Notícias

Volei

CBV divulga participantes das Superliga Feminina e Masculina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com desistência no Masculino, CBV divulga equipe participantes da temporada 2018/2019 do masculino.

Para você que é acostumado com o futebol, pode parecer estranho uma divulgação dessas. Porém no mundo dos esportes menos populares, isto é um tanto comum. E na Superliga, isso não é diferente, já que a maioria das  equipes dependem muito de uma parceria entre a prefeitura da cidade e um patrocinador master, ficando óbvio isso no nome das equipes.

Então, na última segunda feira (30), a Confederação Brasileira de Vôlei, divulgou as equipes que participarão da próxima temporada. No masculino, contará com 12 equipes. O estado de São Paulo é onde tem mais equipes com 6. As equipes paulistas são: SESI-SP, atual vice campeão  EMS Taubaté Funvic, Vôlei Renata, São Bernado Vôlei no lugar do antigo Corinthians-Guarulhos. Além desses 4 representantes, a liga terá o campeão e vice da Superliga B Vôlei Ribeirão Preto e o Vôlei UM Itapetininga. A nota triste ficou por conta do Vôlei Canoas. Apesar de ficar em oitavo na última Superliga, a equipe abriu a mão da vaga pois segundo nota divulgada no Facebook da equipe, uma das parceiras da equipe não manteve os pagamentos regulares. Sendo assim, o único representante do Rio Grande do Sul na Superliga Masculina, em débito com os seus funcionários.

Então a vaga ficou com o Copel/Telecom/Maringá, que ficou em penúltimo na ultima superliga e disputaria a segunda divisão da competição com a UFVJ, lanterninha da competição.

Minas Gerais conta com 3 representantes: O atual campeão e o segundo maior vencedor da competição com 6 títulos, Sada Cruzeiro, um atrás do Minas Tênis Clube, que tenta voltar ao tempo de glórias. Fechando o trio, está o Montes claros.

Paraná além do Maringá, conta com o Ponta Grossa Caramuru e fechando a lista, o Rio de janeiro terá o Sesc-Rj, como seu único representante.

Felizmente, sem nenhuma desistência, participantes da Superliga Feminina 2018/2019 é divulgada pela CBV

Como dito acima, uma infelicidade ocorreu com o Lebes Canoas no masculino. Porém, no feminino tudo segue dentro da normalidade. Assim como a masculina, a Superliga feminina também contará com 12 participantes. O Curitiba Vôlei e o Vôlei Balneário Camboriú campeão e vice da série B respectivamente, serão os únicos representante de seus respectivos estados, Paraná e Santa Catarina na competição. Dando lugar aos paulistas Renata Valinhos/ Country e SESI-SP. Os 2 estreantes na competição se completam com os 10 melhores colocados na última edição do torneio. Osasco/Audax, Hinode Barueri, Esporte Clube Pinheiros, Vôlei Bauru e São Cristovão Saúde/São Caetano são os representantes paulistas a competição e são a maioria. Rio e Minas tem 2 cada: SESC-RJ, último vice campeão e Fluminense F.C representam os cariocas, enquanto o atual campeão Dentil Praia Clube e Camponesa Minas defendem os mineiros. e a capital do país terá BRB/Brasília Vôlei.

Tanto a Super Liga Feminina quanto a Masculina ainda não tem data para começar mas será transmitido canal Sportv e a Rede TV.

Roma
Clique na imagem para acessar o site
Igor Moreira (10 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta