Notícias

Sem categoria

Semana #7: Bengals e Steelers fazem clássico de divisão da AFC Norte

Bengals

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Completando 50 anos, clássico entre Steelers e Bengals promete tirar o fôlego

No início de noite deste domingo (22), à partir das 18:00h, teremos um dos maiores clássico de divisão da NFL, O Cincinnati Bengals (2-3), enfrenta o Pittsburgh Steelers (4-2), no Heinz Field, em partida válida pela semana 7 da temporada regular.

A maior expectativa para um fã de NFL durante toda a temporada regular são os dois grandes clássicos protagonizados por Bengals e Steelers, clássico que essa temporada está completando 50 anos, os dois rivais da divisão norte sempre fazem jogos que são verdadeiras guerras dentro de campo. Na temporada anterior a equipe de Pittsburgh saiu vitoriosa nas duas partidas e para esse ano mais uma vez teremos promessa de um jogo intenso e disputado.

Os caminhos das equipes na temporada até o momento são bem diferentes, Steelers lidera a divisão norte da AFC com folga, vindo de uma vitória esmagadora sobre o até então único time invicto da liga, Kansas City Chiefs, mas apesar do bom rendimento na última partida, o time ainda encontra-se com o sinal de alerta ligado, desde a derrota para o Jacksonville Jaguars na semana 5, quando o quarterback Ben Roethlisberger, teve o pior jogo de sua carreira, com 5 interceptações e nenhum touchdown. Desde então existe um grande questionamento sobre a performance do QB duas vezes campeão do Super Bowl pela equipe.

Já o Bengals encontra-se em um momento de crescimento, a equipe teve um péssimo início de temporada, amargando três derrotas nas primeiras rodadas, e a falta de produção no setor ofensivo gerou a demissão do coordenador ofensivo Zen Zampese. Após a demissão o time demonstrou uma boa melhora ofensiva, e Andy Dalton que começou a temporada sendo muito criticado, conseguiu se adaptar rapidamente aos padrões do novo coordenador, guiando o time para duas vitórias consecutivas. Basta saber se as mesmas armas usadas contra os últimos adversários serão suficientes para a partida dessa semana.

A BRUXA ESTÁ SOLTA! PORQUE HÁ TANTO JOGADOR MACHUCADO NA NFL?

Para a parte defensiva do campo, ambos os times têm se apresentado bem, o Bengals é a segunda melhor defesa da liga cedendo jardas, atrás apenas do Dever Broncos, enquanto o Steelers mesmo não tendo uma defesa top 5 da liga, na semana passada fez a grande proeza de parar o fulminante ataque do Chiefs, comandado por Alex Smith, e esse fato traz um gás extra para o corpo defensivo.

Desta forma pode-se dizer que as equipes precisam se encontrar no ataque, principalmente em sua divisão de jogadas, e se a confiança ou a precisão de Big Ben está afetada, será necessário contar com o jogo corrido, principalmente porque o time conta com um dos melhores corredores da liga Le’Veon Bell. Sua agilidade e velocidade pode trazer muitas jardas durante a partida, gerando preocupação para a defesa adversária parar o jogo corrido, em momentos assim que o uso do play action pode ajudar, com conexões em passe curto para Antonio Brown, já que existe a preocupação com a precisão do Big Ben nos Passes longos.

Para o Bengals o fator quarterback também será muito importante, o desempenho do time vai depender muito do jogo de Andy Dalton, caso não queira ser tão dependente assim, será preciso investir no jogo corrido, algo que tem sido completamente inexistente nesse início de temporada. Mesmo tendo bons corredores como Jeremy Hill, Giovani Bernard e o calouro Joe Mixon, o time é um dos piores da liga correndo com a bola, para grau de comparação, o time tem o total de 420 jardas corridas, enquanto somente Le’Veon Bell sozinho já correu 550 jardas, ou seja, está na hora do jogo corrido começar a funcionar, principalmente para dar mais opções e o ataque não ser lido tão facilmente.

Tendo em vista todos os pontos citados e ainda o fato do jogo ser em Pittsburgh, com sua torcida barulhenta que irá dificultar a comunicação do ataque de Cincinnati, o Steelers chega como favorito para o clássico de domingo. A força que Le’Veon Bell pode trazer para o time é o principal fator desse confronto, apesar disso, clássicos são sempre imprevisíveis e não será surpresa se o Bengals dar um sufoco na partida, principalmente se sua defesa conseguir pressionar Big Ben no pocket, mas no fim uma coisa é certa, estamos falando de um clássico de 50 anos, não importa o resultado final, sempre será um grande espetáculo.

Clique na imagem para acessar o site
Filipe Borges (13 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta