Notícias

Entrevistas

Exclusivo: Com uma vasta experiência na MLS, Paulo Nagamura, faz uma análise de sua carreira

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com passagens em equipes do Brasil, Inglaterra e Estados Unidos, Paulo Nagamura concede entrevista ao Esportes Mais

Paulo Nagamura nasceu em São Paulo, possui 33 anos, atua como meio-campista e atualmente veste a camisa do Sporting Kansas City dos Estados Unidos. Nagamura possui uma vasta experiência no futebol, obtendo passagens pelos seguintes times: São Paulo FC (Brasil), Arsenal (Inglaterra), Los Angeles Galaxy (Estados Unidos), Toronto FC (Canadá), Chivas USA (Estados Unidos), Tigres (México) e Sporting Kansas City (Estados Unidos).

O brasileiro frequentou as categorias de base do São Paulo e Arsenal, entre 1994 e 2004, mas foi revelado pelo Los Angeles Galaxy em 2005. Paulo jogou praticamente toda sua carreira profissional na Major League Soccer, obtendo somente uma passagem pelo Tigres do México, Paulo Nagamura já disputou aproximadamente 251 jogos como profissional e marcou aproximadamente 15 gols. Vamos iniciar a entrevista?

Arthur Fernandes: Paulo, você jogou nas categorias de base do São Paulo. O que esse time representa para você? Caso, um dia você volte a jogar no Brasil você escolheria o São Paulo?

Paulo Nagamura: Com certeza, é uma equipe que representa muito para mim. Foi a equipe que me projetou para o futebol, a equipe que me deu toda base e estrutura para que eu tivesse êxitos no meio futebolístico. Tenho muito carinho pelo clube, espero um dia voltar e repagar tudo que esse clube me proporcionou.

Arthur Fernandes: Ainda nas categorias de base você teve a oportunidade de jogar no Arsenal, que é um dos melhores times do mundo. Como surgiu essa oportunidade? Por que você não foi aproveitado na equipe profissional?

Paulo Nagamura: Essa oportunidade apareceu depois de um torneio que o São Paulo disputou na Holanda, o Torneio do Centenário do Ajax. Nesse torneio nos sagramos campeões, vencendo o Arsenal na semifinal por 4 a 1, creio que fiz um bom torneio fazendo com que houvesse interesse do time inglês. Já no Arsenal a competição por posição era muito grande, haviam jogadores do mundo inteiro e a primeira equipe naquela época era uma máquina, era quase impossível conseguir uma oportunidade com tanta fera.

Arthur Fernandes: Em 2005 você jogou no Galaxy, por qual foi seu primeiro time como profissional, neste ano o Los Angeles jogou muito, como resultado ganhou a US Open Cup, a MLS Cup e MLS Western Conference. Qual foi o momento inesquecível vestindo a camisa do Los Angeles Galaxy? Qual foi a sensação de iniciar sua carreira como profissional ganhando praticamente todos os títulos nacionais possíveis?

Paulo Nagamura: Naquele time do Galaxy um momento inesquecível foi a conquista da MLS Cup em 2005. Ser campeão do double no primeiro ano foi maravilhoso, com certeza, é uma das razões por qual estou nos Estados Unidos até hoje.

Arthur Fernandes: Você teve uma passagem rápida demais no Toronto FC, foram apenas 4 jogos, mas a pouca quantidade de jogos foi devido a sua transferência para o Chivas USA. Sabendo que o  Chivas USA encerrou suas operações em 2014, como foi a sua reação ao saber dessa noticia? Qual foi a importância desse clube em sua carreira?

Paulo Nagamura: Fiquei muito triste quando acabaram com o Chivas USA. Apesar de não ter conquistado nenhum titulo importante com a equipe, tive uma bela passagem pelo clube e fiz muito amigos. Foi uma pena, mas aqui às vezes o business e o futebol correm lado a lado.

Arthur Fernandes: Em 2010 você foi negociado para o Tigres, um dos melhores times do México e que recentemente contou com a presença de Rafael Sóbis em seu elenco. Como foi viver a experiência do futebol mexicano? Quais as diferenças do futebol estadunidense para o futebol mexicano?

Paulo Nagamura: Uma experiência única. O Tigres é uma equipe de muita tradição no México. Infelizmente na época que assinei com o  Tigres, a equipe estava brigando para não cair e a relação com torcedores não era das melhores, mas mesmo assim todo jogo em casa tínhamos 45 mil pessoas. Uma paixão muito parecida com a brasileira. O futebol é mais técnico mas menos físico que o americano, por isso, a adaptação não foi tão difícil.

Arthur Fernandes: Atualmente você está no Sporting Kansas City, clube por qual defende desde 2012, onde ganhou a MLS Cup e US Open Cup novamente em sua carreira. Como é a sua relação com os demais jogadores? Como você avalia toda trajetória no time?

Paulo Nagamura: Aqui no Sporting tenho uma relação muito boa com jogadores, temos um grupo que está a mais de 4 ou 5 anos  juntos e que conquistou 3 grandes troféus em 4 anos. Acredito que esses 4 anos no Sporting, fizeram com que eu me solidificasse ainda mais na MLS e hoje não me vejo jogando por outra equipe que não seja o Sporting, na Major League Soccer. Me identifiquei muito com o clube, a cidade , a torcida e o mais importante, minha família está muito feliz aqui.

Arthur Fernandes: O Sporting Kansas City está brigando por pontos na tabela, com o objetivo de se classificar para os playoffs. Você acredita em uma possível classificação?

Paulo Nagamura: Claro, acredito sim! A temporada é longa e com o sistema de playoffs tudo pode mudar com 3 resultados positivos. Nossa equipe está no bolo e ainda faltam muitos jogos, tem muitos pontos na mesa ainda.

Arthur Fernandes: Sobre seu futuro, você já pensou como será os seus últimos anos de carreira? É possível esperar uma aposentadoria na MLS? Quais os seus planos?

Paulo Nagamura: Bom, acredito que ainda jogarei 1 ou 2 anos. É possível uma aposentadoria na MLS, mas nunca se sabe né? Estou me preparando para carreira pós-atleta, já comecei a fazer cursos de gestão esportiva e pretendo estar no meio do futebol por muito tempo ainda. Gostaria muito de ajudar o futebol brasileiro a se modernizar e evoluir.

Vitória

Arthur Fernandes: Nagamura, muito obrigado por conversar conosco do Esportes Mais, eu e todos os colaboradores lhe desejamos bastante sucesso em sua carreira e no Sporting Kansas City. Para finalizar, você gostaria de deixar alguma mensagem para os torcedores do Kansas City?

Paulo Nagamura: Muito obrigado Arthur e pessoal do Esportes Mais, foi um prazer conversar com você, espero que continuem acompanhado o Sporting Kansas City e a Major League Soccer no Brasil. Saudações para toda torcida do Sporting Kansas City e torcedores do Sporting Kansas City no Brasil. Um grande abraço!

 

 

suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta