Notícias

Sem categoria

NFC: Análise da pré temporada da NFL

NFC

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Análise do que foi a Pré Temporada da NFL para os times da NFC e muito mais

A pré-temporada da NFL terminou nesta última quinta feira (01) e a equipe do Esportes Mais traz para os amantes da bola oval no Brasil uma breve análise de como foi o desempenho dos times da NFC durante a pré-temporada e uma prévia do que está por vir na temporada regular que está prestes a começar.

Dallas Cowboys (1-3)

Dallas na última temporada teve uns momentos muito inconsistente, muito pela lesão do QB Tony Romo, onde os que os substituíram não deram conta do recado e a consequência foi uma temporada horrível, o time através do draft melhorou o seu Backfied com a escolha se Ezequiel Eliott, um jogador que é fantástico e tem muito futuro, com a linha ofensiva que os cowboys têm, Eliott será o terror para os times adversários. Na pré-temporada o bom achado foi Dak Prescott mostrou ser promissor e foi uma ótima escolha, já Tony Tomo se machucou e preocupou demais os torcedores, a defesa terá jogadores suspensos na linha defensiva e com uma secundária fraca que o time tem, complica ainda mais as perspectivas da equipe para essa temporada. A dificuldade para essa temporada é a posição de QB em Dallas, com a lesão do Tomo, ficam incógnitas de como esse time via se comportar, será que Dak Prescott será titular? Resposta que só saberemos quando a temporada começar acredito em uma temporada negativa e muito complicada para os Cowboys.

New York Giants (2-2)

Durante a pré-temporada os Giants foram se encaixando. O QB reserva Ryan Nassib foi muito testado e passou pouca confiança. O ataque sofreu muitos fumbles e sofreram novamente com muitas interceptações. Os titulares parecem não ter se entregado totalmente nos jogos e os reservas não foram tão bem assim. O Safety Andrew Adams se destacou e deve conseguir um lugar no roster. A defesa foi o grande ponto alto do time, forçando Sacks, interceptando jogadas e forçando fumbles. Tanto os titulares quanto os reservas foram bem. O Defensive End Kerry Wynn teve atuações de destaque no time. Outro ponto alto é que parece que Victor Cruz está em boas condições para ajudar os gigantes.

Philadelphia Eagles (4-0)

A pré-temporada serviu só para testar o QB do futuro do Eagles, já que depois dos quatro jogos eles trocaram o QB Sam Bradford, que até o momento era titular, para o Minnesota Vikings. O Wentz acabou jogando pouco devido a uma lesão que sofreu na primeira partida, mas o que conseguimos ver não impressionou e ele se mostrou inconsistente, completando apenas metade dos passes e lançando uma interceptação. O time anunciou que ele será o titular da temporada, o que torna o time imprevisível com um QB calouro e um técnico em seu primeiro ano na função. Devem ter uma temporada regular, com poucas chances de alcançar os playoffs. Destaque para o RB Ryan Mathews que deve ser o principal jogador da posição esse ano e pode estourar comparado com ano passado quando dividia corridas com Demarco Murray.

Washington Redskins (3-1)

Os Redskins foram, em minha opinião, as maiores surpresas do ano passado. Um time que estava afundado em um conflito de quarterback X head coach (RG3 X Jay Grudden). O time vinha balançando quando veio à partida contra os Bucs: depois de uma bela virada, Kirk Cousins foi para os vestiários dizendo aos repórteres “YOU LIKED THAT?!”. Esse foi o ponto de inflexão para o time da capital norte-americana, liderados pelo improvável Cousins, os Redskins se aproveitaram da incompetência de Eagles, Giants e Cowboys e garantiram uma vaga na pós-temporada. Cousins por sinal conseguiu receber um franchise tag e tentará provar que merece uma extensão de contrato maior. Pelo fato da NFC East estar nivelada por baixo, considero Washington como favoritos para levar a divisão.

Chicago Bears (1-3)

O Chicago Bears começou mais pré-temporada com perspectivas muito ruins para a temporada regular. Na primeira partida contra o Denver Broncos, o time liderado por Jay Cutler foi esmagado pela defesa adversária e foram derrotados por 22×0. A linha ofensiva do Bears continua com buracos imensos e a defesa teve relativa melhorada após a contratação de Danny Trevathan

Detroit Lions (2-2)

O time de Detroit teve uma temporada muito irregular, com muitos problemas e não conseguiram brigar por Offs, a perda de Calvin Johnson que se aposento, enfraqueceu muito a unidade de recebedores, nessa temporada o comando de um Wide receveirs vai ficar a cargo de Golden tate, através do free agency contrataram Marvin Jones vindo dos Bengals é um jogador que vai acrescentar ao time mais não vai ser um Wide receveries um que tanto precisava ser reforçado, através do draft trouxeram o OT Taylor Decker para reforçar a proteção ao QB Stafford, o time tem na cama do defensivo Ezekiel Ansah que teve uma temporada de destaque na NFL, mostrando que é um grande líder da linha defensiva dos Lions. Em uma divisão tão forte como a NFC North acho bem complicado os Lions conseguirem playoffs, mais acredito em uma campanha positiva.

Green Bay Packers (3-1)

Os calouros tiveram um bom desempenho, Jason Spriggs e Kyle Murphy fizeram boas partidas na tão questionada linha ofensiva e Martinez e Fackerell na defesa cheia de buracos. Além disso, Joe Callaham teve boas atuações com números interessantes, se colocando como quarterback reserva. O destaque negativo fica por conta do guard Josh Sitton, que foi dispensado.

Minnesota Vikings (4-0)

Os Vikings ganharam as quatro partidas da pré-temporada, mas perdeu seu QB titular, Teddy Bridgewater e conseguiu, em uma troca com os Eagles pegar Sam Bradford, os Vikings dificilmente irão para os playoffs esse ano, sem Bridgewater. A esperança é que Adrian Peterson ganhe jogos pela equipe. A expectativa de Record é entre um 9-7 e um 6-10.

Clique na imagem para acessar o site
Clique na imagem para acessar o site

Atlanta Falcons (3-1)

O time foi preocupante nessa pré-temporada. O QB Matt Ryan não impressionou, cometendo bastante erro e simplesmente não conseguia elevar o ataque. O RB Devonta Freeman teve momentos muito bons como na temporada passada e deve ser a principal peça do time ofensivamente, enquanto a defesa do time de Dan Quinn parece melhor, porém continua sem nenhum jogador que realmente pode fazer a diferença. O Falcons não deve conseguir mais de oito vitórias se o Matt Ryan continuar jogando desse jeito e a defesa não começar a produzir mais. O principal jogador para se atentar é o WR Mohammed Sanu, que deve produzir bastante graças a atenção que o outro WR Julio Jones deve receber das defesas adversárias.

Carolina Panthers (2-2)

O atual vice-campeão do Super Bowl não tiveram um bom desempenho nessa pré-season, com duas derrotas e duas vitórias, o time de Cam Newton deixou a desejar. Com atuações não muito boas da linha ofensiva, Newton voltou a ter pesadelos e teve vários sacks nos jogos que disputou. Além do desempenho irregular da linha ofensiva, Josh Norman já esta fazendo falta.

New Orleans Saints (0-4)

Perderam todas as quatro partidas da Pré-Temporada e mostraram diversas deficiências que continuam do ano passado. A linha ofensiva não jogou bem, permitindo muita pressão nos QBs e sendo ineficiente no jogo corrido que deveria ser uma parte importante para aliviar o jogo aéreo, que acabou sendo muito focado por causa disso. O time procura acabar com a sequencia de 7-9 que vem durando dois anos e eu acho que devem conseguir, infelizmente isso vai acontecer, pois o time deve terminar a temporada com menos vitórias. O TE Coby Fleener, que veio do Colts, deve se destacar em um time com deficiência nessa posição que é bastante acionado pelo QB Drew Brees.

Tampa Bay Buccaneers (2-2)

Podemos dizer que os Bucs foram os mais favorecidos do draft do ano passado. A razão disso é porque a equipe da Flórida não era horrível ao ponto de ser a primeira escolha, era uma equipe que não se encaixava. Enfim, com a primeira escolha Jameis Winston foi selecionado, sendo aquele franchise QB que Mike Glennon e Josh McCown não eram. Winston provou seus críticos e teve uma excelente temporada de calouro. Junto com Mike Evans e Doug Martin, Tampa Bay parece ter um dos ataques mais promissores da liga. Com uma defesa que ainda precisa se desenvolver, esse time pode dar muitas dores de cabeça em um futuro não tão longínquo.

Arizona Cardinals (1-3)

Os pássaros surgem nessa temporada com favoritos a briga pelo Super. Bowl, Um elenco fortíssimo e jogadores experientes, fazem com que os Cardinals possam pensar em voos altos, um ataque de muita qualidade, Uma secundária Ótima, mais o que mais preocupou e dificultou foi à pressão ao QB adversário, onde O Cards tinham grande dificuldade de penetrar na linha ofensiva adversárias, o time Draftou Robert Nkendich um rookie muito promissor, precisa apenas fugir dos problemas extra campo, para ser um dos Pass Usher mais aterrorizantes da NFL nos próximos anos. O time melhorando razoavelmente o Pass rusher pode ajudar muito para brigar pelo Super Bowl, acredito eu uma Ótima campanha brigando pelo seed 1 da NFC e lutando pelo super Bowl.

Los Angeles Rams (2-2)

Nova cidade, novo quarterback. 2016/2017 será um novo começo para a franquia, que se mudou de St. Louis para Los Angeles. Com isso, a equipe (agora) californiana trocou com os Titans pela primeira escolha desse draft para escolher Jared Goff, QB de Califórnia, tido como o melhor de sua classe. Goff parece ainda ter dificuldade para se adaptar à NFL, por isso que Case Keenum será o titular na semana 1. Com Todd Gurley para carregar o piano no ataque e uma defesa jovem e eficiente, parece que só falta achar um franchise QB. Os torcedores dos Rams esperam que Goff seja esse cara.

San Francisco 49ers (2-2)

Podemos resumir a pré-temporada do 49ers em uma batalha entre dois QBs medianos para a vaga de titular e um pavor por esse time possivelmente ser o pior da NFL. O time perdeu tanta peça nos últimos anos que chega a ser assustador, além do mais, o seu titular vai ser o Blaine Gabbert, que nunca foi titular por uma temporada inteira (seu máximo foi 14 jogos quando era calouro) devido a lesões ou desempenho. O 49ers está com um técnico novo em Chip Kelly e esperam que ele faça milagres com um time faltando talento individual tanto no ataque quanto na defesa, com isso, eles devem terminar como o pior time da NFL essa temporada. O jogador que pode se destacar é o RB Carlos Hyde, que teve uma pré-temporada produtiva e deve levar o time nas costas.

Seattle Seahawks (3-1)

Seattle vem como forte candidato para não apenas levar a NFC West, mas para ser o time da NFC no Super Bowl. Fortíssimos em casa, com uma defesa dominante e um ataque eficiente, os comandados de Pete Carroll chegam com esperanças para 2016/17. A grande questão é como a equipe de Washington reagirá sem M.Lynch, um de seus maiores símbolos que se aposentou no final da temporada passada; vale lembrar que aquela vitória dos Seahawks em cima dos Saints, liderada pelo próprio Lynch, em 2010 foi o ponto de inflexão para a franquia.

Thomas Rawls deve assumir a vaga de RB titular da equipe, mesmo podendo na chegar 100% para a semana 1. Russell Wilson parece ter se desenvolvido em um grande QB na NFL, que não apenas corre e faz leituras inteligentes, mas que consegue ganhar os jogos lançando a bola. Se Jimmy Graham conseguir ser o mesmo TE que era em New Orleans, o ataque promete será um dos melhores da liga.

Curta a NFL Esportes Mais no Facebook

Clique na foto para acessar o site
Clique na foto para acessar o site
Pedro Henrique (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta