de Neven Subotic, do Borussia Dortmund.

Com o elenco que tem em mãos, pelo menos no papel, o técnico Markus Gisdol deve cumprir o objetivo de permanecer na elite. A equipe volta a jogar pela Bundesliga no dia 21 de janeiro, em partida dificílima contra o Wolfsburg, na Volkswagen Arena.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta