Notícias

+ Esportes

Especial times da Flórida: Entrevista com Roberto Linck

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Conheça um pouco mais sobre o Miami Dade, um dos pioneiros do futebol em Miami.

Miami Dade FC foi fundado em 2013 através do Grupo Linck, que é um grupo de investidores, o patrocinador master do clube é o Ginga Scout e o Miami Dade é um time referência para o desenvolvimento de jogadores.

A reportagem de hoje, será uma entrevista com o CEO (Chief Executive Officer; em português Diretor Executivo) e fundador do Miami Dade. O CEO tem uma boa experiência dentro de campo como jogador, fora de campo como empreendedor é um exemplo e esta pessoa é o Roberto Linck.

Roberto Linck tem apenas 27 anos, é o CEO, jogador e um dos fundadores do Miami Dade, o jovem empreendedor também tem sociedade com o Grupo Linck, é fundador do Ginga Scout e também é jogador de futebol. Roberto nasceu em Cachoeira do Sul (Rio Grande do Sul) no Brasil, mas atualmente mora na cidade de Miami (Flórida) nos Estados Unidos. Vamos inciar a entrevista?

Arthur Fernandes: Roberto, o Miami Dade FC é um time muito novo e que vem tendo sucesso junto aos times da cidade. Como surgiu a ideia e a oportunidade de fundar o Miami Dade FC?

Roberto Linck: A ideia surgiu depois de eu acompanhar o projeto do Fenway Group, na compra do AS Roma. Decidimos a cidade de Miami, porque na época não existia nenhum clube aqui e achamos que seria um mercado muito forte de futebol, em um futuro próximo.

Arthur Fernandes: Você no passado tentou ser jogador de futebol, em países como: Brasil, Estados Unidos, Romênia, Suécia, Holanda e Itália. O que aconteceu para você abandonar a carreira de jogador naquela época e se tornar um empreendedor?

Roberto Linck: Muitas lesões. Em 2011, depois que quebrei a perna, decidi parar de jogar futebol e só voltei aos gramados em 2014. Durante esse tempo que eu fiquei parado, comecei a trabalhar como intermediador de jogadores e vivia uma vida nômade, viajando todas as semanas, até que eu decidi morar em Miami e botar as raízes aqui.

Arthur Fernandes: Você é proprietário e jogador do Miami Dade FC, possui o Grupo Linck que é uma sociedade de investimentos e é fundador do aplicativo Ginga Scout. Qual o papel do Ginga Scout como patrocinador do Miami Dade FC?

Roberto Linck: Quando abrimos o clube, fechamos um contrato com a Ginga Scout de 3 anos, como patrocinador principal. O Ginga Scout facilita nossos treinadores a selecionar jogadores do mundo inteiro, fora isso, existe uma ferramenta dentro do software chamado “My Network”, que ajuda a administrar o nosso clube internamente.

Arthur Fernandes: Roberto, quais os objetivos do Miami Dade FC dentro e fora de campo para esta temporada?

Roberto Linck: Fora de campo, nós estamos focados na construção da sede do nosso clube, na inauguração das nossas escolhinhas agora em maio e também estamos estudando a possibilidade de jogar algum torneio internacional. Dentro de campo, o nosso objetivo é ganhar a NPSL e ganhar uma vaga na US Open Cup de 2017.

Arthur Fernandes: Em toda a história do Miami Dade FC, o time jogou apenas 2 amistoso internacional com time Brasileiro, disputou 2 jogos contra o Cruzeiro e perdeu os 2 jogos. Existe alguma possibilidade do time realizar mais algum amistoso com um time brasileiro, quem sabe fazer uma pré-temporada no Brasil?

Roberto Linck: Foi bem movimentado esses 2 anos do clube. Foram mais de 30 eventos, fomos campeões da NAL e disputamos um torneio internacional na Colômbia, onde recebemos um prêmio das Nações Unidas pela paz. Quando jogamos contra o Cruzeiro, nosso clube tinha apenas 30 dias de vida e foi uma experiência incrível. Estamos estudando a possibilidade trazer um time brasileiro, neste verão, para os Estados Unidos e assim realizar um amistoso.

Arthur Fernandes: O Miami Dade FC já recebeu alguns brasileiros em sua equipe, um deles foi o Rodrigo Alvim que é conhecido no Brasil por jogar no Flamengo. Em geral, como é o rendimento dos jogadores brasileiros no time?

Roberto Linck: Tivemos 2 jogadores brasileiros conhecidos no time: o Rodrigo Alvim e Kerlon “foquinha”. Os dois jogaram muito bem, o Rodrigo nos ajudou a ser campeões na primeira temporada e o Kerlon nos ajudou na segunda temporada, o rendimento em geral tem sido muito bom.

Arthur Fernandes: O ex-jogador Emerson Rosa, que tem passagem pelo Milan, Roma, Juventus, Real Madrid e muitos outros, atualmente integra a equipe executiva do Miami Dade FC. Qual a função dele no clube e qual é a sua importância para o Miami Dade?

Roberto Linck: O Emerson, hoje faz parte da nossa diretoria e está nos ajudando a estruturar o clube. Ele é muito valioso para nós , por toda sua experiência dentro do futebol e acredito que vamos fazer muitos projetos com ele, aqui nos Estados Unidos. Logo vamos anunciar alguns!

Arthur Fernandes:  Como é a relação da comunidade local com o time? Eles costumam apoiar o clube em todos os jogos?

Roberto Linck: O nosso clube vem fazendo vários projetos sociais, junto com a Soccer Mission (Charity Group). Por exemplo: No natal, os nossos jogadores fizeram mais de 250 presentes e doamos para o orfanato local, no Thanksgiving (Dia de ações de graças) nós recolhemos centenas de moradores de rua e preparamos comida para todos. Miami ainda não tem uma tradição de apoio com clubes locais, mas estamos fazendo de tudo para mudar isso, criar essa tradição e ter a comunidade nos apoiando nos nossos jogos.

Arthur Fernandes: Como é o processo dos tryouts do Miami Dade FC, quando é realizado os tryouts e qual é a média de jogadores participantes nas seletivas?

Roberto Linck: Nós organizamos um tryout aberto por ano, geralmente em Março ou Abril, mas sempre recebemos jogadores durante a temporada através do Ginga Scout e ano passado foram entorno de 350 jogadores, que fizeram teste no nosso clube.

Arthur Fernandes: Roberto, muito obrigado por aceitar conversar conosco do Esportes Mais, eu e toda a equipe do Esportes Mais te desejamos muito sucesso na sua carreira como jogador e como empreendedor. Para finalizar, você gostaria de deixar algum recado para nossos leitores ou para os torcedores do Miami Dade FC?

Roberto Linck: Gostaria de agradecer a todos, que vem nos acompanhando nas redes sociais nesses últimos 2 anos. Tem sido uma experiência incrível, já passamos por vários tipos de momentos: bons, ruins, difíceis e felizes. Nós nunca sabemos como vai sercada ano, mas isso tudo faz parte desse bussiness louco, que é o futebol. Quem estiver em Miami, eu convido para vir conhecer as nossas estruturas, nosso elenco e por último vir torcer junto com a gente em uma partida. Um grande abraço a todos da nossa família do Miami Dade FC.

Convidamos vocês para ler a próxima matéria do especial times da Flórida, no dia 16/05/2016 e falaremos sobre o FC Miami City.

Reportagem de: Arthur Fernandes

Arthur Fernandes (341 Posts)

Arthur Fernandes é carioca, o seu hobby é o aprendizado de idiomas e dialetos, o seu objetivo é superar o máximo de expectativas impostas e torce exclusivamente para o Orlando City.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta