Notícias

+ Esportes

Desculpem a empolgação, mas preciso falar da INTZ.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Surpreendente, a equipe brasileira atropela a EDG

Com esse título que tem sido um clichê nas últimas semanas, começo a escrever algo que não consigo descrever se é uma análise, opinião de um torcedor ou euforia de um brasileiro ao ver os representantes do seu cenário fazendo cada vez mais bonito no Worlds.

Imposição de ritmo de jogo, o que já era esperado, foi o que todos aqueles viram no jogo entre a INTZ e EDG .

Mas esta imposição de ritmo de jogo era aguardada pelos Chineses, campeões de uma região forte, vencedores de uma final na MSI sobre a tão temida SKT1, donos de uma estrutura muito superior ao time brasileiro.

Porém toda essa superioridade acabou se tornando um ponto negativo, aparentemente a EDG não tinha ideia do estilo da INTZ, como a equipe brasileira gostava de jogar e o quão efetivo eram os dives dos brasileiros.

Demonstrando um aparente nervosismo, a equipe brasileira enfrentou sérios problemas na bot lane desde o início do jogo.

Em compensação, revolta se demonstrava muito a vontade na jungle inimiga e aos poucos foi se soltando.

E a INTZ conseguiu, Yang e Revolta encaixaram inúmeros dives pra cima do top laner Mouse, que não conseguia sequer farmar.

Revolta apareceu bem na bot lane, dando tranquilidade para MicaO que se demonstrava seu nervosismo na sua forma de jogar.

Os brasileiros foram acumulando ouro e conquistando objetivos, tendo feito três dragões elementais, dois barons e destruído inúmeras torres.

Revolta e Yang se mostravam uma dupla imbatível.

Até quando os chineses conseguiam encaixar algum pick-off, como aconteceu aos vinte e sete minutos de jogo, em uma boa luta por parte dos chineses, conseguindo dois abates, e aparentando que iriam pegar o Gnar de Yang, revolta apareceu e utilizou da sua ultimate, parando os cinco jogadores adversários, em uma jogada incrível.

Como todos que acompanham o cenário brasileiro, sabem que vez em quando as equipes do nosso país sofrem em conseguir finalizar o jogo e converter a vantagem no ouro em objetivos.

Mas não foi isso que aconteceu.

Com ótimas tomadas de decisões, incríveis jogadas de Yang, insec’s absurdos do Revolta, uma presença absurda de Tockers na team fights, e mesmo enfrentando grandes dificuldades a bot lane da INTZ não comprometendo a partida, o resultado foi uma incrível vitória, um verdadeiro stomp dos brasileiros pra cima dos Chineses.

Ascendendo a labareda da esperança de todos os brasileiros, de ter um representante do nosso país nas fases eliminatórias.

Sim! Vencemos os favoritos do nosso grupo. Sim! É possível buscar a classificação. Sim! Foi apenas o primeiro jogo e ainda temos outros. Mas a vitória nos dá esperança pela forma que os jogadores se comportaram.

Sem dúvidas se espera que a INTZ mantenha o nível, e melhore nos pontos em que errou.

Hoje a equipe brasileira faz um importante confronto a H2K.

Yang provavelmente deve ter seu Gnar banido, e sofrer forte pressão do jungler adversário em sua rota. Revolta deve ter o Lee Sin banido também, pois demonstrou uma criatividade incrível com o campeão.

Mas a INTZ não se resumi a isso. Tockers é um incrível jogador, com um boa champion pool.

MicaO que se demonstrou muito nervoso no primeiro jogo deve se sentir mais leve nos próximos jogos. E Jockster é sempre o alicerce do time, vezes conseguindo incríveis engage, vezes conseguindo um ótimo desengage.

É e isso que a INTZ precisa, apenas que estes cinco entrem em cada partida dispostos a vencer, acreditando em si e no companheiro que está ao seu lado e que se divirtam e aproveitem este momento impar na vida profissional de cada um.

Esse ano a INTZ é mais que um time, é o Brasil no mundial, assim como foi com a Pain e com a Kabum.

Quem sabe um bom desempenho dos brasileiros não garanta uma vaga direta para nosso cenário no mundial de 2017?

Seguimos intrépidos e ainda mais confiantes!

 

 

 

suporte (2040 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta