Notícias

Futebol Brasileiro

Campeã da Copa América, goleira Aline Reis visita Projeto Social 9

WhatsApp Image 2018-06-03 at 15.42.30

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A ONG PS9, recebeu apoio da goleira Campeã da Copa América 2018

“Enquanto não viajo para Espanha para a pré-temporada com meu novo time, Granadilla Tenerife, a equipe da Portuguesa me convidou para jogar o campeonato Brasileiro com a equipe enquanto estou no Brasil. Foi na Portuguesa que conheci Dayana Dias, uma das minhas companheiras de time”, diz Aline Reis, goleira campeã da Copa América 2018.

Dayana Dias e seu marido, Luiz Souza são fundadores do Projeto Social 9, conhecido como PS9. Localizado na Zona Norte de São Paulo, a ONG atualmente conta com mais ou menos 65 atletas. Dayana conta que quando criança, encontrou muita dificuldade para poder praticar o futebol. A escola incentivava as meninas a praticarem apenas o vôlei. Na rua apenas meninos jogavam e nas escolinhas era difícil de achar meninas participando. Por isso sua maior motivação para criar o PS9 era dar mais oportunidades e incentivo para as meninas que gostariam de praticar o futebol.

O projeto também virou um propósito de vida para Day: “Quando perdi meu pai e minha mãe, tinha que arrumar algo para que fizesse minha vida valer a pena então resolvi, junto com meu marido, passar um pouco de esperança para essas crianças que em muitos casos estavam se perdendo em baladas e drogas.”

Aline Reis fala como foi que conheceu o projeto

“A Day tem muito orgulho do PS9, dá pra ver que ela ama o que faz e se dedica muito às atletas. Assim que entrei na Portuguesa, ela não perdeu tempo já foi me contando a respeito do projeto. Foi ai que surgiu o convite para eu comparecer a um dos treinos, conhecer as jogadoras, dividir um pouco da minha historia e contar sobre a recente conquista da Copa América Feminina pela Seleção Brasileira de Futebol Feminino”, esclareceu.

Aline pode passar um pouco da sua experiência de vida para as jovens atletas. E ela destacou que as melhores coisas em sua vida, foram conquistadas através do futebol.

“A Day pensou que eu quem estava fazendo um favor de ir conhecer o projeto e as meninas, mas ela estava enganada. Eu quem tenho que agradecer à ela pela oportunidade! Foi uma experiência muito gratificante. Recebi tanto amor e carinho daquelas meninas. Saí de la com o coração mais feliz e com a certeza de que toda luta pelo futebol feminino vale a pena. Sempre digo, que as melhores coisas na minha vida, foram conquistadas através do futebol. Tenho plena certeza de que o futebol agrega, de que o futebol transforma, de que o futebol muda vidas”, afirmou.

Dificuldades e importância do projeto

Aline Reis falou sobre as dificuldades que eles enfrentam.

“Após visitar o treino e conhecer as atletas, procurei saber mais detalhes sobre o PS9. No momento, eles conseguem a ajuda de campos e quadras gratuitos para treinamento. Parte das despesas são supridas através da realização de rifas, bingos, eventos e com doações de alguns colaboradores, o que é de grande importância. Porém não é raro o casal ter que tirar do próprio bolso para arcar com custos de matérias de treino, medicamentos e lanches para jogos. Mesmo com tantos obstáculos encontrados pelo caminho, Dayana e Luiz não se deixam abalar e têm grandes sonhos para o Nove Futsal Feminino”, destacou.

A goleira destacou também a importância desse projeto.

“O objetivo de curto prazo é conseguir verba para o time disputar o campeonato Paulista Feminino, que possui muitas exigências e custo alto para muitos times. Mas o projeto vai além disso. O objetivo a longo prazo é expandir o número de atletas no projeto e criar categorias de base para que atletas possam se desenvolver da maneira ideal. Uma das maiores deficiências do futebol feminino Brasileiro é a falta de categorias de base, onde meninas jovens possam praticar o esporte com outras meninas, se desenvolver e competir. Sem contar os benefícios que um projeto como esse traz à sociedade. O esporte na infância e adolescência é de suma importância. O projeto Nove é gratuito e dá oportunidade à todos para que possam agregar valores através do esporte em equipe”, ressaltou.

Aline finaliza falando sobre apoio ao projeto e convoca mais interessados em ajudar, há entrar contato através do site.

“O meu objetivo pessoal enquanto permanecer no Brasil é ajudar o projeto no que for possível. Além de me voluntariar para ajudar nos treinos e dividir minha experiência com as atletas, pretendo fazer doações para futuras rifas e divulgar o projeto para o máximo de pessoas possíveis, com o intuito de gerar um interesse maior para patrocínios e doações”, finalizou.

Saiba mais:

Para conhecer mais sobre o projeto que além do Futsal, agora também conta com o Futebol de Campo, visite o site: www.novefutsalfeminino.com.br

Foto: Divulgação.

Wesley Contiero (875 Posts)

Estudante de jornalismo, 23 anos, natural de Lins, Interior de São Paulo.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta