Notícias

Matérias Especiais

Boca Juniors e sua obsessão pela Libertadores

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Boca Juniors ficou sabendo seu grupo e adversários que terá pela frente na primeira fase. Xeneizes caíram em um grupo até certo ponto não tão complicado. E ainda tem o Palmeiras, adversário de boas lembranças para o Boca

Imagem relacionada
(Foto:Divulgação-GloboEsporte)

O Boca sabe que para levantar um título tão importante, terá que passar por cima de adversários complicados. No grupo oito, que conta com além do próprio Boca, com Palmeiras, Alianza Lima e mais um time que vem da primeira fase. Que pode ser Junior Barranquila, Montevideo Wanderes, Olimpia, Guarani e Carabobo da Venezuela. O grupo não parece tão complicado, porém a equipe precisa sempre estar atenta em uma Libertadores.

Os Xeneizes estreiam contra o Alianza Lima, no dia 01/03, no Peru. Na segunda rodada, o Boca recebe o vencedor 4 da primeira fase, no dia 04/04. Na terceira rodada, o jogo mais esperado do grupo, os bosteros viajam a São Paulo para encarar o Palmeiras, no dia 11/04. Depois começam as partidas de volta, o Boca recebe o Palmeiras, visita o vencedor 4 e encerra, na Bombonera, diante do Alianza Lima.

O grupo não é tão complicado, e provavelmente terá Palmeiras e Boca Juniors brigando pela liderança. Se o Boca quiser decidir os jogos na fase final em casa, terá que terminar não somente em primeiro. E sim, também ter a melhor campanha entre todas as equipes da fase de grupos.

 

Boca Juniors x Palmeiras
Boca Juniors e Palmeiras é oconfronto mais esperado da fase de grupos (Foto:Divulgação-YouTube)

Palmeiras, rival que trás boas lembranças, mas também que já goleou o Boca. Brasileiros fregueses e os anos 2000 gloriosos para o Boca na Libertadores

Os Xeneizes nos anos 2000 tiveram bons embates contra os palmeirenses. O time de La Boca venceu uma final contra o Palmeiras em 2000, nos pênaltis. E também, nas penalidades, venceu uma semifinal em 2001. Logo também se sagrando campeão em cima do Cruz Azul, do México.

Mas os palmeirenses se alegram até hoje também de um 6 a 1 que aplicaram em cima do Boca. E essa goleada, foi a maior que os Xeneizes sofreram em uma Libertadores. Porém o torcedor Xeneize leva na boa essa gozação, ligando o 6 a 1 aos títulos que cada um tem na competição.

A década de 2000 foi sensacional para o Boca, conquistando quatro Libertadores.  Ficando a uma de se consagrar como maior campeão da Taça Libertadores. Os times brasileiros foram os maiores fregueses do Boca na Libertadores. Das seis conquistas, quatro foram em cima de times brasileiros. Só nesse século, os bosteros venceram Palmeiras, Santos e Grêmio. Em 1977, o Boca venceu , o outro time brasileiro, o Cruzeiro.

Dessas quatro Libertadores que o Boca Juniors venceu, todas foram no Brasil. Ou seja, o torcedor do Boca pode confiar que enfrentando um brasileiro numa final e sendo no Brasil. O time pode levar mais um troféu.

Com certeza os anos 2000 foram sensacionais. Fazendo com que o Boca de duas Libertadores, passasse para seis. Porém, os bosteros não levam a Taça a 10 anos, e todo torcedor Xeneize acredita que com esse elenco que foi campeão argentino. E atual líder do nacional, esse elenco possa trazer novamente a taça para Bombonera.

Guillermo esteve no sorteio e falou sobre os rivais que o Boca Juniors terá pela frente

“Todos os grupos são muito difíceis, não há um grupo fácil dessa vez. Mas mesmo com esses rivais, eu confio no que o Boca pode fazer. Vamos nos preparar para terminar bem o torneio local e fazer uma Boa Libertadores. A primeira coisa que pensamos é passar bem da fase de grupos, depois vamos ver onde podemos chegar.”

Guillermo que deseja contar com Walter Montoya, teve uma decepção. O atleta que estava no Sevilla, assinou contrato com o Cruz Azul, do México.

Antes da volta do campeonato argentino, o Boca disputará o Torneio de Verão de Mar Del Plata.

Enzo Matheus (146 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta