Notícias

Sem categoria

A torcida do Bahia quer reforços! Para a diretoria, dicas do futebol vizinho

terror-tricolor-bahia

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Torcedores do Bahia pedem por reforços e uma boa alternativa pode ser mirar para o futebol de um País vizinho: O Torneio Argentino!

Por Michel Corbacho

A janela de transferência se abre, praticamente, em todas as principais ligas de futebol do mundo. Este é o período onde os clubes buscam reforços, atletas chegam a ‘novos ares’ e, aqueles com menor poder financeiro para investir, ficam atentos aos atletas conhecidos como ‘bons e baratos’.

Neste momento, são os tipos de reforços que, por exemplo, o Bahia precisa. Após um bom início de Campeonato Brasileiro, aplicando uma goleada por 6 a 2 no Atlético Paranaense, o tricolor baiano hoje se encontra em posição desfavorável na tabela e a diretoria se demonstra com dificuldades para aquisição de novos reforços.

Uma opção dos clubes brasileiros é a busca por jogadores argentinos, sejam os que atuam no próprio país ou os que estão espalhados pelos diversos campeonatos da América do Sul. O São Paulo, por exemplo, acaba de contratar o meio-campista argentino Jonathan Gómez, ex-Independiente Santa Fé-COL.

Pode está no futebol sul-americano à saída do Bahia pela procura de reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série A. No futebol argentino, onde o Boca Juniors terminou consagrando-se campeão do Torneio, muitos atletas estão se transferindo de clubes ou, até mesmo, voltando para suas equipes de origem após saída por empréstimo.

Os torcedores do Bahia imploram insistentemente por reforços à sua diretoria, enquanto que, os mandatários do clube trabalham a todo vapor a procura de novos atletas para fortalecer a equipe baiana no decorrer do ‘Brasileirão’ e, no mínimo, seguir na divisão de elite do futebol brasileiro.

No setor defensivo, pontualmente, para a lateral-direita e miolo de zaga, os fanáticos tricolores solicitam reforços para chegar e vestir a camisa de titular. O jovem goleiro Jean vem agradando aos torcedores, assim como Tiago e Mateus Reis no complemento da defesa, entretanto, para a diretoria e torcida, estão faltando um lateral-direito e um zagueiro para acompanhar Tiago no centro da defesa.

“O Bahia precisa com urgência de reforços para a zaga, lateral e para o ataque” – Lisandro, integrante da torcida uniformizada do Bahia.

“Nossos laterais e zagueiros sofrem muito com a competitividade da Série A. Precisamos reforçar!” – Ramon Magalhães, sócio-torcedor do Bahia.

Nomes que poderiam ser uma boa para o Triclor de Aço

Visando novos atletas para o setor, ainda com bastantes dificuldades em todo o mercado sul-americano, pontuamos alguns jogadores que poderão estar disponíveis para transferências ou empréstimos. Um deles é o defensor Fernando Tobio, 27 anos, 12 partidas disputadas, dois cartões amarelos e nenhum vermelho, atual campeão com o Boca Juniors, onde esteve emprestado pelo Palmeiras ao clube argentino, porém, com o término do empréstimo e a não investida na cláusula do jogador, o mesmo encontra-se disponível no mercado para um novo empréstimo e já iniciou uma negociação com o Sport de Recife.

Outra boa opção é o zagueiro canhoto Jonathan Bottinelli, 32 anos, 1.80 de altura, atualmente no Arsenal de Sarandí, irmão do conhecido e rodado pelo futebol brasileiro, Darío Bottinelli. Jonathan teve passagens por San Lorenzo, River Plate, Sampdoria-ITA, León-MEX e Seleção Argentina. Se disponibiliza também por marcar gols de cabeça, no último Torneio Argentino foram três convertidos em favor da equipe de Sarandí.

Alexander Barboza, jovem zagueiro que pertence ao River Plate, 22 anos, 1.93 de altura, esteve por empréstimo nesta última temporada pelo Defensa y Justicia, onde foi um dos principais destaques da equipe, demonstrando personalidade e qualidade técnica na defesa, auxiliando também na marcação de gols, com seis tentos durante a temporada.

Alexander Barboza, zagueiro com boas atuações pelo Defensa y Justicia. Fonte: Olé

Cristian Romero, 19 anos, grande promessa do Belgrano de Córdoba, 1.85 de altura, um zagueiro forte, técnico e com excelente precisão de posicionamento. Um dos fortes nomes para o futuro do futebol argentino. O zagueiro é convocado com frequência para as seleções de base da Argentina.

Outros bons nomes que poderiam formar uma boa dupla de zaga com Tiago são Rodrigo Erramuspe, 27 anos, 1.87 de altura, atualmente no Unión de Santa Fé. Juan Komar, 20 anos, 1.89 de altura, atualmente joga pelo Talleres de Córdoba. Sebá Domínguez, 36 anos, experiente zagueiro com passagem por Vélez, Seleção Argentina e atualmente disputa vaga na equipe titular do Newell’s Old Boys e Leonel Galeano, 25 anos, com passagem pelas seleções de base da Argentina, atualmente no Godoy Cruz.

Para a lateral-direita, as opções ficam com Leandro Marín, 25 anos, atleta que pertence ao Boca Juniros, entretanto ainda não se firmou na equipe ‘xeneize’ apesar de já ter atuado pela Copa Libertadores, esteve por empréstimo no Arsenal de Sarandí com boas aparições no Torneio da última temporada. Gonzalo Bettini, 24 anos, jovem lateral que atua pelo Banfield, com excelentes aparições na temporada, chama atenção de diversos clubes do continente. Maximiliano Caire, 28 anos, busca por mais espaço no Vélez Sarsfield, o que poderá facilitar a sua saída da equipe de Liniers. Lateral com presença na Seleção Argentina, teve uma excelente passagem pelo Colón de Santa Fé. Além desses, outra boa opção é Erik Godoy, 23 anos, jogador do Tigre, pode atuar de também como zagueiro e já chamou atenção de alguns importantes clubes do continente sul-americano.

Leandro Marín, lateral disponível para empréstimo do Boca Juniors. Fonte: bocajuniors.com.ar

Para Gabriela, diretora da família feminina do Bahia, o meio de campo tricolor tem qualidade, porém faz-se necessário a aquisição de mais um volante: “Precisamos de outro volante, urgente!”.

O setor do meio-campo é um dos mais elogiados pelos torcedores do Bahia, os volantes Renê Junior e Edson, aliados aos meias Allione, Zé Rafael e Régis, seguem agradando aos fanáticos tricolores, apesar de que, solicitam reposições para quando os “titulares” não possam estar em campo. Régis, que perdeu algumas partidas devido lesão, faz muita falta para a criatividade da equipe no setor ofensivo. Allione, que não pode atuar contra o Palmeiras, também teve a ausência sentida naquela derrota por 4 a 2 dentro da Fonte Nova.

Tendo em vista essas ausências, sendo que o Campeonato Brasileiro é longo e necessita de peças de reposição, propomos alguns atletas para ficar sob o radar da direção tricolor. Para a função de volante, Ivan Rossi, atualmente no River Plate, mas que poderá sair do clube por empréstimo, 23 anos, é uma boa opção de mercado, bom e barato. Além dele, também do River Plate e com pouco espaço na equipe de Gallardo, Joaquín Arzura, 24 anos, também poderia chegar ao tricolor baiano por empréstimo.

Héctor ‘Tito’ Canteros é outro velho conhecido do futebol brasileiro. Volante pertencente ao Flamengo, 28 anos, esteve emprestado ao Vélez Sarsfield durante a última temporada, entretanto não deve permanecer na equipe de Liniers. Com muita técnica, finaliza bem de fora da área, pode atuar de primeiro, segundo volante ou até mesmo como um meia armador, Canteros seria uma excelente opção para o tricolor baiano.

       Canteros deverá voltar ao Flamengo após passagem por empréstimo no Vélez

Outras opções para volantes: Fabian Rinaudo, primeiro volante, 30 anos, passagem por Sporting-POR e Seleção Argentina, atualmente milita pelo Gimnasia La Plata. Emanuel Cecchini, 20 anos, segundo volante, atualmente no Banfield, classificado à Copa Libertadores 2018 pela equipe dirigida por Falcioni. Guillermo ‘Pol’ Fernández, segundo volante, pode também atuar como meia pela direita, 25 anos, revelado pelo Boca Juniors com partidas de Libertadores no currículo, atualmente atleta do Godoy Cruz.

Para o meio de campo, Nicolas Bertolo, 31 anos, revelado pelo Boca Juniors, atualmente pertence ao River Plate, entretanto não deverá seguir com espaços na equipe principal de Gallardo, podendo ser novamente emprestado ou até vendido. Bertolo foi um dos destaques da bela campanha do Banfield na temporada, garantindo classificação para a Libertadores de 2018. Pode atuar pelos lados do campo, sendo uma boa alternativa para disputa na equipe titular com Zé Rafael e Allione.

Emmanuel Reynoso, 21 anos, clássico meia ‘enganche’ argentino, canhoto, com muita técnica e criatividade, um atleta que chamou atenção pela temporada que realizou no modesto Talleres de Córdoba. Outro jovem meio-campista, com boas atuações pelo Tigre, 23 anos, veloz, com bastante poderio ofensivo e criativo, trata-se de Alexis Castro.

Outros nomes que podem ficar sob a lupa da diretoria do Bahia são Gabriel Gudiño, 24 anos, meia veloz, de força física, com bastante chegada ofensiva e mesmo no rebaixado Atlético Rafaela, foi um dos poucos destaques de ‘La Crema’. Gonzalo Castellani, 31 anos, meia pertencente ao Boca Juniors, esteve por empréstimo no Defensa y Justicia, tem bom passe, mantem a posse, boa técnica, finaliza bem de fora da área, porém, com certeza, deverá ser novamente emprestado pelo clube ‘xeneize’. Facundo Pereyra, enganche de 29 anos, atleta bastante técnico, de boa criatividade ofensiva, atualmente no Colón de Santa Fé.

Tomás Andrade, jovem meio-campista do River Plate, 20 anos, canhoto, veloz, de excelente técnica, entretanto, busca mais espaço na equipe de Gallardo e poderá sair por empréstimo para ganhar mais experiência. Iván Bella, 27 anos, meio-campista canhoto, veloz, que pode atuar por dentro como volante interno ou também como ponta pela esquerda. Atleta com passagem pelo futebol mexicano e boas atuações pela Libertadores com o Vélez Sarsfield. Atualmente luta por espaço na equipe titular de Liniers, o que poderá facilitar a sua saída do elenco.

A linha de frente

Quando se trata dos atacantes, a torcida do Bahia sofre de calafrios. Perdeu o seu principal goleador, Hernane, devido a uma grave lesão no primeiro Ba-Vi da Copa do Nordeste, e até o momento, ainda não voltou. O centroavante reserva Gustavo não conseguiu se firmar e, ainda sob o comando de Guto Ferreira, o ‘9’ do Bahia vem sendo Edigar Júnio, jogador de pouco porte físico, que desempenha a função de centroavante com muita vontade, mas muitas vezes falta o chamado ‘faro de gol’.

“O Bahia não pode jogar sem um centroavante fixo. É preciso procurar um jogador bom e que tenha nome!” – Ramon Henrique, sócio-diretor da torcida uniformizada do Bahia.

Para acabar com o pesadelo da torcida tricolor, alguns nomes citados podem superar a ausência de Hernane. Mariano Pavone, centroavante de 35 anos, marcou 15 gols pelo Vélez Sarsfield na última temporada do Campeonato Argentino, entretanto, se desentendeu com a diretoria do clube e optou por não renovar o contrato. Pavone é um atleta com bastante experiência, está sem clube no momento, e pode ser útil para o tricolor baiano por ser um jogador que sabe fazer gols.

Andrés Chávez, 26 anos, pertence ao Boca Juniors, entretanto esteve emprestado ao São Paulo. Chávez começou bem no tricolor paulista, marcando gols pelo Estadual, porém, perdeu a vaga após a chegada de Lucas Pratto. Provavelmente, o atleta não deverá seguir nos planos de Schelotto para o elenco do Boca Juniors e poderá ser emprestado novamente.

Marcelo Larrondo, 28 anos, atualmente joga pelo River Plate, porém com poucas oportunidades devido ao excelente momento do centroavante Lucas Alario. O River Plate está em negociação com Ignacio Scocco, outro centroavante para a sequência da Libertadores e Marcelo Larrondo deverá sair da equipe de Nuñez, muito provavelmente por empréstimo.

Outras opções do mercado portenho

Outros atacantes que podem servir para o tricolor de aço são Juan Manuel Martínez, 31 anos, com passagem pelo Corinthians, atualmente no Vélez Sarsfield, porém também com pouco espaço na equipe titular. O ‘burrito’ Martínez, como é conhecido, deverá ser negociado pela equipe de Liniers. Boa opção para empréstimo. Ivan Alonso, uruguaio de 38 anos, finalizador nato, com passagens pelo Nacional-URU, Alavés, Espanyol e Real Murcia da Espanha, atualmente no River Plate, também deverá sair por não encontrar espaço na equipe de Gallardo. Javier Correa, 24 anos, jovem goleador com passagens pelo Rosario Central, Olímpia-PAR, atualmente no Godoy Cruz, com nove gols no Campeonato Argentino é uma boa opção para a função de centroavante. Fernando Zampedri, 29 anos, goleador do Atlético Tucuman na Libertadores da América e também pelo campeonato local, com 11 gols. Zampedri sofreu uma lesão recentemente, mas segue como uma boa opção para o setor ofensivo.

Os torcedores do Bahia seguem com esperanças de reforços e, visto que, a dificuldade para contratação de novos jogadores para o elenco no futebol local é grande, resta a diretoria do clube buscar por jogadores bons e baratos na ‘mina de ouro’ que é o futebol argentino.

 

Clique na imagem para acessar o site
suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta