Notícias

Futebol Internacional

Campeonatos históricos na Inglaterra: Episódio #2

inglaterra

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nesse segundo episódio da série, vamos falar da temporada de 1914-15, a última antes da I Guerra Mundial.

 

Antes de comentar sobre os times da disputa do título, é importante ressaltar o contexto da época. Essa temporada só acabou em 1915, contudo a I Guerra Mundial estourou ainda em 1914, o que trouxe várias consequências ao campeonato. Em primeiro lugar, o público debandou dos estádios, pois boa parte dos torcedores haviam sido convocados para a guerra. Isso fez com que a média de público de 16359 pagantes em 1913-14 se reduzisse para somente 9980 em 1914-15. Outro fator relevante é que a guerra prejudicou mais as cidades do sul da Inglaterra, pela questão dos ataques marítimos, dessa forma, os clubes locais tiveram seus públicos ainda mais reduzidos e alguns tiveram que jogar fora dos seus estádios, tanto que Chelsea e Tottenham Hotspur foram os dois últimos colocados.

O título foi disputado por três equipes, Everton, Oldham Athletic e Manchester City. Além do campeonato ser marcado pelas questões do grande conflito internacional, 2 dos 3 postulantes (Oldham Athletic e Manchester City) não fizeram por merecer o título nos jogos finais da competição. No fim quem se deu melhor foi o Everton que conquistou o seu 2º título de liga.

Com relação aos jogadores, no Everton podemos destacar o centroavante Bobby Parker que fez 36 gols em 35 aparições naquela temporada, assim como Joe Clennell, que fez outros 14 gols na competição. Já pelo lado do Manchester City, os destaques são o goleiro Walter Smith, o menos vazado da competição e para o artilheiro Fred Howard que fez 18 gols. Infelizmente não encontrei nada a respeito do elenco do Oldham Athletic nessa temporada.

Bobby Parker – Jogador do Everton
Joe Clennell – jogador do Everton

 

O campeonato:

Os Citizens abriram o campeonato na liderança após vencerem na 1ª rodada o Bradford City em casa, por 4-1, já Oldham Athletic e Everton apareciam na 2ª posição, ambos tendo vencido fora de casa por 3-1 (Manchester United e Tottenham Hotspur). Na 2ª rodada, os Latics assumiram a ponta com vitória em casa por 5-3 contra o Bolton Wanderers e Toffees e Citizens acabaram tropeçando. No jogo seguinte, o Manchester City retomou a liderança com vitória de 1-0 sobre o Burnley em Manchester, já o Oldham foi goleado por 4-1 pelo Blackburn Rovers fora de casa. Na 4ª rodada, a ponta é assumida pelo Sheffield Wednesday, mesmo com vitória do City. E na 5ª rodada, os Citizens retomam a ponta ao vencerem o Tottenham Hotspur por 2-1 em casa.

Após isso, o Manchester City abre vantagem na classificação e a liderança só é revertida na 12ª rodada, quando o Sheffield Wednesday retoma a ponta novamente após vitória direta contra os Citizens em Sheffield por 2-1. Contudo já na rodada seguinte o Manchester City volta a liderança ao vencer em casa o Aston Villa por 1-0. No jogo 14, os Latics retomam a ponta da tabela após vitória sobre o Middlesbrough por 5-1. Nesse momento a tabela mostrava Oldham na liderança com 23 pontos, City em segundo com 22 e o Everton apenas em sexto com 16.

A partir daqui o Oldham Athletic abre gordura na tabela e lidera a competição por várias rodadas, sempre com o Manchester City em sua cola. Contudo, a situação do Everton era muito complicada, após a 24ª rodada, a tabela mostrava os Latics na ponta com 32 pontos, a mesma pontuação que os Citizens em segundo, e os Toffees apenas em 5º com 1 jogo a mais e 29 pontos. Na 28º rodada, pouca coisa havia mudado, a liderança seguia sendo do Oldham com 37 pontos, seguido pelo Sheffield Wednesday e Manchester City com 35 e o Everton, apenas com 33.

Entrando nas 10 rodadas finais, os Toffees precisavam tirar uma diferença de duas vitórias para os Latics, contudo essa tarefa se mostrou arduamente complicada, pois na 30ª rodada, a diferença de pontos ainda se mostrava a mesma, com o Oldham na liderança com 39 pontos, seguido por Sheffield Wednesday e Manchester City com 36 e o Everton com 35. Na 31ª rodada a liderança do campeonato acabou mudando de modo artificial, o Blackburn Rovers adiantou 2 jogos e apareceu com 39 pontos, empatado com os Latics, quer perderam fora de casa para o Tottenham Hotspur por 1-0, já o Manchester City venceu o confronto direto contra o Sheffield Wednesday, dando o troco do 1º turno. A vitória foi de goleada por 4-0. E o Everton vivia situação quase desesperadora (em termos de título) ao perder para o Burnley por 2-0 em Liverpool.

A reação do Everton finalmente começou na 32ª rodada. O campeonato seguia tendo como líder o Blackburn Rovers com 2 jogos adiantados com 39 pontos, já o Oldham Athletic era 2º com 39 pontos e 1 jogo a menos, e o Manchester City era o 3º com 39, tendo empatado por 0-0 contra o Sheffield United fora de casa e os Toffees eram 4º com 37, tendo vencido o Bolton Wanderers por 5-3 em casa. Na rodada seguinte, apenas o Manchester City entra em campo e assume a liderança ao vencer o West Bromwich Albio por 4-0 em casa.

A 5 jogos do fim, o campeonato que parecia estar todo para o título do Oldham Athletic tem uma grande reviravolta, pois na rodada 34, os Latics entraram em campo 3 vezes e só marcaram 3 pontos dos 6 possíveis (perderam para o Middlesbrough por 4-1, empataram com o Manchester City no confronto direto em 0-0 e venceram o Manchester United por 1-0). Porém, a situação para os Toffees voltou a piorar, mesmo com 1 jogo a menos que todos, houve derrota para o Sheffield Wednesday em casa por 1-0. A tabela mostrava o Manchester City como líder com 42 pontos, seguido pelo Oldham Athletic com os mesmos 42, o Sheffield Wednesday era 3º com 40, o Blackburn Rovers era o 4º com 39, o Sheffield United era o 5º com 38, o Sunderland era o 6º com 38 e o Everton era somente o 7º com 37.

Da para acreditar que o Everton venceu esse campeonato faltando 4 rodadas e estando a 5 pontos do líder? Vale lembrar que na época a vitória só valia 2 pontos e haviam vários times na briga.

Bem, na rodada 35, foi a vez do Everton jogar 3 vezes, assim como o Oldham Athletic fez antes, só que o resultado foi bem diferente. Os Toffees simplesmente venceram os seus 3 jogos, TODOS fora de casa! O primeiro foi contra o Sunderland por 3-0, o segundo foi contra West Bromwich Albion por 2-1 e o terceiro foi contra o Bradford Park Avenue por 2-1. O Oldham Athletic entrou em campo 2 vezes, com vitória por 3-0 contra o Sheffiel United em casa e empate em 0-0 contra Aston Villa fora de casa. Já o Manchester City jogou contra o Bradford City fora de casa e empatou em 0-0. A tabela agora mostrava o Oldham Athletic na liderança com 45 pontos e 1 jogo a mais, já o Everton era segundo com 43 pontos e 1 jogo a mais também e o Manchester City era o terceiro com 43 pontos.

Na 36ª rodada, a última antes do começo da série, houve o confronto direto entre Manchester City e Everton em Manchester, os Toffees emendaram a 4ª vitória consecutiva fora de casa por 1-0, já o Oldham Athletic folgou na rodada.

Ao fim da 36ª rodada (de 38), o Everton aparecia na liderança com 45 pontos, mas 1 jogo a mais. Já o Oldham Athletic era o 2º colocado com os mesmos 45 pontos e o Manchester City era o 3º com 43. Na 37ª rodada, o Everton fez seu último jogo, um empate jogando em casa por 2-2 contra o Chelsea, o Oldham Athletic, por sua vez, perdeu para o Burnley por 2-1 em casa e o Manchester City também perdeu por 4-1 para o Aston Villa fora de casa. Dessa forma, o Everton termina o campeonato com 46 pontos, seguido pelo Oldham Athletic com 45 e Manchester City já sem chances de ser campeão com 43. Contudo, os dois últimos, ainda tinham a rodada derradeira. Na rodada final, o Oldham Athletic jogou em casa contra o Liverpool, mas acabou perdendo novamente por 2-0, já o Manchester City foi enfrentar o Bradford Park Avenue, fora de casa e também perdeu por 3-1, terminando o campeonato apenas na 5ª colocação.

Adryan Almeida (152 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta