Notícias

Sem categoria

Aaron Rodgers brilha e Packers passam por cima do Giants

GettyImages-631246626

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com direito a Hail Mary, Green Bay Packers vencem o New York Giants e avançam nos playoffs

Encerrando a rodada de Wild Card, Green Bay Packers e New York Giants se enfrentaram neste Domingo (8), no Lambeau Field, e o time da casa venceu por 38 x 13, garantindo vaga no Divisional Round.

A partida começou embaixo de um frio muito intenso, com temperatura de 11º célsius negativo, E se contrapondo ao clima, dentro de campo as coisas começaram quentes. Na segunda campanha, com um bom controle de relógio no primeiro período, o ataque do Giants conseguiu avançar, ao ponto de várias vezes os wide recivers, Odell Beckham Junior e Sterling Shepard droparem passes importantes e custando o touchdown. Sem possibilidade de pontuar na endzone, o Giants foram para o field goal e inauguraram o placar em 3×0.

O segundo período em boa parte foi muito truncado. O time do Packers não conseguia encaixar boas jogadas e era dominado pela defesa de Nova York e para piorar em uma das campanhas, o wide receiver Jordy Nelson tomou uma pancada forte na costela e se machucou feio, indo direto para os vestiários e tendo seu retorno descartado.

Após retornar a campo, Eli Manning conseguiu fazer mais uma boa campanha uma boa campanha. Com um passe longo conectando o tight end Will Tye, o ataque do Giants teria mais uma vez que pontuar na endzone, entretanto isso não ocorreu, muito devido ao bom trabalho da secundária do Packers tão questionada ao longo da temporada. Com a possibilidade de field goal, o Giants pontuam e aumentam a vantagem em 6×0.

Depois de tantas posições complicadas em campo, Aaron Rodgers consegue enfim uma melhor colocação no plano de jogo. A partir de então, Rodgers começou a jogar melhor e com a bola na linha de oito jardas, Rodgers foi fatal. Com a posse da bola em oito segundos e sofrendo uma pressão terrível do front seven do Giants, o QB fez uma boa movimentação dentro o pocket acertou um passe preciso para Devante Adams, colocando o Packers na frente do placar, 7 x 6.

No fim do primeiro tempo, quando as duas equipes já estavam pensando no intervalo, surgiu o grande Aaron Rodgers, que em uma jogada espetacular lançou uma Hail Mary de 42 jardas faltando quatro segundos, e o wide receiver Randall Cobb conseguiu agarrar a bola e marcou mais um touchdown, aumentando a vantagem do Packers em 14×6.

Packers
Recepção de Randall Cobb em Hail Mary lançada por Rodgers

Segundo tempo começa e as coisas continuam caminhando da mesma forma, defesas pressionando, QBs não tendo sucessos e  muitos punts acontecendo.

O Packers estavam indo bem com corridas explosivas do running back Christine Michael, todavia, em uma chamada infeliz do head coach Mike McCarthy, o Packers que estava na linha de 40 de defesa, em uma quarta descida para polegadas, não conseguiram o first down e devolveram a bola para o Giants já no campo de ataque. Com um turnover não forçado, Eli Manning consegue um passe de mais de 30 jardas para para o wide reciver Tavares King, que consegue avançar, queimar a secundária e marcar o touchdown, deixando o placar em 14 x 13.

Apesar da pontuação, o Giants viram a diferença aumentar mais uma vez. Aaron Rodgers, já no campo de ataque, consegue um bom passe para Randall Cobb que se desmarca e consegue correr para mais um touchdown, aumentando a diferença em 20 x 13.

O placar estava sendo desfavorável, e o Giants precisavam pontuar. Entretanto no momento do retorno de kickoff, o running back Bobby Rainey fez uma jogada bizarra ao ficar com os pés dentro do campo, colocando o ataque do Giants novamente no abismo, comprometendo o ataque.

Perto do fim do terceiro período, o ataque do Packers consegue caminhar até a linha de 20 jardas, porém não obtém sucesso e fica apenas com field goal anotado pelo kicker Mason Crosby, 24 x 13.

Quarto período começa. Eli Manning retorna ao campo na tentativa de descontar a diferença no placar. Entretanto vários drops de Odell Beckham Junior minaram o ataque do Giants.

Aproveitando o apagão do time do Giants, Rodgers conseguiu conectar passes até que Randall Cobb conseguiu receber a bola no fundo da endzone ampliando o resultado para 31 x 13.

Naquela altura do jogo, o ataque do Giants não conseguia mais andar em campo e para piorar a situação da equipe, um fumble foi forçado pela defesa do Packers. Após um tapa no braço de Eli Manning, pelo linerbacker Clay Matthews, a bola sai da mão do QB e numa bizarrice tremenda do running back Paul Perkins, que não pegou a bola que estava no chão, Clay Matthews pegou a bola e a recuperou para o ataque de Green Bay.

A partida estava praticamente definida, e o Packers não deu chance à defesa do Giants e convertendo em touchdown o tunorver recuperado por Matthews. Em jogada feita pelo full back Aaron Ripkowski, no muque e na força conseguiu entrar na endzone e marcar mais um touchdown para os cabeças de queijo aumentando para 25 pontos a vantagem, 38 x 13.

Ripkowski comemorando com a torcida o TD da vitória

Veio o two minute warning e com uma desvantagem desfavorável no placar, Eli Manning começou a utilizar-se muito dos passes e até obteve algum sucesso devido a agressividade da defesa do Packers ter diminuído. Mesmo com uma campanha boa, Eli Manning faltando poucos segundos para o fim do jogo foi interceptado por Damarious Randall, que retornou até a linha de 35 jardas do campo de ataque e assim decretou a vitória por 38 x 13 do Packers encima do Giants.

Agora com a vitória no Wild Card o Green Bay Packers vai visitar o Dallas Cowboys no AT&T Stadium, pelo Divisional de Playoffs, no próximo domingo, com a partida começando às 19h40 pelo horário de Brasília, com transmissões dos canais ESPN e Esporte Interativo.

Curta a NFL Esportes Mais no Facebook

Clique na imagem para acessar o site.
suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta