Notícias

Futebol Internacional

Especial: Os campos do Independiente – desde La Paternal até o LDA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Club Atlético Independiente, já mandou seus jogos por algumas “canchas” ao longo da grande Buenos Aires, confira quais são esses campos

O Primeiro Campo – Flores Norte (hoje La Paternal) – 1905

O primeiro dos campos do Independiente foi em Flores Norte, hoje onde se encontra o bairro de La Paternal, região centro-noroeste de Buenos Aires. Atualmente este local está a poucos metros do Estádio Diego Armando Maradona, do Argentinos Juniors.

Os próprios fundadores ficaram encarregados da construção do campo. Eles delimitaram as medidas do campo, nivelaram o terreno e armaram os gols com troncos de árvores. Para guiar os visitantes colocaram uma placa com os dizeres: “Al field del Independiente Foot-Ball Club” (Ao campo do Independiente Foot-Ball Club – nome do time na época)com uma mão estendida, guiando a direção.

O primeiro jogo registrado neste campo foi contra Almirante Togo, no dia 19 de Março de 1905. A partida foi suspendida por alguns incidentes, quando o Independiente ganhava por 1-0. O Rojo disputou 25 partidas nesse campo, ganhando 12, perdendo cinco, empatando quatro, um foi suspenso, e se desconhece os resultados dos outros três.

O Segundo Campo – Flores Norte – 1905

O Independiente foi obrigado a mudar seu local de jogo, pois no local do primeiro campo iniciaram a construção da rua Camarones. Então os Diablos Rojos se mudaram para um novo lugar a 5 quadras do primeiro. Essa mudança de certa forma foi positiva, já que o acesso á esse campo era mais fácil, assim facilitando a entrada de espectadores.

A estadia do Independiente neste local foi só para preencher as linhas da história. Em Dezembro do mesmo ano abandonaram o lugar.

 

O Terceiro Campo – Recoleta – 1906

Para conseguir cumprir os requisitos da associação de futebol na época, o Independiente nomeou uma subcomissão, que conseguiu um aluguel na área. Assim o Independiente conseguiu se filiar á Argentine Football Association. Mas depois de todo esse esforço, a federação não aprovou o local, devido ás péssimas condições de jogo. E mais uma vez, os Rojos tinham que buscar uma nova casa.

Campos
Clique na imagem para acessar o site

O Quarto Campo – La Paternal – 1906

A comissão decidiu que já não tinha mais porque continuar pagando o aluguel do campo anterior. Então foi inaugurado um novo local de jogo, mais alto para não haver inundações, como havia no primeiro campo. Ali o Independiente jogou apenas 15 partidas.

O Quinto Campo – Crucecita, Avellaneda – 1907  a 1911

1907, data da mudança para Avellaneda, cidade onde o Independiente se encontra bem instalado até hoje.

Um amigo pessoal dos jogadores, Juan Irigoyen, trouxe a proposta para que eles vissem um pequeno campo em Avellaneda. A comissão então foi avaliar o local, que tinha um bom terreno, todo coberto de grama. Foi feito um contrato de aluguel durante cinco anos. Além do campo de jogo, um prédio na quadra ao lado foi alugado para servir de vestiário e banheiro.

No dia 21 de Abril de 1907 o Independiente disputou a primeira partida oficial de sua história. O jogo foi contra o Club Comercio, que derrotou o Independiente por 3-1. Em 1909, nesse mesmo estádio, foi realizada a primeira partida internacional do Rojo, contra o Bristol de Montevidéu. A ocasião do jogo foi a estreia das arquibancadas do estádio e terminou empatado em 1-1.

O Independiente disputou um total de 36 partidas nesse campo, ganhando 24 e perdendo oito.

Estadio de Crucecita – Crucecita, Avellaneda – 1911 a 1928

Campos
Estadio de Crucecita (FOTO: wikipedia) – campos do Independiente

Os campos anteriores já não condiziam com o tamanho do Independiente, que foi buscar um maior.

Foi feita uma grande festa no dia 9 de Julho de 1911(data de inauguração) e o Rojo venceu o Estudiantil Porteño por 1-0. Os jogos memoráveis nesse campo foram: contra o San Lorenzo em 1923, vencido por 2-0 quando o Independiente se sagrou campeão da Primera División Argentina pela primeira vez. Contra o Racing, aplicando uma goleada por 7-4 em 1927. E no grande jogo contra o Barcelona, no qual o ascendente Rey de Copas ganhou por 4-1 no ano de 1928.

O Estadio de Crucecita sofreu um enorme incêndio na madrugada de 4 de Agosto de 1923, que destruiu completamente suas instalações. Poucos dias depois tudo foi restabelecido e o Independiente voltou a jogar no estádio. Mas em 1928, já era hora de mudar de casa.

La Doble Visera – Centro, Avellaneda – 1928 a 2006

Resultado de imagem para la doble visera campos
La Doble Visera – campos do Independiente

Para esse estádio, poderiam ser feitas inúmeras matérias apenas sobre ele. Qualquer torcedor do Independiente se emociona ao falar da mística Doble Visera, “cancha” na qual o Independiente se transformou em Rey de Copas. Conquistou seus maiores títulos, incluindo as campanhas por suas sete Copas Libertadores, e onde três dessas foram levantadas. Foi nesse estádio onde Bochini deu suas incontáveis aulas de futebol. Foi onde o Kun Aguero fez sua estreia como profissional. Diego Maradona, Pelé, Romário e Johann Cruyff também pisaram nesse templo do futebol mundial.

Voltando a história, por problemas de aluguel no antigo lote o Diablo Rojo decidiu mudar-se mais uma vez, a ideia era ficar em Avellaneda, cidade onde o clube se havia consolidado. A ideia dos dirigentes era a de construir o estádio mais impressionante da América. E com o suporte de todos os sócios do clube e com o projeto do engenheiro Federico Garófalo, ali no centro de Avellaneda soergueu-se o primeiro estádio de concreto de todo o continente americano.

O estádio então, que começou a ser construído em 1925, foi inaugurado no dia 4 de Março de 1928. Na partida inaugural houve um empate entre Independiente e Peñarol por 2-2.

La Doble Visera já foi sede de duas Copas América( 1929 e 1946). Até hoje mantém o recorde de público do Campeonato Argentino, em jogo do Rojo contra o Boca Juniors, contando com mais de 70.000 torcedores no ano de 1954.

No ano de 1961 se inaugurou a Arquibancada Oeste no estádio. A partir desse momento passou a ser conhecida como La Doble Visera.

Em 2007 começou a demolição do campo, o mais histórico dos campos do Independiente. La Doble Visera viria dar lugar a um estádio super moderno, que contamos sobre ele no próximo parágrafo.

Libertadores de America – Centro, Avellaneda – 2009 até a atualidade

Durante a construção do LDA(sigla para Libertadores de America) o Independiente mandou a maioria de seus jogos em três campos: Ciudad de Lanús, também na Zona Sul de Buenos Aires; Tomás Adolfo Duco, do Huracán; e também algumas partidas foram feitas no Cilindro do Racing, localizado a 300 metros do LDA, na mesma rua, a famosa Calle Alsina.

Resultado de imagem para libertadores de america estadio campos
LDA atualmente – campos do Independiente

O nome Libertadores de America foi escolhido em uma enquete, respondida pelos torcedores na internet, que ganhou do outro nome possível: Ricardo Enrique Bochini, maior ídolo do clube. O nome do estádio faz alusão ás sete Copas Libertadores conquistadas pelo Diablo.

O Libertadores de America ainda não está acabado, sua capacidade atual é de aproximadamente 48 mil torcedores. A capacidade chegará a 55 mil lugares. A finalização de suas reformas quanto as arquibancadas, camarotes etc. devem ocorrer ao fim desse ano(2016), depois disso só faltará a instalação do teto na arena. A construção do estádio foi financiada totalmente com os recursos do clube sem nenhuma ajuda dos governos locais.

Uma conquista memorável na história do Libertadores é a Copa Sul-Americana de 2010 frente ao Goiás, na qual o Rojo levou a melhor nos pênaltis.

Resultado de imagem para libertadores de america estadio campos
Projeto do LDA – campos do Independiente

 

Campos
Clique na imagem para acessar o site

 

 

 

 

 

 

 

Paulo Viana (153 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta