Notícias

Futebol Brasileiro

BA-VI marca equilíbrio e luta contra o rebaixamento

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Equilíbrio marca campanhas de dupla BA-VI. Neste domingo, equipes se enfrentam na tentativa de se distanciar da zona do rebaixamento

O Campeonato Brasileiro chega a momentos decisivos: a luta para se aproximar do Corinthians no topo da tabela, o sonho para alguns de chegar à Libertadores do próximo ano e a briga contra o rebaixamento.

Sim! São muitas equipes que ainda estão com esperanças de se afastar da zona perigosa, entre essas, a dupla Bahia e Vitória que se enfrentam neste domingo, na Arena Fonte Nova.

O tricolor está a frente neste momento: 11º colocado com 35 pontos, enquanto o Vitória com dois pontos a menos é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, em 16º. O equilíbrio entre os baianos não estão apenas nos números, inclusive, nas  propostas de jogo: os contra-ataques!

Veja também: Dupla BA-VI e a luta contra o rebaixamento com propostas de jogo semelhantes.

O Bahia não atuou mal diante do Flamengo, mas sofreu uma goleada por 4 a 1. Na verdade, desde a chegada de Carpegiani, o técnico alterou a maneira de jogar do tricolor baiano – utiliza ainda dos contra-ataques, porém tenta propor mais o jogo em casa – e voltou a contar com jogadores que estiveram lesionados durante boa parte da temporada conquistando bons resultados, por exemplo, o empate diante do Palmeiras em São Paulo e a vitória diante do Corinthians em Salvador.

Apesar disto, Carpegiani deve ir a campo com dois desfalques, Vinícius é dúvida por uma lesão sentida ainda contra o Flamengo e Régis deve ocupar o seu lugar, enquanto Juninho Capixaba, que levou o terceiro cartão amarelo, tem ausência garantida. Em um possível ‘4-1-4-1’, o Bahia deve ir à campo com:

Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca, Matheus Reis; Renê Júnior; Zé Rafael, Edson, Régis, Mendoza; Edigar Júnio.

Por sua vez, o Vitória também cresceu o futebol jogado desde a chegada de Vagner Mancini no comando técnico da equipe. Apesar de seguir com dificuldades de vencer quando mandante (o Vitória é o pior mandante da competição), vem de boas atuações fora dos seus domínios, a exemplo, venceu Flamengo, Corinthians, Altético-MG e Coritiba, além dos empates contra Cruzeiro e Santos.

Vágner Mancini prepara a sua equipe para uma variação tática de ‘4-2-3-1’ em ‘3-3-3-1’, muitas vezes, na recomposição, chega a um ‘5-3-2’. Aos adeptos, pode perceber que Filipe Souto, atuando como “primeiro volante”, recua até a linha de defensores, liberando um pouco mais os laterais, de preferência do DT, Caique Sá e Juninho.

O Vitória deve chegar com : Caíque; Caíque Sá, Ramon, Wallace, Juninho; Filipe Souto, Uillian Correia; Iago, Neílton, David; Trellez.

Assim, tenta chegar à quinta vitória fora de casa sob o comando de Mancini.

Bahia é melhor como mandante, Vitória faz boa campanha fora de casa

Tanto rubro-negros como tricolores têm motivos para acreditar na vitória no clássico deste domingo. O Bahia vai muito bem na Arena Fonte Nova, enquanto o Vitória sempre joga melhor quando está fora dos seus domínios.

Apesar desse detalhe, as equipes mantém um equilíbrio no Campeonato Brasileiro 2017. São nove vitórias e 37 gols marcados para cada, o Bahia acumula 12 derrotas e o Vitória sofreu por 14 vezes na competição.

Além disto, as estatísticas comprovam o equilíbrio entre os baianos neste Brasileiro, como a quantidade de finalizações através de jogadas trabalhadas. Cerca de 74% para o tricolor e 73,5% para o rubro-negro.

footstatusbavi
Equilíbrio entre Bahia e Vitória também nas finalizações com jogadas trabalhada (Fonte: Footstats)

Mais sobre o Bavi

Michel Corbacho (10 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta