Notícias

Sem categoria

Em ascensão, Fluminense recebe pressionada Chapecoense no Rio

fluchape

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Invicto há três partidas no Brasileirão, Flu busca o G4 contra uma Chape em turbulência na competição nacional

Às 20h dessa segunda-feira (03), o Fluminense encara a Chapecoense no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ) em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

O tricolor carioca ocupa atualmente a oitava posição na tabela, com 15 pontos ganhos. Em sua última partida disputada no Brasileirão, o Fluminense empatou, fora de casa, contra o São Paulo, no placar de 1 a 1. A Chapecoense está na 13ª posição, com 13 pontos conquistados. Na décima rodada da competição, o Verdão foi superado em casa, pelo Atlético MG, pelo placar de 1×0.

Subir na Tabela

Esse é o objetivo do Fluminense nessa rodada do Brasileiro. Após três partidas de invencibilidade na competição (dois empates e uma vitória), o tricolor quer aproveitar a boa fase de seus atacantes e conquistar mais um triunfo em seus domínios. Vivendo uma crescente na Série A, e vindo de uma convincente vitória na Sul-Americana frente ao Universidad de Quito (4 a 0), o Flu tem confiança de sobra para a partida dessa segunda.

Para superar a Chapecoense, a equipe carioca lutará contra um incômodo tabu: nunca venceu a equipe catarinense na competição nacional. Em seis partidas disputadas entre as duas equipes, são 5 vitórias da Chapecoense e 1 empate. O fato ainda mais curioso é que nos três jogos disputados no Rio de Janeiro, foram três vitórias do Verdão.

E para buscar o resultado positivo, o Fluminense pode ter um desfalque importante para a partida; trata-se do artilheiro do Brasileirão, Henrique “Ceifador” Dourado. Com 9 gols em 10 partidas, o atacante é dúvida após um diagnóstico de edema no púbis, fato que o fez ser substituído no jogo frente ao Universidad de Quito, oportunidade em que marcou dois gols. Se não puder atuar, a tendência é que Pedro seja o substituto na posição.

Henrique Dourado fez trabalho físico na academia do CT do Fluminense (Foto: Nelson Pérez - Divulgação)
Dourado focou na recuperação física para o jogo frente a Chapecoense (Foto: Nelson Pérez/Divulgação/Fluminense)

Nas demais posições, a equipe deve ser a mesma que entrou em campo pela Sul-Americana. Desfalque certo é no banco de reservas. O meia Luquinhas, que estreou na equipe profissional do Flu está entregue ao departamento médico após estiramento muscular de grau 2 na coxa esquerda.

Voltar a vencer

Se pelo lado do Fluminense o clima é de otimismo pela boa fase vivida pela equipe, na Chape, o clima é de apreensão pelos últimos resultados do time. Nas últimas seis partidas disputadas no Brasileirão, o Verdão perdeu cinco e venceu apenas uma (contra o Vasco, em casa). No último compromisso disputado pela equipe catarinense, na Sul-Americana, frente ao Defensa y Justicia, o técnico Vágner Mancini fez mudanças e fortaleceu o meio campo da equipe, com a entrada do volante Lucas Marques. A Chape teve melhora defensiva, mas acabou cedendo o gol da vitória aos argentinos aos 49 minutos do segundo tempo.

Para o jogo dessa segunda-feira, o comandante alviverde promove mais uma mudança na equipe titular. Na lateral direita, Diego Renan será o substituto de Apodi, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Com a mudança, o Verdão perde em força ofensiva, mas ganha em marcação. Outras dúvidas pairam em relação a zaga titular que entrará em campo contra o Fluminense. Nas últimas partidas, Mancini tem alternado as duplas de zaga, buscando consistência na proteção. A tendência é a manutenção da dupla Fabrício Bruno e Grolli, que atuaram bem na Sul-Americana.

Diego Renan será titular no Verdão (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Outro desfalque certo na equipe da Chape é o meia Neném. Com lesão na coxa, o jogador está entregue ao departamento médico sem previsão de volta. Nas demais posições, a Chape deve ser a mesma que enfrentou o Defensa y Justicia.

Reforços

Pressionada pelas más atuações e resultados, a Chape prepara um “pacotão” de reforços para a sequência do Brasileirão. A imprensa equatoriana já dá como certa a transferência do meia atacante Fernando “Chiqui” Guerrero, ex-LDU, que chegaria para suprir a saída de Niltinho, que está acertando sua ida ao Atlético Goianiense. Pouco aproveitados no Sport, o meia Marquinhos (ex-Cruzeiro e Inter-RS) e Leandro Pereira (ex-Palmeiras) estariam perto de acerto com o Verdão, embora o diretor João Carlos Maringá não confirme as negociações.

Fernando ‘Chiqui’ Guerrero, a un paso de Chapecoense
Chiqui Guerrero (Foto: Portal El Universo)
Marquinhos não viveu bom momento no Sport nesta temporada (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Marquinhos (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

 

 

 

 

 

 

 

 

Leandro e Ricardo Conceição (Foto: Diego Carvalho/Aguante/Chapecoense)
Leandro já atuou no Verdão em 2014 (Foto: Diego Carvalho/Aguante/Chapecoense)

Ficha técnica – Fluminense x Chapecoense

Data: 03/07/2017

Hora: 20h, horário de Brasília

Local: Estádio Giulite Coutinho – Mesquita (RJ)

Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO), auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

Fluminense: Julio Cesar; Lucas, Reginaldo, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel e Gustavo Scarpa; Marcos Calazans, Henrique Dourado e Richarlison. Técnico: Abel Braga.

Chapecoense: Jandrei; Diego Renan, Fabricio Bruno, Douglas Grolli e Reinaldo; Lucas Mineiro, Lucas Marques e Andrei Girotto; Rossi, Arthur Caíke e Wellington Paulista. Técnico: Vágner Mancini.

Clique na imagem para acessar o site

 

 

 

 

 

 

Derlei Alex Florianovitz (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta