Notícias

Sem categoria

Guia do Campeonato Brasileiro 2017 – Botafogo

BOT

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Confira um pouco sobre a história do Botafogo no Campeonato Brasileiro e como a equipe virá para a competição em 2017

O Glorioso inicia a disputa a edição 2017 do Brasileirão com a cabeça voltada para outra competição: a Libertadores da América. Após arrancada no último campeonato, em que o time liderado por Jair Ventura saiu da zona de rebaixamento e se classificou para a Pré-Libertadores, o Botafogo está focado em conquistar um título que ainda não faz parte da história do clube.

Em 2016, o clube começou o campeonato sendo comandado por Ricardo Gomes. Devido aos resultados ruins, Jair Ventura, filho do craque Jairzinho, assumiu o time, sob desconfiança e rebaixamento decretado por muitos jornalistas. No entanto, após a chegada de importantes jogadores, a inteligência do treinador e uma casa “emprestada” (vale lembrar que o estádio Nilton Santos estava sob o comando da Prefeitura para os Jogos Olímpicos) que se tornou um caldeirão, o Botafogo chegou à quinta posição na tabela, surpreendendo a todos e calando os críticos.

Destaques

Entre os destaques da equipe, podemos destacar o atacante Sassá. Uma das maiores promessas do clube, o jogador tem acumulado participações importantes nos jogos da Libertadores e do Carioca, com assistências, gols e “sassarradas”, sua comemoração após a bola estufar a rede. O jovem desperta o interesse do CSKA, clube russo, porém, o Botafogo deve agilizar a renovação nos próximos dias.

Outro destaque é o goleiro Gatito Fernández, que chegou ao clube para ocupar o lugar do então titular Sidão. Após demonstrar insegurança em algumas partidas, o jogador caiu nas graças da torcida após defender três pênaltis em partida válida pela Pré-Libertadores. Mesmo com a volta do goleiro Jefferson, ídolo alvinegro, é possível que Jair não pense em tirar a titularidade de Gatito.

Comandante

Talvez o maior destaque de todos seja o treinador Jair Ventura. Após driblar toda a insegurança vinda da imprensa e da torcida, o técnico obteve êxito em sua primeira experiência com um time profissional, ao levar a equipe do inferno ao céu. No caso, para a Libertadores. Seu grande desafio em 2017 será conseguir equilíbrio entre três competições: o Brasileirão, a Copa do Brasil e a almejada Libertadores.

Chegadas:

Guilherme (A, Grêmio), Gatito Fernández (G, Figueirense), Montillo (M, Shandong Luneng – China ),João Paulo (V, Santa Cruz), Igor Rabello (Z, Náutico – retorno de empréstimo), Roger (A, Ponte Preta), Fernando Constanza (LAD, base), Wenderson (M, base) e Igor Cássio (A, base).

Saídas:
Alemão (LAD, Internacional), Neílton (A, São Paulo), Sidão (G, São Paulo), Anderson Aquino (A, Figueirense), Luis Henrique (A, Atlético Paranaense) e Diogo Barbosa (LAE, Cruzeiro).

Melhor colocação: Campeão (1968 e 1995)

Última edição: Quinto lugar

Time Base (4-4-2): Gatito Fernández, Emerson Santos (Fernandes), Joel Carli, Emerson Silva e Víctor Luís; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Guilherme), João Paulo (Montillo) e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá).

Craque do time: Montillo

Expectativa: Título

Gabriela de Oliveira (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta