Notícias

Futebol Internacional

El Clasico é a prova de fogo do Barcelona

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Buscando confirmar recuperação da Supercopa, Barça volta ao Bernabéu após 4 meses

O Barcelona é líder do campeonato, está invicto e classificado para as oitavas da Champions. Quem diria? Bom, era 16 de agosto deste ano, e jogavam pela Supercopa da Espanha os dois maiores do mundo. Barcelona e Real Madrid, Real Madrid e Barcelona, para muitos o maior clássico de todos. Os madridistas, haviam conquistado o campeonato e a Europa, já os culés, a modesta Copa del Rey. E o que ficou destes dois jogos foi: o Barça está acabado? Será o fim de uma hegemonia? Bom, veremos…

Naquela semana, três dias antes, as equipes disputaram a partida de ida da final. Realizada no Camp Nou, os visitantes passaram por cima e não tomaram conhecimento do rival, 3 a 1. O primeiro gol dos Blancos foi marcado por Pique, contra, no começo da segunda etapa. Então, com muito custo e um pênalti polêmico, Messi conseguiu empatar para os blaugranas quase no fim. Só que aí a estrela de um craque surgiu, Cristiano Ronaldo, que entrara minutos antes, acertou um chute daqueles inesquecíveis, no ângulo. E, para fechar a conta, no apagar das luzes, Marco Asensio, revelação madridista, acertou outro chutaço e fechou o placar.

Quem perde tão vergonhosamente faz mudanças e…

Uma pergunta: seu time toma um passeio, em casa, do maior rival e o que você não faz? Com certeza você não paga 40 milhões de euros em um jogador que está na China. E o que o Barça fez? Pagou 40 milhões de euros em um jogador que estava na China. Errou? No momento, todos disseram que sim, todos bravejaram, questionaram “Por quê Paulinho? Como paga tudo isso em alguém que está na China?”, pois bem, já falaremos disso.

Paulinho - Divulgação

Paulinho sendo apresentado pelo Barça. Foto: Divulgação

Voltando ao dia 16, o que vimos no Bernabéu foi um passeio. Teve golaço de fora da área, chapéu desconsertante de Modric em André Gomes, Real entrando como queria na área dos visitantes e o meio de campo do Barcelona não viu a cor da bola. Enfim, os Blancos fizeram o que os culés vinham fazendo com eles há uns 8,10 anos, foi um domínio total. Tamanho foi o domínio que o Pique disse após o jogo: “Em nove anos, é a primeira vez que me sinto inferior ao Madrid”. Por fim, não sei como, acabou só 2 a 0, e os mandantes concretizaram o título.

Esse é o fim blaugrana? Acho que não…

Bom, o que vimos depois disso foi totalmente o oposto do esperado. O Barça se reerguer e mostrou sua grandeza, enquanto o Real pecou com a inconsistência. Desde então, os azul-grenás não perderam mais, sendo 19 vitórias e 5 empates, em 24 partidas. Enquanto o Madrid tem 16 vitórias, 3 derrotas e 6 empates, em 25 jogos disputados.

Entretanto, mesmo com o repertório incrível, ainda tem uma fumacinha de dúvida no ar. Tudo porque em muitas partidas o Barça ganha, mas não encanta. Foi assim contra o Bilbao, Sevilla, Sporting e alguns outros, mesmo vitorioso, teve mais garra do futebol. Talvez, um dos motivos seja a falta de caras de renome no banco, nomes como André Gomes e Denis Suarez não convencem.

Andre Gomes e Denis Suarez - Barcelona

Andre Gomes e Denis Suarez não empolgam na equipe. Foto: FC Barcelona

A grande “surpresa” para muitos é quem? Justo Paulinho. O brasileiro chegou e calou a boca de muitos, até mesmo a deste escritor, jogando com muita consistência, tem dado conta do recado. Com 6 gols e 2 assistências, o meio campista é o terceiro com mais gols no time, atrás de Messi e Suárez. Além disso, Luisito, que teve um início de temporada ruim, já possui 9 gols no campeonato, e vem marcando cada vez mais.

Ganhar todos os jogos não dá, mas o time tem pecado contra os grandes

A maior dúvida gira em torno de jogos grandes. Apesar de ter ganhado de 3 a 0 da Juventus, pela Champions, nos grandes duelos do campeonato, o time deixou a desejar. Contra o Atlético de Madrid, penou para conseguir o empate, que veio quase no fim, em cabeçada de Suárez. Já contra o Valencia, em jogo polêmico com um gol não dado aos culés, outro empate por 1 a 1. O outro empate, contra o Celta de Vigo, também foi um jogo complicado, onde os visitantes souberam aproveitar as chances que tiveram e tirar um ponto dos líderes.

Gol não dado

Gol não dado contra o Valencia, que mudou o destino do jogo. Fonte: YouTube

Agora, a partida é novamente contra os maiores rivais e eles vêm de mais um título conquistado, o Mundial de Clubes, contra o Grêmio. Será que o Barça consegue mais uma atuação igual a da temporada passada, onde Messi deu a vitória aos visitante? Ou igual a desta temporada, contra a Juventus, onde a equipe conseguiu um grande triunfo? Ou o Real consegue se recuperar e manter o domínio imposto na Supercopa? Bom, isso é o bonito deste clássico, nunca sabemos o que pode acontecer, se será parelho ou teremos alguém se impondo sobre o outro. A partida acontece na manhã deste sábado (23) e terá transmissão da ESPN Brasil.

 

Jorge Ribeiro (47 Posts)

Futuro jornalista. Esportes Mais é o poder.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta