Notícias

Futebol Internacional

Bayern joga mal, mas vence Colônia fora de casa

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Gol de Lewandowski e falta de mira do Colônia garantem os três pontos para o Bayern

Na manhã deste sábado(19), o Bayern de Munique foi até o RheinEnergie Stadion e venceu o Colônia por 1 a 0, pela 27ª rodada da Bundesliga 15/16. O gol de Robert Lewandowski ampliou para 8 pontos a distância para o segundo colocado Borussia Dortmund, que enfrenta o Augsburg, no domingo(20).

Apesar da importante vitória, que coloca o Bayern cada vez mais próximo do seu 26º título alemão da sua história, a equipe da Baviera teve uma atuação muito aquém do que costuma produzir. Pep Guardiola levou a campo um time misto, por conta do cansaço da partida contra a Juventus, pela Uefa Champions League, na última quarta-feira(16).

O Bayern teve total domínio da posse de bola, como sempre. Porém, sofreu para furar o bloqueio do Colônia. A equipe da casa, pelo contrário, foi mais objetiva e incisiva, tendo chances claras de empatar e até virar o jogo.

Muita posse de bola, pouca objetividade

O Bayern começou a partida no seu estilo. Com trocas de passes, intensa movimentação e pressão, sufocou o Colônia nos primeiros minutos. Logo aos 9, Thiago Alcântara recebeu de Coman, limpou a marcação e arriscou de longe. A bola bateu na defesa e sobrou para Robert Lewandowski, que nunca perdoa. 25º gol do centroavante polonês, artilheiro da Bundesliga. Na sequência, Douglas Costa partiu em velocidade pela esquerda, após excelente passe de Alaba e bateu com perigo ao gol de Horn.

Após o gol, o Colônia, que já tinha ido a campo com uma formação mais defensiva, se fechou completamente. Ao Bayern, restava girar a bola pelo campo e aproveitar algumas em bola parada. Em falta pela direita, Douglas Costa bateu com muito veneno, assustando “Os Bodes”.

Apesar do total domínio territorial do Bayern, o Colônia tentava explorar os contra-ataques, mas esbarrava na incapacidade técnica de seus jogadores. Curtindo uma de ponta-esquerda, o zagueiro Heintz foi até a linha de fundo e arriscou cruzamento para a área, mas foi facilmente interceptado pela defesa bávara.

Mesmo com posse de bola chegando a quase 70%, o Bayern não conseguia agredir o adversário. Com um esquema de jogo que depende muito de seus pontas, Douglas Costa e Coman, que não foram tão incisivos, Os Bávaros se resumiram a manter a bola em seu domínio, sem assustar tanto o Colônia. A equipe encerrou o primeiro tempo com apenas dois chutes a gol.

Bayern

Colônia acorda, mas não empata

Após o primeiro tempo morno, o Bayern parecia disposto a pressionar mais o Colônia. No primeiro minuto, Douglas Costa surgiu feito um foguete pela esquerda e cruzou rasteira para Lewandowski, que perdeu boa oportunidade. O Colônia, ao contrário, parecia desligado e por pouco não entregou o jogo. Mavraj dormiu, perdeu a bola para Thiago Alcântara que perdeu chance incrível.

O lance, porém, fez equipe da casa acordar e se arriscar com os espaços dados pelo Bayern. Em boa jogada, Lehmann achou Léo Bittencourt que chutou fraco. Na sequência, Risse puxou contra-ataque pela direita e cruzou para Modeste testar para o alto.

Sentindo o bom momento, o treinador Peter Stöger decidiu ousar. Tirou o volante Yannick Gerhardt e colocou o atacante japonês Yuya Osako. No primeiro momento, o atacante partiu pela meia e foi derrubado por Rode. Na cobrança, Risse mandou a bola para muito longe do gol. Minutos depois, Risse desarmou Thiago, partiu pela direita, cruzou rasteiro para Modeste, que chegou muito perto da bola.

O Bayern, que já não conseguia agredir, passou a sofrer com as investidas do Colônia pelo seu lado esquerdo de defesa. Osako lançou Modeste, que dividiu com Neuer e bateu para o gol, mas foi travado por Alaba, que salvou a pátria bávara. Modeste, de novo ele, lançou Risse que encontrou Léo Bittencourt livre. O alemão, com cidadania brasileira, isolou.

Os minutos finais foram de puro desespero. Com espaços dados pelas duas defesas, os vacilos das defesas eram gigantescos. Primeiro, a zaga do Colônia dormiu, Lewandowski chutou cruzado e Horn operou um verdadeiro milagre. Na sequência, Coman saiu cara a cara com o goleiro e isolou. No último lance do jogo, Alaba cabeceou errado e Léo Bittencourt, de frente para Neuer, foi abafado e perdeu a chance de empatar a partida.

Ficha técnica – Colônia x Bayern
Data: 19/03/2016
Hora: 11h, horário de Brasília
Local: RheinEnergie Stadion
Arbitro: Tobias Welz

Escalações:

Colônia: Horn; Sorensen, Maroh, Mavraj, Heintz e Hector; Lehmann (Mladenovic), Gerhardt (Osako), Risse e Léo Bittencourt; Modeste.

Bayern de Munique: Neuer; Rafinha, Kimmich, Alaba e Bernat; Xabi Alonso (Vidal), Rode (Lahm) e Thiago Alcântara. Coman, Douglas Costa (Ribery) e Lewandowski

Pedro Chagas (131 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta