Notícias

Futebol Internacional

Boca Juniors perde o primeiro superclássico do ano

Boca

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Pelo Torneio de Verão de Mar del Plata, River bate o Boca

No primeiro superclássico diante do River no ano de 2017, o Boca saiu derrotado em Mar Del Plata. Com uma primeira etapa bastante faltosa e com poucas ocasiões de gols por parte das duas equipes, a partida só veio a melhorar na segunda etapa.

O time de Xeneize mais parecia que estava buscando guerra com seu rival, do que jogar futebol. O Boca foi uma equipe sem nenhum poder ofensivo. A equipe de Guillermo tinha a bola, mas não conseguia construir boas jogadas através dela devido a forte marcação implantada pelos milionários e as muitas faltas que ocorreram.

A formação que Guillermo Barros queria para ter melhor saída de bola e uma marcação forte, pouco funcionou no 1 tempo. O jogo era pegado e os Xeneizes cometia bastante faltas. Pouca criação e muita marcação foi o resumo do time na primeira etapa da partida.

Treinadores expulsos

O clima era tão tenso, que o técnico Guillermo Barros Schelotto acabou sendo expulso após acintosa reclamação. O treinador reclamava que o goleiro Augusto Batalla do River, havia dado um pontapé em Pavón.

Na volta do segundo tempo, Marcelo Gallardo e Gustavo Schelotto acabaram também sendo expulso por 1 minuto de atraso na volta do segundo tempo. O juiz cumpriu um regulamento do campeonato argentino que também valeu para esse torneio, se as equipes passarem dos 15 minutos para voltar para segunda etapa, os treinadores são expulsos. Gallardo reclamou dizendo que não sabia que o regulamento valia para o torneio de verão também.

Segundo tempo

O segundo tempo começou bem diferente do que foi o primeiro. Com bola no chão e as equipes fazendo o que sabem de melhor, jogar futebol.

O River de cara teve logo duas chances para abrir o marcador em Mar Del Plata, na chance mais clara Mayada acabou chutando em cima do goleiro Werney. Os Milionário tentava pressionar a saída de bola e dava dificuldade ao Boca para sair jogando, e nessas ocasiões iam chegando mais próximo do gol.

A partir dos 15 minutos, o Boca começou a sair jogando com qualidade e chegando com algum perigo ao gol adversário. O lado que a equipe Xeneize sempre buscava era o lado direto, com Pavón que sempre buscava um cruzamento. O Boca Juniors só tinha uma jogada por esse setor, com Centurión e Benedetto sumido do jogo as coisas se dificultava ainda mais no setor de ataque.

Bosteros tomam primeiro gol e se perdem no jogo

Aos 17 minutos, em um erro do lateral Peruzzi e uma saída rápida do River, Insaurralde acabou dando um carrinho totalmente equivocado e a bola acabou batendo nos braços erguidos dele, pênalti para o River. Sebastian Driussi bateu no canto direito de Werney que ainda desviu na bola, mas não foi o suficiente para evitar o primeiro, River 1 a 0.

O Boca se abateu e começou a errar tudo, a única boa oportunidade saiu em um belo passe de Pavón para Centurión, que finalizou mascado e chegou fácil nas mãos do goleiro rival.

Guillermo fez uma mudança. Tirou Sebastián Pérez e colocou Jara, não acrescentou muita coisa. Logo aos 23 minutos, em uma cobrança de escanteio pela direita, Mina tomou a frente de Benedetto e fez 2 a 0 para os milionários.

No final, muito tumulto e o Boca acabou com Insaurralde e Benedetto expulsos. Os jogadores não gostaram quando a torcida do River Plate começou a gritar “olé” para os toques de bola do seu time.

Formações

Boca: Werner; Peruzzi, Tobio, Insaurralde, Fabra; Sebastián Pérez, Gago, Pablo Pérez; Pavón, Benedetto, Centurión.

River: Batalla; Moreira, Maidana, Mina, Olivera; Mayada, Ponzio, Nacho Fernández; Pity Martínez; Driussi y Mora.

Gols: Driussi (17); Mina (23)

Boca
Clique na imagem para acessar o site
Enzo Matheus (244 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta