Notícias

Futebol Internacional

Guia da Libertadores da América 2017: Grupo 8

Grupo 8

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Zamora, Iquique, Guarani e o brasileiro Grêmio; a análise do grupo 8 da Conmebol Libertadores Bridgestone.

O Grêmio pode ter ganho um “presente dos deuses”, com o grupo considerado o mais fraco em relação aos times brasileiros, mas nem tudo são flores, confira a análise detalhada dos participantes do grupo 8 e como esses adversários podem tornar-sem um “presente de grego” e fazer o clube gaúcho abrir o olho.

Deportes Iquique (Chile)

O clube chileno fundado em 1978, manda seus jogos no Estádio Tierra de Campeones com capacidade para dez mil pessoas, chega na Libertadores após um vice campeonato Apertura, ficando atrás apenas da Universidad Católica, conseguiu sua classificação após um jogo emocionante contra o Audax Italiano, no qual venceu de virada pelo placar de 2-1.

  • Principais jogadores: os “Dragões Celestes” como são conhecidos no Chile, contam com três jogadores que se pode destacar, o meia argentino de 31 anos, Luis Bustamante, com passagens por vários clubes argentinos, o meia está no clube chileno desde 2015, onde marcou 9 gols em 40 partidas disputadas. O atacante chileno de 24 anos Álvaro Ramos, desde sua juventude joga no Iquique, mas começou a ganhar chances com a chegada do técnico Jaime Vera, em 2015, o atacante de velocidade com apenas 1,67 de altura, marcou 15 gols em 76 partidas disputadas. O outro jogador trata-se do experiente atacante de 36 anos, Manuel Villalobos. Está no clube chileno desde 2013 onde já é o maior ídolo da história do clube e marcou 77 gols.
  • O técnico: o técnico da equipe é o ídolo do Colo-Colo, Jaime Vera. Com Vera no comando, o Iquique conseguiu sua segunda classificação para a Libertadores na sua história, é praticamente unanimidade na torcida, chegou ao clube ainda em 2015 .
  • Pontos fortes: o acanhado estádio, a experiência e o entrosamento do time, a velocidade de seu ataque e poder escolher para jogar no estádio Zorros Del Desierto, em Calama, com altitude de 2 mil e 500 metros, ( o clube fez um acordo para jogar apenas contra o Grêmio neste estádio).

Zamora (Venezuela)

Fundado em 1977 e acabou em 1999, foi refundado em 2002, onde o dono comprou o Atlético San Cristóbal e passou a ser nomeado de Zamora FC, o clube da cidade de Barinas, manda seus jogos no Estádio Agustín Tovar detentor de 3 títulos do campeonato venezuelano, o time vai apenas para sua quarta participação na Libertadores, onde nessa, nunca avançou a fase de grupos da competição, conseguiu sua classificação após ser campeão venezuelano.

  • Principais jogadores: os destaques  do time, Blanco e Soltedo foram negociados na última janela, indo ao Mineros de Guayana e Huachipato, respectivamente. O maior destaque do time fica por conta do meia venezuelano de 24 anos, Pedro Ramirez, com 1,65 de altura, é bastante rápido e habilidoso.
  • O técnico: Francesco Stifano, tem apenas 36 anos, venceu todos os títulos nacionais possíveis com o Zamora, tanto na categoria de base como no profissional, tem 95 dirigindo a equipe principal do Zamora, com 49 vitórias, 24 empates e 22 derrotas.
  • Pontos fortes: Estádio acanhado, time que usa muito as beiradas do campo e explora muito a velocidade de seus meias.

Guaraní (Paraguai)

O carrasco do Corinthians em 2015 tenta surpreender a todos novamente, dessa vez no Grupo 8 da Libertadores, com 16 participações na competição, a melhor campanha do clube foi em 2015, quando caiu para o River Plate, já na semi-final. O clube fundado em 1903 manda seus jogos no pequeno estádio Rogelio Livieres, com capacidade para apenas 8 mil pessoas, mas na Libertadores, costuma utilizar o estádio Defensores Del Chaco.

  • Principais Jogadores: O centroavante uruguaio Rodrigo López, foi o grande destaque do time no Clausura, que garantiu a vaga do time na Libertadores, anotando 10 gols em 35 jogos, outro destaque do time é o zagueiro Julio César Cáceres, de 37 anos, já teve passagem pelo Brasil, onde jogou no Atlético Mineiro.
  • O técnico: O argentino Daniel Garnero, de 47 anos, tem uma carreira apagada como técnico, conquistou apenas um título, a copa Suruga Bank, quando treinava o Arsenal de Sarandí (2008)
  • Pontos fortes: O clube é muito conhecido no Paraguai por revelar jogadores, mas não parece ser isso que vai acontecer na Libertadores, o clube está investindo muito na experiência  de seus atletas, tanto é que a média de idade do time é de 31 ano. É um time forte na bola aérea e sua apaixonada torcida empurra o time o jogo todo

Grêmio 

O clube gaúcho vai para sua 17ª participação na competição, manda seus jogos na Arena do Grêmio, com capacidade para 55 mil torcedores, o clube busca seu terceiro título da competição, venceu em outras duas oportunidades contra o Penarol (1983) e contra o Atlético Nacional (1995) e foi vice campeão em outras duas oportunidades, jogando contra o Independiente (1984) e contra o Boca Juniors (2007) . Conseguiu sua classificação para a Libertadores, sendo campeão da Copa do Brasil em 2016, enfrentando o Atlético Mineiro na final.

(Foto: Divulgação/ Zero Hora) Grêmio – Grupo 8
  • Principais jogadores: O Grêmio manteve a base do time campeão da Copa do Brasil, podemos dar ênfase a Pedro Geromel, zagueiro titular e incontestável; Luan, atacante, principal joia Gremista dos últimos anos e esperança de criação de oportunidades; Miller Bolaños, o equatoriano chegou ainda em 2016, sendo a esperança para a Libertadores do mesmo ano, mas parece que levou um tempo de adaptação e está finalmente conseguindo jogar o esperado pela torcida gremista em 2017; Lucas Barrios, a principal contratação para 2017, o atacante aceitou reduzir drásticamente seu salário para jogar no clube gaúcho, foi recebido no aeroporto Salgado Filho por mais de mil gremistas, e é a esperança de gols da torcida. O clube também está próximo de anunciar Gaston “La gata” Fernandes, da Universidad de Chile, é provável que o anúncio ocorra até dia 07/03.
(Foto: Divulgação/ Zero Hora) Grêmio – Grupo 8
  • O técnico: O clube após muitas negociações, renovou com o técnico Renato Portaluppi, considerado a grande injeção de ânimo no elenco para a conquista da Copa do Brasil. Manteve a “herança” deixada por Roger Machado no time, pretende dar a sua cara para o time nesse ano, colocando um centroavante fixo na área (Lucas Barrios).
  • Pontos Fortes: Ao que tudo indica, o clube gaúcho parece ser a principal força do grupo, tem tudo para fazer uma boa fase de grupos. A animação da torcida para o ano, que promete casa cheia para os jogos da Libertadores; os diferenciais de Miller Bolaños e Luan; o casamento perfeito da zaga entre Geromel e Kannemann, que deu muito certo em 2016 e a tradição do clube na competição.
  • Grupo 8
    Clique na imagem para acessar o site
suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta