Notícias

Futebol Internacional

Análise de jogo: Colônia 1 x 1 Borussia Dortmund

analise-tatica-colonia-x-bvb

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Confira nessa análise de jogo como a equipe do Dortmund se comportou dentro de campo e como os jogadores atuaram

Após uma belíssima apresentação diante do Real Madrid na última quarta-feira (07), em jogo válido pela Champions League, o Borussia voltou a campo neste sábado, desta vez pela Bundesliga. Como muitos que acompanham o Dortmund nesta temporada sabe, o time vira outro depois que volta de seus jogos da Champions League.

Para se ter uma ideia, após as partidas da Champions League, o clube auri-negro teve um aproveitamento muito ruim. Ao todo, em seis jogos foram 2 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Análise dos jogadores

Weindenfeller: Não foi tão exigido na partida, pois o Colônia pouco atacou. Porém no gol dos bodes, deu a impressão de que chegou atrasado no lance. Fora isso, fez uma ou outra boa defesa.

Piszczek: Jogou pouco na partida, saiu aos 26 minutos com uma provável lesão. Em seu lugar entrou Bartra.

Sokratis: Guerreiro como sempre, mais esforçado que técnico. Ajudou no que pôde e, como o setor defensivo todo foi mal, ele não escapou desa vez.

Ginter: De todo o sistema defensivo, foi o que menos errou.

Schmelzer: Muito criticado pela torcida, dessa vez não deixou nenhuma avenida em campo, mas fez a falta no gol de Rudnevs. A torcida auri-negra pegou muito no pé dele na página oficial do facebook do clube.

Bartra: Entrou no lugar de Piszczek aos 26 minutos da primeira etapa. Foi regular na partida e não comprometeu.

Dortmund
Clique na imagem para acessar o site

Castro: Partida péssima do meia alemão. Errando passes bobos e desligado nada partida. Sua função era de realizar a transição entre a defesa e o ataque e não conseguiu fazer isso. Foi substituído por Rode na segunda etapa.

Weigl: O jovem promissor jogou razoavelmente e também não comprometeu. Ajudou bastante na marcação e tentou armar o jogo.

Dortmund
Falha total da defesa do Dortmund. O nº 1 é Durm, que deveria acompanhar Rudnevs.

Rode: Nada contra o Rode, mas não faz o mínimo sentido tirar Castro, que não vinha bem, e colocar o Rode. Ele é um jogador mais defensivo que Castro, e no momento da substituição o clube auri-negro precisava de mais poder ofensivo. Fora isso, não comprometeu na partida.

Durm: Voltando como titular após a lesão, sentiu o ritmo de jogo e foi muito mal no jogo. O gol do Colônia surgiu em cima dele, onde Rudnevs subiu sem marcação para inaugurar o placar.

Dembélé: Ótimo garoto, joga muito, mas precisa ter calma. Em vários momentos do jogo tentou a jogada individual podendo passar para seu colega ao lado. Muitas delas ou a maioria não surtiu efeito.

Reus: Partida apagada como a de todo o time, mas quem tem Reus sempre pode esperar algo a mais. E foi isso que aconteceu, pouco participativo, o meia apareceu livre no meio da área do Colônia e estufou as redes de Kessler.

Ramos: Entrou no lugar de Sokratis, e deu o passe para o gol de Reus.

Dortmund

Aubameyang: Esse foi mais um que ficou devendo após a ótima atuação diante do Real Madrid na Espanha. Não deu uma  finalização a gol, mas também a bola nem chegou a ele. Ficou correndo de um lado pra outro tentando ajudar na marcação da saída de bola do Colônia.

Temos que destacar a eficiência da marcação do Colônia. Que trabalho faz Peter Stöger frente aos bodes! Com uma linha defensiva muito atenta, o Colônia equilibrou as ações da partida e quase não tomou susto no jogo. Olkowski, Sörensen, Mavraj e Heintz foram excepcionais na partida e fizeram um de seus melhores jogos, senão o melhor partida defensiva do Colônia dentro da Bundesliga. Os jogadores que estavam um pouco mais adiantados, como o volante Höger, Hector e Ozcan também ajudaram muito na marcação. Modeste passou mais um jogo em branco e chega a 4 jogos em marcar.

Rodrigo Lima (176 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta