Notícias

Sem categoria

Anos de Glórias: Times de São Paulo (1)

anos-de-glorias-sp-1

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

União São João, Grêmio Barueri e São Caetano: Conheça os times do estado de São Paulo que tiveram seus anos de glórias mas que hoje estão apagados no cenário futebolístico nacional

Resultado de imagem para União São João de Araras

UNIÃO SÃO JOÃO ESPORTE CLUBE

Campeão brasileiro das séries C (1988) e B (1996), o União São João fez história no futebol brasileiro

O União São João Esporte Clube é um clube fundado em 14 de janeiro de 1981, na cidade de Araras – SP. Seu nome de fundação era Sociedade Esportiva e Recreativa Usina São João e suas cores são o verde e o branco. O time foi criado pela Usina São João e obteve como seu primeiro estádio o Engenho Grande, que ficava no interior da própria Usina São João do criador do clube Hermínio Ometto. Administrado pelo Empresário da Construção Civil, José Mario Pavan, o União São João foi, em 1994, o primeiro time a se tornar clube-empresa no Brasil.

Foi campeão brasileiro em duas oportunidades, da série C em 1988, um ano após vencer a série A2 do campeonato paulista, e da série B em 1996, dois anos depois de virar clube-empresa. Além dos dois títulos brasileiros, o União de Araras foi também o campeão do campeonato paulista da série A2 em 1987, do campeonato paulista da série A3 nos anos de  e do campeonato paulista do interior em 1997, no qual foi campeão por ter sido o melhor colocado no campeonato paulista entre os times do interior do estado.

Elenco campeão da série B do Campeonato Brasileiro de 1996

 

Participou do campeonato paulista da primeira divisão 18 vezes tendo sido vice-campeão no ano de 2002, ano no qual o Ituano se sagrou campeão. Também jogou a primeira divisão do campeonato brasileiro quatro vezes, tendo como melhor campanha a 12ª colocação no ano de 1993, a segunda divisão do campeonato brasileiro nove vezes, tendo sido campeão em 1996, e a terceira divisão nacional três vezes, vencendo o título em 1988. A última participação do União São João em competições nacionais foi no ano de 2003 na série C.

Dentre os grandes jogadores que já defenderam o clube temos:

  • Wagner Fernando Velloso, ou Velloso – O goleiro foi ídolo do Palmeiras nos anos 1990 e já foi convocado para a seleção brasileira.
  • Leonardo Lourenço Bastos, ou Léo – Lateral esquerdo, jogou durante muito tempo no Santos e no Benfica e já defendeu a seleção brasileira em sete oportunidades.
  • Roberto Carlos da Silva Rocha, ou Roberto Carlos – Um dos melhores jogadores da história nacional, foi um grande lateral esquerdo ficando famoso pela força de seu chute. Foi revelado no União São João de Araras e fez parte do elenco “galáctico” do Real Madrid. Além de ter sido o segundo jogador com mais partidas com a amarelinha, Roberto Carlos fez parte da Seleção Brasileira pentacampeã mundial em 2002.
  • Éder Aleixo de Assis, ou Éder – O atacante jogou no União São João nos anos de 1991-1992 e 1995. Jogou pela seleção brasileira em 51 partidas, marcando oito gols.

 

Infelizmente, no dia 3 de fevereiro de 2015, o clube fechou suas portas. Foi anunciado em meio a uma grave crise financeira, dívidas em torno de R$15 milhões, com isso teve de pedir afastamento da segunda divisão do campeonato paulista para tentar arrumar a casa.

Resultado de imagem para Grêmio Barueri

Grêmio Barueri Futebol Ltda.

Campeão paulista da A2 em 2006, da A3 em 2005, dois anos na série A do Brasileirão e hoje seguindo o rumo da falência

O Grêmio Barueri Futebol Ltda. É um clube brasileiro da cidade de Barueri – SP, fundado no dia 26 de março de 1989. Embora tenha sido criado no final dos anos 80, o Grêmio Barueri só começou a jogar no futebol profissional no ano de 2001, ano no qual venceu a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O clube começou a aparecer no cenário futebolístico nacional em 2006, quando além de subir para a série A1 do paulista como campeão da A2, o Grêmio Barueri jogou a série C nacional, onde também conseguiu o acesso para a divisão superior.

No ano de 2008 conquistou o acesso para a primeira divisão nacional com uma rodada de antecedência, terminou a série B em quarto ficando atrás de Corinthians, Avaí e Santo André. No mesmo ano venceu o campeonato paulista do interior. Em 2009 o clube estreou na série A do Brasileirão, terminou a competição em 11º surpreendendo alguns grandes durante a competição e fazendo bons jogos, assim se classificando para a Copa Sul-Americana.

Em 2010 o clube se mudou para a cidade de Presidente Prudente, no oeste do estado de São Paulo, por desentendimentos entre os diretores do Grêmio Barueri e a prefeitura da cidade de Barueri. Começou a mandar seus jogos no Prudentão e mudou seu nome para Grêmio Prudente Futebol Ltda. Em novembro do mesmo ano as coisas começaram a desandar, após um bom campeonato paulista, o clube foi rebaixado antecipadamente para a série B do Brasileirão e foi vendido para um grupo de empresários de Barueri.

O ano de 2011 foi um caos, o clube caiu para a A2 do paulista e para a série C do Brasileirão. Em 2012 foi rebaixado para a série D e em 2014 participou pela última vez de uma competição nacional.

Elenco do Grêmio Barueri da série D do Brasileirão de 2014 (Fonte: Facebook Oficial do Grêmio Barueri)

Atualmente o time está no Campeonato Paulista da série B, a quarta divisão estadual, e foi recentemente vendido para um empresário ainda de nome desconhecido. Não sabemos o que acontecerá com o clube mas, como deu para ver, terá muito trabalho para conseguir voltar ao que um dia já foi.

O maior ídolo do Grêmio Barueri é o atacante Pedrão que é também o maior artilheiro do clube, com mais de 200 jogos tem 131 gols marcados. O clube também já revelou três grandes atletas para o cenário futebolístico, são eles: Thiago Humberto, agora no Criciúma, o meia foi o grande destaque do Linense, time de sua cidade natal, nas campanhas do Paulistão 2016 e da Série D do Brasileirão; Ralf que atualmente joga no Beijing Gouan da China, apareceu para o Brasil jogando pelo Barueri e foi destaque do Corinthians nos anos de 2010-2015 e jogou sete partidas com a amarelinha da seleção brasileira; Fernandinho que está atualmente no Flamengo, apareceu no cenário nacional jogando pelo Barueri também, conseguiu ter um certo destaque no São Paulo e no Atlético MG e agora vem fazendo gols importantíssimos para o Flamengo.

Resultado de imagem para São Caetano

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA SÃO CAETANO

O campeão paulista de 2004, vice-campeão brasileiro de 2000 e 2001 e vice da Libertadores de 2002

A Associação Desportiva São Caetano é da cidade de São Caetano do Sul – SP, foi fundado no dia 4 de dezembro de 1989 e teve como seu primeiro nome Sociedade Esportiva Recreativa União Jabaquara. Conhecido como “Azulão”, o São Caetano manda seus jogos no estádio Anacleto Campanella, com capacidade para pouco mais de 14 mil pessoas.

O São Caetano se tornou conhecido após a Copa João Havelange do ano 2000, onde entrou no módulo amarelo que era equivalente à segunda divisão do país. Disputou o Campeonato Brasileiro da Série B no ano de 1999, onde após liderar durante toda a primeira fase, foi eliminado pelo Santa Cruz. Na Copa João Havelange de 2000, o São Caetano foi o vice-campeão do módulo amarelo, perdendo para o Paraná, e com a conquista classificou-se para a fase de mata-mata da competição. Chegou na final após eliminar o Fluminense, o Palmeiras e o Grêmio. Na final enfrentou o Vasco da Gama e, após empatar o primeiro jogo em 1 x 1, o São Caetano foi derrotado por 3 x 1 e com isso terminou como o vice-campeão brasileiro de 2000, além de passar de um mero figurante nas competições nacionais, para um clube “de chegada” que botava medo nos adversários.

O ano de 2001 foi mais um grande ano para o clube, comandado por Jair Picerni, o São Caetano terminou a fase de classificação em primeiro lugar e, com isso, foi para a fase mata-mata como favorito. Brilhou novamente, eliminou Bahia e Atlético Mineiro, chegando para a final tendo de enfrentar o Atlético Paranaense. Foram duas derrotas, 4 x 2 e 1 x 0, deixando o clube novamente como vice-campeão brasileiro.

Em 2002, o São Caetano participou da Copa Libertadores da América, foi uma campanha excelente, em um grupo com Cobreloa do Chile, Cerro Porteño do Paraguai e Alianza Lima do Peru, o clube terminou em primeiro com quatro vitórias e duas derrotas. Chegou na final da competição após eliminar Universidad Católica do Chile, Peñarol do Uruguai e América do México. Na final enfrentou o Olímpia do Paraguai e perdeu na decisão de pênaltis, assim se sagrando o vice-campeão da Libertadores de 2002.

Foi campeão paulista em 2004, campeão paulista da série A2 em 2000 e campeão paulista da série A3 nos anos de 1991 e 1998. Foi vice-campeão brasileiro em 2000 e 2001, vice da série B em 1999 e vice da série C em 1998, também foi vice-campeão da Libertadores de 2002 e do paulista de 2007.

Em 2004 o São Caetano foi campeão paulista no comando do técnico Muricy Ramalho (Foto: Arquivo / Ag. Estado)

Os grandes jogadores que já defenderam o São Caetano são:

  • Silvio Luiz, goleiro – Jogou no São Caetano entre 1998 e 2006, participou dos grandes feitos da história do clube e é um ídolo eterno do “Azulão”. Já defendeu a seleção brasileira em cinco oportunidades.
  • Luís Pereira, zagueiro – Jogou no São Caetano nos anos de 1990-1992 e 1997, foi um grande jogador tendo passado pela seleção brasileiro várias vezes e é o zagueiro que mais marcou gols com a camisa do Palmeiras, além de ser um grande ídolo do Atlético de Madrid da Espanha. Sua fama é tão grande que já foi até citado no seriado Chaves em um episódio onde o personagem principal jogava bola com Quico e falou o nome de Luís Pereira.
  • Douglas, meia – O famoso meia Douglas, que atualmente joga no Grêmio, jogou no “Azulão” nos anos de 2007 e 2008, foi vice do paulista em 2007 com o clube e já fez uma partida pela seleção brasileira.
  • Marcos Senna, volante – Jogou no São Caetano em 2002, foi fundamental no vice da Libertadores em 2002. Jogou pela seleção espanhola e hoje em dia está aposentado.
  • Adhemar, atacante – É o maior artilheiro da história do clube com 68 gols marcados, jogou no São Caetano nos anos de 1997-2001, 2002-2004 e 2006.
  • Somália, atacante – Jogou no São Caetano nos anos de 2001-2003, 2004, 2007 e 2012. Participou do elenco que foi duas vezes vice-campeão brasileiro e uma vice da Libertadores, além de ter sido fundamental no título paulista de 2004.

 

O São Caetano já teve grandes técnicos em sua história, Jair Picerni, Muricy Ramalho, Antônio Carlos Zago, Dorival Júnior e Tite.

Hoje o São Caetano está na série A2 do campeonato paulista e sem divisão nacional, em 2015 quase subiu para a série C do Brasileirão mas terminou a série D na quinta colocação. Após vários anos como um clube de destaque no futebol brasileiro, o São Caetano está tomando o mesmo rumo que vários outros que serão citados aqui na séria “Anos de Glórias”.

Participação especial de Adhemar, o maior artilheiro da história do São Caetano:

Esportes Mais: Você jogou no São Caetano e conquistou os títulos das séries A2 e A3 do campeonato paulista, além de ter sido vice-campeão brasileiro em 2000, campeonato do qual foi inclusive o artilheiro com 22 gols. Como foi esse crescimento do São Caetano e como era o clima dentro do clube diante desse crescimento repentino no ano 2000?

Adhemar: “Eu cheguei no São Caetano em 1996, o time estava brigando na última rodada pra não cair pra B né, estava na A3, e quando cheguei era um projeto novo, eu confiei no clube, nas pessoas que estavam gerenciando e as pessoas confiaram em mim, e eu vi que o negócio começou a andar, fluir. No primeiro ano batemos na porta, em 1997, aí em 1998 subimos no brasileiro e no paulista, aí meio que começamos a sentir que dava, em 1999 também batemos na porta nos dois né, paulista e brasileiro, e em 2000 foi o auge de uma equipe formada a pouco tempo e chegando à final de campeonato brasileiro,  campeão da A2 paulista conquistando a vaga para a série A1 e para mim o prêmio maior foi ter sido o artilheiro do campeonato brasileiro né, um prêmio que muitos jogadores sonham em ter. Por isso sou muito grato ao São Caetano e espero que possa ser reconhecido um dia.”

Esportes Mais: Por que você acha que o São Caetano teve essa decadência nos últimos anos?

Adhemar: “Uma pergunta muito boa para fazer, mas pro presidente Nairo Ferreira, eu já escutei várias respostas, que foi porque o prefeito morreu, porque o Serginho morreu, tem nada haver. A gestão é a mesma do sucesso e do fracasso, então o gestor deve conhecer a fórmula, o Nairo Ferreira é quem tem, então precisa dar uma reciclada lá no clube, pegar a apostila de 1997 até 2004 e aí colocar em prática tudo aquilo que fazia. Mas resumindo, eu acredito que seja isso, em 1997 chegávamos no São Caetano utilizando-o como uma ponte para chegar na Europa, em um time maior ou até mesmo na seleção brasileira, que era “top”, aí depois que o São Caetano conseguiu a projeção, conseguiu chegar no top no futebol, começou a contratar jogadores de times grandes que já eram medalhões e tudo, e aí jogador pra receber salário, jogador que era pago por time grande uma parte e pelo São Caetano outra e começamos a ver que começou a desandar, já que o São Caetano pagava tudo em dia mas ninguém jogava em dia.”

Esportes Mais: Você acredita que o time conseguirá se reerguer com o passar do tempo? Por quê?

Adhemar: “Eu acredito que o São Caetano vai voltar a ser grande porque é uma cidade muito próspera, uma cidade que se continua a desandar do jeito que tá com certeza o pessoal vai retomar aquilo lá, porque pra cidade é interessante quando o clube tá indo muito bem, tem visibilidade e isso ajuda em investimento, ajuda em uma série de fatores que trazem benefícios para uma cidade que tem um time que é destaque a nível estadual e até nacional. Então eu acredito que o São Caetano vai voltar a ser grande, mas não em um curto espaço de tempo, ainda vai ter que haver uns ajustes lá, porque o coronelismo acabou faz tempo né!?”

Marco Aurelio (98 Posts)

Nascido dia 15/02/2000 em Blumenau. Sou repórter e comentarista da Rádio Web Esportiva e fotógrafo freelancer. Torcedor fanático do Figueirense e do Liverpool, mas com simpatia por vários outros clubes.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta