Notícias

+ Esportes

Boston Celtics e N.Y. Knicks se enfrentam com times em fases opostas

Boston Celtics

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Boston Celtics e New York Knicks fazem clássico de times vivendo fases completamente opostas. Qual desses dois gigantes sairá vitorioso nesta quarta-feira?

New York Knicks visita, nesta próxima quarta-feira (dia 18), o TD Garden para enfrentar o Boston Celtics, em partida válida pela temporada regular 2016/17 da NBA. Nenhum canal brasileiro, infelizmente, transmitirá o confronto. Contudo, aos interessados por esse embate entre duas das franquias mais tradicionais da liga, a previsão para o tip-off é 16:30, segundo o horário de Brasília.

Resultado de imagem para celtics x knicks

 

A rivalidade entre Boston e Now York é, provavelmente, uma das mais fortes historicamente falando. Boston vem com um estilo tradicional, por ter sido o berço da nação americana. Em compensação, New York representa o moderno, o novo, o midiático. Celtics e Knicks representam bem essa diferença e são, junto com Red Sox X Yankees, a perfeita exemplificação dessa rivalidade.

Falando da partida de quarta, as duas equipes passam por fases completamente opostas. Boston parece estar vivendo às expectativas que tínhamos no começo da temporada de ser um bom e jovem time que brigará para ser top 3 no Leste. Depois de um início de mês de dezembro conturbado, os comandados de Brad Stevens ganharam, desde 16/12, treze dos últimos dezesseis confronto. Tais derrotas vieram para Oklahoma City (45 pontos, 11 assistências e 11 rebotes para Westbrook), Cleveland e Toronto (os dois times na frente de Boston no Leste).

Muito desse sucesso se deve à Isaiah Thomas. Depois do armador perder quatro jogos devido a uma lesão na virilha, o jovem astro vem com uma sequência de, justamente, 19 partidas com pelo menos 20 pontos anotados em cada. Uma marca impressionante, fazendo o nome de Thomas como um dos mais fortes para compor o backcourt do Leste no All Star Game em Fevereiro.

Boston Celtics

Por outro lado, New York vive uma realidade completamente diferente. Curiosamente, enquanto a segunda metade do mês de dezembro marcou o renascimento do Boston Celtics, o mesmo período marcou a derrocada para os Knicks. Foram apenas quatro vitórias nos últimos 18 jogos, uma marca pífia para dizer ao mínimo.

Para piorar tudo, Kristaps Porzingis vem enfrentando problemas físicos, na região do tensão de aquiles. Tanto que o jovem litão perdeu cinco dos últimos dez jogos da equipe.

Some a má fase com o “desaparecimento” de Derrick Rose antes da partida contra os Pelicans e os fortes rumores de que Carmelo Anthony retirará sua “no trade clause” e deve ser trocado para entender a profundidade dessa crise. O único ponto de esperança para os fãs é Porzingis, provando ser o único acerto de Phil Jackson como GM.

O grande problema é a indecisão: ao mesmo tempo que indicam uma reconstrução do time (o que seria o correto), a sensação é que os dirigentes da franquia não têm coragem de aceitar alguns anos de tank devido à passionalidade dos torcedores. Em outras palavras, nem mesmo para perder os jogos, os Knicks conseguem perder direito. É deprimente dizer isso, mas é a verdade.

Existe uma luz no fundo? Talvez, mas primeiro é necessário se livrar desse starting five do NBA First Team de 2010.

Considero Boston amplo favorito, pela qualidade do time como um todo. Os Celtics têm um backcourt e um frontcourt mais sólidos que os Knicks. Você pode me dizer que Anthony e Porzingis é um dos melhores combos SF/PF da liga, porém com Joakim Noah de pivô, o time cai muito. Noah já fora um dos melhores defensores da oiga, mas a idade já começa a pesa para o francês, atrapalhado sua participação ofensiva.

Honestamente, se não tivesse um peso da rivalidade, seria uma partida bem desinteressante de um top 3 contra uma equipe que já pensa em tank na metade da temporada. A única chance de N.Y. é se Porzingis e Anthony tenham noites bem inspiradas, com Rose contribuindo ofensivamente.

Imagem relacionada

Escalação Boston Celtics:

PG – Isaiah Thomas

SG – Marcus Smart

SF – Jae Crowder

PF – Amir Johnson

C – Al Horford

Desfalques prováveis: Avery Bradley (aquiles), Tyler Zeller (virose), James Young (tornozelo)

Escalação New York Knicks:

PG – Derrick Rose

SG – Courtney Lee

SF – Carmelo Anthony

PF – Kristaps Porzingis (dúvida)

C – Joakim Noah

Desfalques prováveis: Lances Thomas (lesão em osso da face), Marshall Plumlee (inativo)

www.camisasdeclubes.com
Clique na foto para acessar o site
Pedro Pacola (100 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta