Notícias

+ Esportes

Entrevista exclusiva com Rodrigo Bueno, comentarista da FOX Sports

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

ENTREVISTA: O site Esportes Mais entrevistou o comentarista da FOX Sports, Rodrigo Bueno! Confira!

Neste mês de dezembro, entrevistamos o comentarista, ex-ESPN, Rodrigo Bueno, que agora faz parte dos canais FOX Sports. Rodrigo Tadeu Guerra Bueno é um jornalista esportivo e colunista Brasileiro e tem 43 anos de idade! Vamos à entrevista!

 

ESPORTES MAIS: Quem é Rodrigo Bueno?

RODRIGO BUENO: Um cara diferenciado.

ESPORTES MAIS: Em quem você se inspira?

RODRIGO BUENO: Em mim mesmo.

ESPORTES MAIS: Qual foi a sensação de cobrir uma Copa do Mundo?

RODRIGO BUENO: Em 2014, cobri a minha quinta Copa do Mundo, a quarta in loco do primeiro dia até a final. É sempre uma sensação diferenciada, um orgulho, uma satisfação pessoal e profissional.

ESPORTES MAIS: Qual foi o jogo mais emocionante que você comentou/participou?

RODRIGO BUENO: Cobri vários jogos importantes: finais de Copa, Champions League, Eurocopa, Mundial de Clubes e Libertadores. Isso durante muitos anos para a Folha de S. Paulo. Mas um jogo que me marcou muito foi Real Madrid 0 x 4 Barcelona em novembro deste ano no Santiago Bernabéu. Foi uma transmissão exclusiva para o Brasil do “Clássico”, um grande momento para o Fox Sports e para mim. Comentar um jogo desse tamanho in loco com exclusividade tem um peso muito grande, a repercussão foi enorme.

ESPORTES MAIS: Para qual ou quais times/seleções você torce?

RODRIGO BUENO: Nossa, tem uma lista gigantesca. Seleção eu torço mesmo para a Holanda, é a equipe que mais mexe comigo, meu time de futebol preferido. Em clubes, normalmente eu torço em cada país para o de maior tradição internacional: Ajax, Bayern, Benfica, Dínamo de Kiev, Honved, Liverpool, Milan, Peñarol, Real Madrid, São Paulo… O Independiente foi ultrapassado pelo Boca, mas sou Rojo na Argentina, há algumas exceções mundo afora no meu coração. Tenho simpatia por muitos clubes por razões familiares (Galícia, Celta de Vigo, Passense, Juventus da Mooca, Alfenense, Bonsucesso…), por ter gostado de um lugar em alguma viagem (Oita Trinita, Ajax Cape Town, Cienciano, PSG, LA Galaxy…).

ESPORTES MAIS: Na sua opinião, quem irá ser o novo Neymar no Santos?

RODRIGO BUENO: Novo Neymar? O Neymar ainda é novo (risos). Deverá ser algum outro Menino da Vila, parece que a água em Santos é diferenciada.

 –

ESPORTES MAIS: Você acha que a Seleção, mais pra frente, vai voltar a jogar aquele futebol maravilhoso?

RODRIGO BUENO: Para fazer esse futebol, é preciso ter alguns craques. Hoje, o Brasil só tem um. Também é preciso ter um técnico disposto a fazer um futebol mais leve e solto, mais identificado com a essência do futebol brasileiro, um futebol mais romântico. Não há praticamente nenhum técnico brasileiro muito preocupado com a qualidade do jogo, só com o resultado. Assim, creio que vai demorar um bom tempo para a seleção brasileira encantar para valer.

ESPORTES MAIS: Quem é melhor: Maradona ou Pelé, Messi ou Cristiano Ronaldo?

RODRIGO BUENO: Pelé e Messi.

ESPORTES MAIS: Como é trabalhar para os canais Fox Sports?

RODRIGO BUENO: É bem legal, estou desde o início do canal, abracei esse projeto quando nem todo mundo sabia ao certo no que ia dar. E a aposta foi um sucesso. O canal chegou ao Brasil com força, ousadia e mudou o mercado, que estava um tanto quanto acomodado. Renovei meu contrato com o Fox Sports até 2019 numa reunião de uns dois minutos, prova de que eu e o Fox Sports nos curtimos.

ESPORTES MAIS: Você já teve vontade ou quer ser narrador?

RODRIGO BUENO: Nunca tive essa vontade nem tenho talento para isso.

ESPORTES MAIS: Qual time Brasileiro você acha que tem condições de ganhar uma libertadores?

RODRIGO BUENO: Normalmente o campeão brasileiro chega com mais força para a Libertadores. No caso do Corinthians do Tite, que é muito consistente, isso vale bastante. É desde já um dos favoritos. Mas na Libertadores algumas camisas pesam, e todos os outros representantes brasileiros no torneio já foram campeões da disputa (Atlético-MG, Grêmio, São Paulo ou Inter e Santos ou Palmeiras). É preciso respeitar mais os estrangeiros, não achar que só porque o Brasil tem mais grana vai deitar e rolar em cima dos vizinhos. A Libertadores não cansa de dar lições aos times brasileiros que se acham demais.

ESPORTES MAIS: Quais dicas você dá para os futuros jornalistas Esportivos?

RODRIGO BUENO: Estudem muito, informem-se ao máximo. E rezem para o mercado melhorar, pois a situação está caótica.

ESPORTES MAIS: Todos os colunistas do site www.esportesmais.com.br agradecem a sua entrevista! Muito obrigado! E sucesso pra você!

RODRIGO BUENO: Abrááááááço!

Gustavo Ignácio (113 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta