Notícias

+ Esportes

Análise: Orlando City, Orlando City B e Orlando Pride, dentro e fora de campo.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Veja uma breve análise das 3 franquias de Flávio Augusto Da Silva.

Flávio Augusto Da Silva é proprietário de 3 franquias no ramo do futebol, na cidade de Orlando: o Orlando City, Orlando City B e Orlando Pride. Está matéria tem como objetivo, fazer uma análise dos 3 times, dentro e fora de campo.

– Orlando City.

O Orlando City é o time principal e o mais conhecido entre os 3 times, teve uma história de sucesso na USL, mas vem tendo um desenvolvimento demorado na MLS, deixando a desejar tanto na parte tática quanto na parte técnica.

Na parte tática muitos culpam o treinador Adrian Heath, mas digamos que seja algo muito relativo, pois sempre tem jogador lesionado, convocado ou até mesmo os 2 juntos. Porém o Orlando City não tem uma equipe titular “fixa”, a formação tática vária muito e a escalação é mista e nada previsível, isto prejudica o entrosamento da equipe. A parte técnica está em um nível um pouco abaixo da liga, mas isso se deve ao pouco tempo de participação na MLS, já que o Orlando City ainda tem um resquício da USL e gradativamente haverá uma evolução.

O objetivo do clube dentro de campo é se classificar para os playoffs e ir o mais longe possível, isto é uma meta pendente de 2015. É possível? Sim. Se o Kaká tiver uma boa forma física durante o ano, Nocerino se adaptar ao futebol da MLS, Larin continuar sendo o “matador” no ataque e o Julio Baptista jogar o bom futebol que teve em sua carreira, só com esses fatores já é o suficiente para ir longe. Já na US Open Cup o Orlando City será um forte candidato ao título.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site

O forte do Orlando City não é dentro de campo e sim fora de campo. O marketing do clube é muito forte, gerando mais visibilidade no exterior como empresa e na captação de novos torcedores. Sua área de vendas também é muito forte, conseguindo cumprir suas metas e principalmente as metas de vendas de ingressos, Pois em 2015 obteve a segunda maior média de público da liga, em seu primeiro jogo oficial em 2016 ficou entre os 10 jogos com maior presença de público no mundo e todo jogo tem o Citrus Bowl lotado.

– Orlando City B

O Orlando City B, é o time secundário do Orlando City (time principal), tem como intuito revelar futuras promessas e dar a oportunidade aos jogadores de demonstrar e desenvolver seu trabalho em uma liga com um bom nível.

O time tem a grande expectativa de ser vitorioso igual o time principal na USL. O time tem de tudo para ser campeão mas não em curto prazo, tem uma qualidade tática regular e uma técnica boa.

Não tem muito o que avaliar o Orlando City B, o time demonstrou um futebol muito bom em sua pré-temporada e perdeu em seu primeiro jogo na liga, isso não é motivo para desanimar e nem criticar, pois o time está iniciando o seu trabalho esse ano e vem mostrando um bom futebol.

O OCB tem boas condições de ir longe nesse primeiro ano, mas está um pouco longe do título da USL. Talvez, a partir do ano que vem pode cogitar o título e neste ano dar prioridade ao desenvolvimento de seus jogadores e equipe em geral.

– Orlando Pride

O Orlando Pride é o time feminino do Orlando City. O time disputa a NWSL, que é a principal liga do futebol feminino, possui jogadoras muito experientes e é um forte candidato ao título da liga.

O Pride vem mostrando um futebol excelente em sua pré-temporada, um bom exemplo é o resultado contra o time da Eastern Florida State College quando ganhou por 8 a 0 e quando ganhou o time da University of South Florida por 3 a 0, placar não quer dizer nada mas é o reflexo do entrosamento do time.

A equipe feminina tem de tudo para incomodar os times da liga e até mesmo ganhar o título, se manter o futebol desta pré-temporada. O problema é que embora o elenco tenha boas jogadoras como Monica Alves, Stephanie Catley, Jasmyne Spencer e entre outras, pode vir a existir uma pequena chance de dependência da Alex Morgan dentro de campo e fora também.

A situação do Pride fora de campo é similar ao time principal masculino, o Orlando City. Podemos dizer que o Orlando City ganhou torcedores no Brasil e no mundo, por conta da contratação do ex-Milan Ricardo Kaká e do marketing massificante com base no jogador. No Pride não será diferente,  o Marketing irá se basear em volta da Alex Morgan, gerando maior visibilidade e até mesmo conquistando novos torcedores.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site
Arthur Fernandes (341 Posts)

Arthur Fernandes é carioca, o seu hobby é o aprendizado de idiomas e dialetos, o seu objetivo é superar o máximo de expectativas impostas e torce exclusivamente para o Orlando City.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta