Notícias

Sem categoria

Árbitro é agredido em partida de futsal no interior de São Paulo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Final da primeira divisão do Campeonato de Futsal da cidade de Limeira/SP acaba com agressão ao árbitro

Na última terça-feira (06), aconteceu a final da primeira divisão do Campeonato de Futsal da cidade de Limeira/SP, porém, não chegou ao seu encerramento como deveria. O jogo decisivo ocorreu no ginásio Domingos de Felice, no Jardim Santo André. H2S e Brutus jogaram a primeira etapa inteira e mais sete minutos do segundo tempo quando o árbitro Gilberto Ribeiro, de 48 anos, recebeu um soco violento na boca, aplicado pelo goleiro Janderson, do Brutus.

A equipe do H2S vencia o jogo por 2 a 0, com gols de Maikinho e Ricardo. Respeitando a regra, o árbitro piracicabano expulsou o jogador Mineiro, que cometeu uma falta violenta sobre Guilherme. O camisa 4 do Brutus já tinha recebido o cartão amarelo no decorrer da partida por uma falta em Maikinho.

Os atletas e comissão técnica do clube pressionaram a mesa de arbitragem, como se Mineiro não tivesse sido advertido com o cartão amarelo, quando na verdade tinha. O árbitro foi empurrado e agredido por parte do público que estava na arquibancada, e tudo terminou com um soco violento que recebeu de Janderson.

Gilberto, que em vários jogos foi árbitro na fase de classificação do torneio, caiu na quadra. Ele sofreu um corte no lábio e teve também um dente quebrado. O juiz foi atendido por alguns minutos, por jogadores do H2S, que impediram que ele fosse agredido com maior gravidade.

A guarda municipal foi chamada até o local imediatamente e a partida foi paralisada. O H2S comemorou o título, mas sem a taça. Segundo o treinador Marcolino, a justificativa é que o caso vai parar em julgamento.

Os companheiros do goleiro Janderson lamentaram o ocorrido.

“Até agora não consigo acreditar que ele fez isso. Convivo com ele há anos e nunca vi uma atitude dessa. Quero prestar meu apoio a ele e dizer que estamos juntos”, comentou o goleiro China, que sofreu dois gols na partida e era o melhor jogador em quadra.

O árbitro relatou o ocorrido, mas chorou ao lembrar dos três filhos.

“Eu tenho 48 anos e não precisava passar por isso. Desculpa, mas não consigo mais falar”, disse Gilberto bastante emocionado. Logo em seguida, o árbitro foi conduzido até um plantão de polícia para a elaboração de um boletim de ocorrência.

Facebook

Twitter

Renan Giorgeti (224 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta