Notícias

+ Esportes

Exclusivo: Giovanni concede entrevista para o Esportes Mais

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Goleiro do Atlético-MG, Giovanni, conversa com o Esportes Mais sobre: sua carreira, conquistas e muito mais

Estamos praticamente no inicio do Campeonato Brasileiro de 2016, mas já ouvimos falar diversas vezes sobre o Atlético-MG nesse curto tempo. O Galo que possui um dos melhores atacantes na história do futebol brasileiro, o Robinho, recentemente contratou o atacante Fred depois de vestir a camisa do Fluminense por 7 anos.

O nosso entrevistado de hoje é o camisa 20 do Atlético-MG, o goleiro Giovanni. Revelado pelo Marília, nascido em Bauru e com passagens por diversos times do brasil, Giovanni possui 29 anos e já obteve diversas conquistas vestindo a camisa do Galo. Vamos para a entrevista?

Arthur Fernandes: Giovanni, você foi revelado pelo Marília, teve passagens pela Ponte Preta e Grêmio Prudente, mas agora atua no Atlético Mineiro. O que esses 3 times, principalmente o Marília, representa para você? O que esses clubes ajudaram em sua carreira profissional?

Giovanni: Os 3 clubes foram importantes na minha carreira. O Marília foi o clube que me formou como goleiro profissional de futebol. Uma história só existe se tiver um início e a minha se iniciou no MAC, onde aprendi não só as coisas básicas de um goleiro mas sim como uma pessoa, pois lá nas categorias de base eu aprendi também a ser uma pessoa responsável e de caráter, que levo isso e sempre levarei para o resto da minha vida. A Ponte Preta foi uma experiência diferente. É um clube de maior expressão e que a cobrança é muito grande dentro dos gramados. Lá cresci também como atleta, pois era um desafio novo e que Deus me ajudou naquela nova fase. Já minha passagem pelo Grêmio Prudente foi muito prazerosa, pois foi minha primeira experiência na Série A e internacional na Sul-Americana, onde consegui fazer grandes partidas e mostrar o meu trabalho para os grandes clubes brasileiros. Por isso, acabei sendo contratado pelo Atlético-MG.

Arthur Fernandes: Você se destacou bastante no Grêmio Prudente. Com isso, despertou o interesse do Flamengo, Internacional, Atlético Mineiro e Benfica de Portugal. Por que você decidiu ir para o Atlético? Por que decidiu ficar no Brasil e não ir para a Europa?

Giovanni: O meu interesse pelo Galo foi devido as partidas que fiz. Existe a mentalidade de conquista de títulos, que eles possuem, e também o projeto que eles me apresentaram para minha carreira. Além disso, eles possuem uma ótima estrutura. Com todo esse suporte, eu sabia que teria a minha evolução profissional.

Arthur Fernandes: No Grêmio Prudente foram 25 jogos disputados em uma temporada. Existe algum momento especial que você tenha vivido no clube?

Giovanni: Acho que as 2 partidas que fiz contra o Atlético-MG, na casa deles, foram para ficar na minha memória.

Arthur Fernandes: Você veste a camisa do Atlético Mineiro desde 2011. Desde então muitos títulos foram conquistados: Campeonato Mineiro (2012, 2013 e 2015), Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014) e a Florida Cup (2016). Muitos títulos, né? Mas qual título é mais especial para você?

Giovanni: Acho que os mais especiais foram o da Libertadores e o da Copa do Brasil, onde vivemos coisas que poucos clubes no mundo irão viver, porque do modo que foi será muito difícil eu ver isso novamente. Se acontecer novamente dessa forma milagrosa, que eu esteja presente novamente!

Arthur Fernandes: Esse ano o Atlético foi para a Flórida Cup. Você gostou do campeonato? Tirando os times brasileiros, qual time te surpreendeu e qual time você gostou?

Giovanni: Achei muito interessante o Schalke 04, pela maneira deles jogarem e de ser a primeira vez em que enfrentei um time europeu. Foi uma novidade para mim!

Arthur Fernandes: O Galo está em busca do título do Campeonato Brasileiro há anos, mas sempre bate na trave. Você acredita que esse ano vem o título? Por que?

Giovanni: Estamos enfrentando muitos problemas agora no início do brasileirão, devido aos desfalques dos nossos principais jogadores. Porém, acredito que estaremos novamente na briga pelo título esse ano, pois temos um dos melhores elencos do futebol brasileiro.

Borussia

Arthur Fernandes: Agora o Fred está no Atlético Mineiro, depois de vestir a camisa do Fluminense por 7 anos. Na sua opinião, você gostou dessa contratação? O que ele poderá acrescentar ao time?

Giovanni: Gostei sim e acho que todo atleticano gostou. O Fred é um centroavante matador nato, que vai dar ainda mais qualidade ao ataque marcando gols decisivos e com isso, também vem a experiência e a liderança em um setor importante dentro de campo!

Arthur Fernandes: Giovanni, muito obrigado por conversar conosco do Esportes Mais, eu e todos os colaboradores te desejamos muito sucesso no Atlético e na sua carreira também. Para finalizar, você gostaria de deixar algum recado para nossos leitores ou para os torcedores do Atlético Mineiro?

Giovanni: Primeiro quero agradecer a Deus e depois a vocês pela oportunidade dessa entrevista. Eu só gostaria de deixar um grande abraço para a massa atleticana, que Deus abençoe a todos e também o nosso Galo.

Borussia

Reportagem: Arthur Fernandes 

Arthur Fernandes (341 Posts)

Arthur Fernandes é carioca, o seu hobby é o aprendizado de idiomas e dialetos, o seu objetivo é superar o máximo de expectativas impostas e torce exclusivamente para o Orlando City.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta