Notícias

Sem categoria

Chapecoense recebe Joinville para decisão na Arena Condá

chapedecisao

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Só a vitória interessa para ambas as equipes. Chape joga pelo título, e JEC, para seguir com chances no Catarinense

Na tarde desse “sábado de Aleluia”(15), Chapecoense e Joinville se enfrentam em jogo decisivo na Arena Condá, em Chapecó, às 16h. A partida é válida pela oitava rodada do returno do Catarinense.

O Verdão do Oeste vem de triunfo fora de casa frente ao Metropolitano, pelo placar de 3 a 1, e agora depende somente de uma vitória simples para garantir matematicamente o título da Taça Sandro Pallaoro. A Chape é lider do returno com 19 pontos ganhos, e lidera a competição na classificação geral, com 36 pontos. O Joinville venceu difícil partida frente ao Inter de Lages, na Arena Joinville, por 3×1, e é o vice-líder da competição, três pontos atrás da equipe oestina. Na classificação geral, o JEC soma 23 pontos ganhos.

Rumo ao título

Esse é o discurso de torcida, imprensa e time pelos lados do Oeste de Santa Catarina. A Chapecoense deseja dar um presente de Páscoa a seus torcedores conquistando a vitória e a vaga à final do Campeonato Catarinense. Com esse objetivo, o técnico Vágner Mancini vai com força máxima para a partida desse sábado frente ao Joinville. O Verdão do Oeste conta com apenas um desfalque para o jogo. Trata-se do zagueiro Grolli, que ainda se recupera de lesão (sofrida no jogo da Recopa Sul-Americana). Para o seu lugar, segue no time o zagueiro Luiz Otávio.

A equipe alviverde terá o retorno de Luiz Antônio na volância da equipe, e Moisés Ribeiro volta a ser opção no banco de reservas. Na frente, após grande atuação e dois gols frente ao Metropolitano, de Blumenau, Wellington Paulista joga no comando de ataque, recuperando a posição de titular que vem revezando com Túlio de Melo.

W.Paulista é esperança de gols no Verdão (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

A Chapecoense quer aproveitar a grande fase que vive no Estadual. Em 7 partidas disputadas no returno, o clube venceu seis e empatou uma (estreia contra Inter de Lages). O jogo de amanhã é decisivo para as pretensões do Verdão, e pode garantir tranquilidade e foco para a sequência da equipe na Libertadores da América, e tempo maior de preparação para uma eventual decisão do estadual, frente ao Avaí.

Agora ou Nunca

Se na Chapecoense o clima é de decisão, para o Joinville, a partida de amanhã é de “vida ou morte”. Na véspera da Páscoa, o Coelho precisa vencer a Chape para manter viva a esperança de título estadual (o último título da equipe está no longínquo ano de 2001). Para isso, o técnico Fabinho Santos deve usar o que tem de melhor em Chapecó. Após um péssimo primeiro turno de Estadual, o Joinville surpreendeu no returno, e chega vivo na penúltima rodada na busca pelo título da competição.

Equipe do Norte confiante para o jogo (Foto: Beto Lima/Assessoria/JEC)

Para o jogo de amanhã, a surpresa pode ser o atacante Bruno Batata, que marcou um gol no meio da semana, no jogo válido pela Copa do Brasil, frente ao Sport, no Recife. A equipe do Norte quer aproveitar a crescente para surpreender o Verdão em seus domínios.

Expectativa

O prognóstico para esse jogo é o melhor possível. Duas das maiores equipes do estado, duelando em jogo decisivo pelo Catarinense. Por se tratar de clássico, é difícil fazer uma previsão sobre resultado. Obviamente que pelo fato de atuar em casa, a Chapecoense é favorita para o confronto. O time do oeste vem demonstrando bom futebol e um grupo muito equilibrado, além de ter acertado o meio de campo com a entrada de João Pedro nesse setor. O Joinville pode se aproveitar de um eventual excesso de confiança da Chape, e do fato de que o Verdão pode ter parte de suas atenções voltadas para o jogo decisivo da Libertadores, na próxima terça-feira, frente ao Nacional, do Uruguai. Se o clima colaborar, a promessa é de estádio cheio para o que pode ser o melhor jogo da rodada do Catarinense.

Ficha técnica – Chapecoense x Joinville

Data: 15/04/2017

Hora: 16h, horário de Brasília

Local: Arena Condá – Chapecó (SC)

Arbitragem: Sandro Meira Ricci, auxiliado por Carlos Berkenbrock e Thiago Americano Labes.

Chapecoense: Artur Moraes; Apodi, Luiz Otávio, Nathan e Reinaldo; Luiz Antônio, Girotto e João Pedro; Rossi, Arthur Caíke e Wellington Paulista. Técnico: Vágner Mancini.

Joinville: Matheus; Caíque, Danrlei, Max e Gustavo; Roberto, Aldair e Luiz Meneses; Fabinho Alves, Alex Ruan e Marlyson. Técnico: Fabinho Santos.

Clique na imagem para acessar o site
Derlei Alex Florianovitz (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta